Unidade Curricular:Código:
Saúde Ocupacional1076SOUS
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1Pós-GraduaçãoEnfermagem do Trabalho3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
•Conhecer o enquadramento legal nacional e internacional da Saúde Ocupacional/ Segurança e Saúde no Trabalho (SO/ SST);
•Descrever os princípios e domínios de Ambiente, SST;
•Motivar para os principais fatores de risco;
•Contextualizar o acidente de trabalho (AT) e doença profissional (DP);
•Compreender a relação custo-benefício dos investimentos em Segurança;
•Fomentar comportamentos seguros no domínio da SST;
Competências:
•Domina os princípios que visam promover a SST em Portugal e na Europa;
•Integra os princípios e domínios de ambiente, SST;
•Conhece os principais fatores de risco no local de trabalho;
•Diferencia o AT e a DP;
•Integra comportamentos seguros e responsáveis no âmbito da SST;
•Conhece princípios de informação e comunicação em SST;
Conteúdos Programáticos:
•Políticas de Saúde Ocupacional: perspetiva nacional e internacional.
•Programa Nacional de Saúde Ocupacional.
•Enquadramento legal e normativo da Saúde e Segurança do Trabalho.
•Noções de Segurança e Saúde do Trabalho/SO.
•Organização da Segurança e Saúde do Trabalho.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos refletem uma abordagem situada no contexto de ambientes de trabalho salutogénicos, com enfase na abordagem de uma prática profissional de Enfermagem do Trabalho baseada nos princípios, enquadramento legal e normativo da SO/SST e da sua relevância para a prestação e gestão de cuidados de qualidade.
Atenta-se que os conteúdos programáticos se encontram em conformidade com os objetivos da unidade curricular, permitindo ao Enfermeiro do Trabalho desenvolver conhecimentos diferenciados e integrados, respeitando os valores e princípios éticos, legais e deontológicos na garantia de uma prática profissional baseada nos princípios e domínios da SST.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Recurso à metodologia expositiva, demonstrativa e participativa, valorizando o envolvimento do estudante no processo ensino/aprendizagem. Os estudantes irão elaborar um estudo de caso numa empresa, faseado por diferentes UCs, que constituem o Plano de Estudos, tendo por base as etapas da Gestão de Risco.
A avaliação contínua será constituída por elaboração, apresentação e discussão de um trabalho de Grupo, com ponderação de 100%,
evidenciando a Metodologia de Avaliação de Riscos Profissionais, com enfase no enquadramento legal da Segurança e Saúde no Trabalho, perspetivando a prevenção de riscos profissionais.
A assiduidade é obrigatória às UCs do ensino teórico, teórico prático em pelo menos 50% da carga horária e a 80% da Prática Laboratorial, para ter acesso à avaliação contínua, de acordo com o Regulamento da UFP.
Exame: os alunos que não obtiverem a aprovação em avaliação contínua, poderão fazer o exame constituído por 1 frequência escrita, com a ponderação de 100%.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino são orientadas em coerência e articulação com os objetivos de aprendizagem definidos. No seu conjunto configuram uma estratégia essencialmente interativa centrada no estudante, com aposta num trabalho que estimule a reflexão e valorize os processos de natureza cognitiva e interpessoal, devidamente orientado e enquadrado nas sessões letivas teóricas, teóricas/práticas e de práticas laboratoriais da unidade curricular. Com a implementação das metodologias consideradas, é pressuposto que o estudante se envolva ativamente na sua evolução e delineie esforços na busca de informação atualizada, que suporte os trabalhos a realizar e fomente os resultados de aprendizagem pretendidos.
Bibliografia:
•Direção Geral de Saúde (DGS) (2018). Programa Nacional de Saúde Ocupacional (PNSOC) – extensão 2018/2020
•Inspeção Geral das Atividades em Saúde (IGAS) (2018). Manual de Segurança e Saúde no Trabalho DGR
•Organização Internacional do Trabalho. (2019). Segurança e Saúde no Centro do Futuro do Trabalho, 1ª ed. Genebra.
•Portugal. Diário da república (2009). Lei n.º 102/2009. D.R. I Série. 176 (2009-09-10) 6167-6192
•Portugal. Diário da república (2009). Lei n.º 7/2009. D.R. I Série. 30 (2009-02-12) 926-1028
•Portugal. Diário da república (2018). Regulamento nº 372/2018. D.R. II Série 114 (2018-06-15)16804-16810.
•Portugal. DGS (2019). Autorização transitória para o exercício de Enfermagem do Trabalho. Lisboa: DGS.
•Portugal. DGS (2019). Saúde Ocupacional: as vantagens para as empresas. Lisboa: DGS.
•Quintas, Paulo (2014). Manual de Direito da Segurança e Saúde no Trabalho - Coleção Manuais Profissionais: 3ª Edição.