Unidade Curricular:Código:
História e Epistemologia das Ciências Médicas841HECM
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1Ciclo IntegradoMedicina Dentária3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
Aquisição de conhecimentos sobre a evolução da actividade médica ao longo das civilizações e dos conceitos de saúde e de doença nas populações.
Conteúdos Programáticos:
Introdução
Paradigmas da epistemologia das Ciências Médicas
I Parte - A arqueologia da Medicina: da génese à consolidação
1. Mesopotâmia e Antigo Egito
2. A Medicina na Grécia Antiga: Hipócrates fez escola
3. O prestígio grego em Roma
4. A(s) Idade(s) Média(s): mundo árabe e mundo cristão
5. As Universidades de medicina e a dissecação
6. O Renascimento: migração de doenças e remédios
II Parte - As Ciências Médicas na Contemporaneidade
1. Medicina e terapêutica nos séculos XIX e XX:
2. Evolução vacinação: da descoberta à atualidade
3. Origens, desenvolvimento e aplicações dos antibióticos
4. Vírus e outros agentes infeciosos
5. A Radiologia nas Ciências Médicas
Balanço
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Aquisição de conhecimentos sobre a evolução da atividade médica ao longo das civilizações e conceitos de saúde e doença em populações.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Exame de avaliação e frequência.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Descrição das temáticas da evolução das mentalidades, do conceito de saúde e de doença, com a análise das principais figuras da história das ciências médicas ao longo da história da humanidade. Exemplificação de casos clínicos e das patologias mais prevalentes que dizimaram a humanidade.
Bibliografia:
CARWRIGHT, Frederick F. e BIDDISS, Michael (2003), As Doenças e a História, Mem Martins: Europa-América.
FREDE, Michael (2006), "Philosophy and Medicine in Antiquity", Human Nature and Natural Knowledge, UPC, pp 211-232.
GARCÍA BALLESTER, Luis (2004), “Galen and Galenism Theory and Medical Practice From Antiquity to the European Renaissance”, Early Science and Medicine, 9 (4):362-363.
MICHELI-SERRA, Alfredo de (2004), “Algunos enfoques epistemológicos en medicina”, Gaceta Médica de México, vol. 104, nº 5, pp. 557-561.
POPPER, K.R. (1959), The Logic of Scientific Discovery, Hutchinson, London.
SOARES M. L. C. (1999), Hipócrates e a Arte da Medicina. Lisboa : Colibri.
SOURNIA, Jean-Charles (1992), História da Medicina. Lisboa: Instituto Piaget.
Docente (* Responsável):
Judite Freitas (jfreitas@ufp.edu.pt)
Maria José Sá (mariajs@ufp.edu.pt)