Unidade Curricular:Código:
Arquitectura Paisagística145APA
Ano:Nível:Curso:Créditos:
4Ciclo IntegradoArquitectura e Urbanismo6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
A Arquitetura Paisagista é uma disciplina de análise, desenho, criação e intervenção na paisagem, possuindo uma estreita relação com a Arquitetura e Urbanismo, que constituem disciplinas que igualmente atuam sobre a paisagem.
Esta Unidade Curricular tem como objetivo a iniciação dos alunos no estudo da paisagem, assimilando os seus conceitos e princípios base, compreendendo a história da sua génese e evolução, e aplicando este conhecimento em exercícios de intervenção na paisagem, com um aprofundamento do conceito de Estrutura Verde e a sua aplicação num caso de estudo.
Conteúdos Programáticos:
1. Fundamentos de Arquitetura Paisagista
1.1. Origem e evolução
1.2. Conceito, Escalas e Carácter da Paisagem
1.3. Ecologia da Paisagem
1.4. Métodos de estudo
1.5. Elementos da Paisagem
1.6. Recursos naturais e elementos biofísicos. Gestão sustentável
1.7. Elementos antrópicos
1.8. Unidades de Paisagem
1.9. Paisagem rural e urbana. Da paisagem global à paisagem local
1.10. O Ordenamento e gestão da Paisagem
2. Estrutura Ecológica e Espaços Verdes
2.1. Qualidade de vida e Sustentabilidade
2.2. Estrutura Ecológica e Estrutura Verde
2.3. Estrutura Verde: forma e função
2.4. Princípios
2.5. Planeamento e desenho de Espaços Verdes
2.6. Vegetação nos Espaços Verdes
2.7. Conforto e percepção
3. História da Arquitetura Paisagista
3.1. As origens
3.2. As civilizações centrais
3.3. O jardim na Grécia Antiga e no Império Romano
3.4. O Jardim medieval, renascentista, barroco e naturalista
3.5. O Jardim e parque público
3.6. O Jardim moderno e contemporâneo
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Objetivos:
1. Conhecimento dos fundamentos da Arquitetura Paisagista, seus principais conceitos, metodologias e a articulação com a Arquitetura e Urbanismo;
2. Conhecimento acerca dos principais momentos da história da Arquitetura Paisagista e evolução dos jardins e espaços públicos;
3. Capacidade de análise e diagnóstico da paisagem, através do estudo dos seus componentes;
4. Capacidade de integrar o pensamento ecológico, articulando os elementos naturais e antrópicos, na proposta de intervenções na paisagem;
5. Apoiando-se nos conhecimentos obtidos, ter capacidade de trabalhar informação e analisar a paisagem caso de estudo, propondo uma Estrutura Verde;
6. Capacidade para integrar conhecimentos e emitir julgamentos acerca da utilização dos recursos naturais no processo de desenvolvimento territorial;
7. Capacidade de comunicar as suas conclusões e os trabalhos desenvolvidos (assim como os raciocínios que lhes deram origem), na forma de desenho, escrita e apresentação oral.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Avaliação contínua
A execução do programa possui uma componente teórica e uma componente teórico-prática. As aulas teóricas iniciam por uma apresentação dos elementos programáticos, seguida de uma preparação dos exercícios a serem desenvolvidos pelos alunos. As aulas teórico-práticas serão dedicadas à realização de exercícios, que servirão para a consolidação e aplicação dos conhecimentos obtidos na parte teórica, na aprendizagem dos vários conteúdos programáticos.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A – Exercícios Teóricos (ET): ET1: Análise e crítica de espaços verdes ET2: Teste teórico Exercício de análise e crítica de um espaço verde seleccionado pelo aluno. B – Exercícios Teórico-práticos (ETP): ETP1: Análise e diagnóstico da paisagem (Trabalho em grupo) Exercício de análise da paisagem caso de estudo, segundo uma metodologia de análise, síntese e proposta. ETP2: Proposta de Estrutura Verde (Trabalho individual) Exercício de proposta de uma Estrutura verde para a paisagem caso de estudo, assente nos conhecimentos obtidos nas aulas.
Bibliografia:
[1] CABRAL, F.C. (2003). Fundamentos da Arquitectura Paisagista.
[2] CABRAL, F.C. e TELES, G.R. (2005). A árvore em Portugal.
[3] CANCELA d’ABREU, et al. (2004). Contributos para a identificação e caraterização da paisagem em Portugal continental.
[4] FADIGAS, L. (2007). Fundamentos ambientais do ordenamento do território e da paisagem.
[5] FARIELLO, F. (2004) La arquitectura de los jardines: de la antigüedad al siglo XX.
[6] HOUGH, M. (2004). Naturaleza y ciudad – Planificación urbana y processos ecológicos.
[7] JELLICOE, G. e JELLICOE, S. (1996). The Landscape of Man.
[8] MAGALHÃES, M.R. (2001). A Arquitectura Paisagista.
[9] MAGALHÃES, M.R., et al. (2007) Estrutura ecológica da paisagem.
[10] PALOMO, P. (2005). La Planificación Verde en las Ciudades.
[11] QUINTAS, A. (2014). Génese e evolução dos modelos de Estrutura Verde Urbana na estratégia de desenvolvimento das cidades.
[12] QUINTAS, A. (2015). Planning for Urban Green Infrastructure in Metropolitan Landscapes.
Docente (* Responsável):
Andreia Quintas (avquintas@ufp.edu.pt)