Unidade Curricular:Código:
Endodontia II841END2
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3Ciclo IntegradoMedicina Dentária5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
As ciências básicas do curso médico e as restantes disciplinas da Medicina Dentária intimamente relacionadas com a Endodontia, assim como, o conhecimento pleno da cavidade pulpar permitirão a aprendizagem dos princípios endodônticos e das técnicas terapêuticas actualmente conhecidas.
O tratamento endodôntico não cirúrgico é a base da Endodontia e tem como finalidade a extirpação da polpa dentária e a posterior obturação do espaço por ela ocupado.
Conteúdos Programáticos:
Diagnóstico em Endodontia. Indicações e contra-indicações do Tratamento Endodôntico Não-Cirúrgico.
Patologia pulpar: caracterização da etiologia e manifestações clínicas.
Patologia perirradicular: diagnóstico e opções terapêuticas.
Patologia pulpar e perirradicular: testes de diagnóstico.
Irrigação em Endodontia - conceito, relevância e técnicas usadas – Hipoclorito de Sódio.
Irrigação em Endodontia – Soluções de irrigação alternativas.
Endodontia em sessão única ou múltiplas sessões. Medicação intracanalar.
Erros de cavidade de acesso- identificação, prognóstico e prevenção.
Erros na instrumentação (perda do comprimento de trabalho e alteração iatrogénica das paredes pulpares) - identificação, prognóstico e prevenção.
Determinação do comprimento de trabalho pelo método electrónico.
Sistemas de instrumentação mecanizados: Protaper Universal
Isolamento absoluto : conceito, relevância e normas de execução do protocolo clínico.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A Endodontia II pretende dotar o aluno de conhecimentos e capacidade quanto à abordagem e correta execução do tratamento endodôntico não cirúrgico em dentes pluriradiculares. Para tal a componente teórica aborda fundamentalmente a fisiologia do complexo pulpo-dentinário que permite a realização de um correto diagnóstico. São também abordadas os principais erros de procedimento quer durante a instrumentação canalar quer durante a fase de obturação canalar. Nesta unidade, a prática orientada possibilita o contacto com os diversos grupos de dentes e suas características anatómicas próprias.
É orientada a pesquisa e a seleção de bibliografia científica adequada no âmbito dos temas descritos no programa desta unidade curricular, fomentando assim a leitura científica, o desenvolvimento de capacidade crítica e contacto com nomenclatura científica, bem como a motivação para a elaboração de trabalhos de investigação e apresentações científicas no âmbito da endodontia.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
1 teste teórico + avaliação prática contínua
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As aulas teóricas privilegiam os métodos expositivo e participativo, com vista a uma inter-relação de conteúdos das ciências interrelacionadas com a endodontia. Privilegia-se a pesquisa bibliográfica sobre a atualidade dos conteúdos expostos no programa da unidade, sobretudo quanto a ensaios in vitro e in vivo, e restantes evidências da literatura sobre os mesmos. Nas aulas práticas predomina o método demonstrativo e prática pelos alunos, quanto à execução do tratamento endodôntico.
Bibliografia:
Cohen S, Burns RC. Pathways of the Pulp. 11ª ed. Mosby, Inc., 2011
Ingle JL. Endodontics. 6ª ed. Lea e Febiger, 2008
Gutmann JL, Dumsha TC, Lovdahl PE, Hovland EJ. Problem solving in Endodontics. 5ª ed. Mosby, Inc.. 2011
European Society of Endodontology (2006), Quality guidelines for endodontic treatment: consensus report of the European Society of Endodontology. International Endodontic Journal, 39: 921–930. doi: 10.1111/j.1365-2591.2006.01180.x
International Journal of Endodntics
Journal of Endodontics
Siqueira JF Jr. Treatment of endodontic infections. 1st ed. London: Quintessence Publishing, 2011
Docente (* Responsável):
Ana Teles (anateles@ufp.edu.pt)
Luis Miguel Reis Martins (lmartins@ufp.edu.pt)
Márcia Cascão (mfcascao@ufp.edu.pt)
Miguel Albuquerque Matos (msmatos@ufp.edu.pt)
Natália Vasconcelos (nvasc@ufp.edu.pt)