Unidade Curricular:Código:
Investigação, Inovação e Desenvolvimento em Enfermagem do Trabalho1013IIDE
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1Pós-GraduaçãoEnfermagem do Trabalho3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
• Adquirir competências no âmbito da gestão de SSST
• Promover a familiarização com o processo de investigação científica
• Analisar os paradigmas da investigação
• Promover a facilidade de apresentação de resultados de investigação científica, quer aos pares quer em termos de divulgação
• Promover a capacidade de reconhecimento e utilização de vários graus de cientificidade do texto escrito
Conteúdos Programáticos:
1. Métodos de aquisição de conhecimento
2. Métodos de investigação científica
3. Fases do processo científico de investigação
4. Exigências éticas na investigação
5. Comunicação de resultados
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Através da interrogação de dúvidas existentes em sala de aula e pela análise do estudo realizado em casa pelos estudantes (recensão crítica de um artigo científico).
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Através de um método interrogativo, expositivo e demonstrativo, com exposição oral de conteúdos programáticos. Metodologia ativa/participativa com apoio de meios audiovisuais. Trabalho de pesquisa bibliográfica, em grupo, com apoio do docente. A avaliação da unidade curricular contempla a realização em casa e apresentação em sala de aula de uma recensão crítica de um artigo científico.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Numa primeira fase, a necessidade de analisar e refletir sobre conceitos novos implica a utilização de metodologias expositiva interrogativa. Numa segunda fase, a demonstração de exemplos possibilita a aquisição de conhecimentos indispensáveis ao processo de investigação. A exemplificação de casos práticos e a aplicação do processo de investigação permite consolidar competências para a utilização futura do processo de Enfermagem como metodologia científica de trabalho.
Bibliografia:
• Carvalho, J.E. (2009). Metodologia do trabalho científico. Lisboa: Escolar.
• Cervo, A.L. & Bervian, P.A. (2002). Metodologia científica (5ª ed.) São Paulo: McGraw-Hill.
• Fortin, M.F. (2009). Fundamentos e etapas do processo de investigação. Loures: Lusodidacta.
• Lakatos E.M. & Marconi, M.A. (2008). Metodologia científica (5ª ed.) São Paulo: Atlas.
• Ordem dos Enfermeiros (2012). Regulamento do perfil de competências do enfermeiro de cuidados gerais. Lisboa: Ordem dos Enfermeiros.
• Quivy, R. & Campenhoudt, L. (2005). Manual de investigação em ciências sociais (4ª ed.) Lisboa: Gradiva.
• Ribeiro, J.L.P. (2010). Investigação e avaliação em psicologia e saúde (2ª ed.) Lisboa: Placebo.
Docente (* Responsável):
Germano Couto (gcouto@ufp.edu.pt)