Unidade Curricular:Código:
Psicologia Aplicada845PSIA
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaCiências da Nutrição2 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês26
Objectivos de Aprendizagem:
Com esta unidade curricular pretende-se que os alunos adquiram conhecimentos na área da psicologia no sentido de auxiliar na compreensão aprofundada e adequada dos modelos de intervenção nutricional às especificidades dos clientes, contribuindo assim para potenciar a eficácia da sua intervenção.
Pretende-se, em particular, que os alunos aprofundem o conhecimento sobre sinais e sintomas sugestivos de perturbações da alimentação e da ingestão, bem como sobre as caraterísticas psicológicas que poderão contribuir para o desenvolvimento e/ou manutenção do excesso de peso e das dificuldades na adesão ao tratamento. Paralelamente, pretende-se que desenvolvam competências de comunicação em contexto de consulta e, especificamente, junto de clientes em fases terminais.
Conteúdos Programáticos:
Unidade Letiva 1. Psicologia Aplicada às Ciências da Nutrição
1.1. Determinantes Psicossociais do Comportamento Alimentar
1.2. Perturbações da Alimentação e da Ingestão
1.3. Excesso de Peso e Obesidade
Unidade Letiva 2. Comunicação e Relação Terapêutica em Ciências da Nutrição
2.1. Comunicação centrada no Cliente e Entrevista Motivacional
2.2. Intervenção com Pessoas e situação de Doença Terminal
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A Unidade Letiva 1 será alvo de exposição descritiva e organizativa no âmbito das aulas teóricas e os seus conteúdos serão ainda explorados de forma aplicada (casos clínicos) no contexto das aulas teórico-práticas.
A Unidade Letiva 2 será alvo de uma exposição enquadrada e ordenada das competências práticas de comunicação envolvidas no contexto da consulta e de uma discussão acerca das relações que poderão ser estabelecidas. Daqui decorrerá a realização de exercícios de treino de competências de comunicação, dando-se oportunidade de aplicação das competências envolvidas em situações de role-play.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A avaliação adoptada é contínua, consistindo em práticas específicas (i+ii+iii) - trabalho esse que é sistematizado num relatório final (50%) - e numa prova escrita de aferição de conhecimentos (frequência) (50% da nota final).
(i) exploração dos determinantes psicossociais do comportamento alimentar realizada pelos alunos a partir de artigos científicos;
(ii) apresentação e discussão de casos clínicos que permitam aos alunos aplicar na prática os critérios de diagnóstico das perturbação abordadas teoricamente;
(iii) implementação de estratégias de role play e promoção de debate crítico em sala de aula.
A obtenção de uma classificação inferior a 10 (dez) valores impede a aprovação à unidade curricular por avaliação contínua e obriga o aluno à realização do exame de final de semestre, para certificação das competências envolvidas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
São adotadas metodologias expositivas e ativas/participativas. Os determinantes psicossociais do comportamento alimentar são explorados de forma ativa pelos alunos a partir de artigos científicos focados em distintas variáveis. As perturbações do comportamento alimentar e os comportamentos alimentares atípicos são apresentadas a partir de casos clínicos, que permitam aos alunos aplicar na prática os critérios teóricos de diagnóstico. Os alunos são, ainda, incentivados a construir guiões de entrevista dirigidos a crianças, adolescentes e adultos, operacionalizando de forma prática os conhecimentos teóricos ministrados. São também adotadas estratégias de role play para dramatizar as estratégias de comunicação centrada do doente e de entrevista motivacional. São, ainda, adotadas metodologias expositivas para estimular a reflexão dos alunos no que respeita ao trabalho em equipa multidisciplinar e ao trabalho realizado com doentes terminais, sendo promovido o debate crítico em sala de aula.
Bibliografia:
American Psychiatric Association (2014). Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (5ª Ed.). Lisboa: Climepsi Editores.
American Psychiatric Association (2006). Directrizes para o tratamento de transtornos psiquiátricos. Porto Alegre: Artmed.
Carmo, I. (2001). Doenças do comportamento alimentar. Lisboa: ISPA.
Franuqes, A.R., & Arenales-Loli, ;.S. (2011). Novos corpos, novas realidades. Reflexões sobre o pós-operatório da cirurgia de obesidade. São Paulo: Vetor Editora.
Ogden J. (2000). Psicologia da saúde. Lisboa: Climepsi Editores.
Ogden, J. (2003). The psychology of eating: From healthy to disordered behavior. United Kingdom: Blackwell Publishing
Docente (* Responsável):
Sónia Alves (salves@ufp.edu.pt)