Unidade Curricular:Código:
Farmacodinamia845FARM
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaCiências da Nutrição4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
O objetivo principal desta Unidade Curricular é a aquisição dos princípios fundamentais da farmacologia que possibilitam a compreensão da ação dos fármacos, desde o nível de um alvo molecular específico até ao nível do paciente. As competências a desenvolver baseiam-se no conhecimento dos mecanismos que regem a ação dos fármacos no organismo e das ações dos constituintes farmacologicamente ativos presentes nos alimentos que podem alterar o curso dos mecanismos fisiológicos, patológicos ou homeostáticos do organismo. Como parte da formação em Ciências da Nutrição é ainda objetivo analisar as interações fármaco-alimento com relevo clínico, ou seja, compreender a influência da terapêutica farmacológica no estado nutricional e, de igual forma, a influência dos nutrientes no ciclo geral de ação dos fármacos.
Conteúdos Programáticos:
1. Princípios gerais de Farmacologia. Fármacos e ações farmacológicas. Ciclo geral dos fármacos no organismo (farmacocinética e farmacodinamia).
2.1 Farmacologia do Sistema Nervoso Central
2.2 Farmacologia do Sistema Nervoso Autónomo
2.3 Farmacologia do etanol
2.4 Farmacologia do tratamento da obesidade
2.5 Farmacologia do aparelho gastrintestinal
2.6 Farmacologia do aparelho cardiovascular
2.7 Fármacos modificadores do metabolismo glucídico, proteico e lipídico
3. Farmacologia e Nutrição. Interação alimento-fármaco. Constituintes farmacologicamente ativos presentes na dieta.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Entre vários fatores que condicionam a ação dos fármacos no organismo, os nutrientes e o estado nutricional são responsáveis pela alteração dos mecanismos de ação dos fármacos. Por outro lado, é sabido que os fármacos para além dos efeitos terapêuticos exibem efeitos adversos que podem originar alterações no estado nutricional e outras alterações de natureza fisiológica e homeostática. O programa da unidade curricular procura assim fornecer ao futuro nutricionista uma sólida formação teórica sobre os princípios fundamentais que regem os mecanismos gerais de ação dos fármacos e ainda dar-lhe a conhecer os principais grupos terapêuticos envolvidos em interações fármaco-nutriente com relevância clínica.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Os conceitos de farmacologia serão debatidos nas aulas teóricas que irão incidir sobre os grupos terapêuticos de maior relevância através da exposição dos mecanismos de ação, dos efeitos adversos e das interações farmacológicas e recorrendo a imagens e esquemas que mostram estes efeitos. As aulas teórico-práticas servirão para consolidar os conhecimentos adquiridos, recorrendo a uma participação ativa do aluno no processo de ensino-aprendizagem, nomeadamente através da apresentação/discussão de casos práticos relacionados com os fármacos e as suas interações farmacológicas com relevo na clínica. Os alunos serão orientados a seguir um estudo autónomo e irão desenvolver competências na procura e utilização das principais fontes de informação de fármacos. Posteriormente são chamados a desenvolver e apresentar um trabalho de pesquisa bibliográfica. A aquisição de conhecimentos é verificada através da realização de duas provas escritas (90%) e de um trabalho de pesquisa bibliográfica (10%).
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
O conhecimento básico dos mecanismos gerais de ação dos fármacos no organismo irá permitir construir um suporte sólido para compreender as especificidades dos grupos terapêuticos abordados posteriormente e ainda compreender a influência da alimentação e do estado nutricional na ação dos fármacos no organismo, e vice-versa. No final desta unidade curricular, os alunos deverão ter a capacidade de reconhecer e descrever os principais mecanismos de ação dos fármacos, assim como identificar e compreender as interações fármaco-nutriente mais relevantes. Neste sentido, a unidade curricular de Farmacodinamia encontra-se dividida em duas componentes essenciais. Na parte teórica são ministrados os conceitos inerentes à farmacologia geral, aos principais grupos terapêuticos e ainda às interações fármaco-nutriente. Na componente teórico-prática, o estudante vai ser chamado a analisar e discutir casos práticos relacionados com os fármacos e as suas interações farmacológicas com relevo na clínica tendo oportunidade de relacionar os seus conhecimentos na área de nutrição com a farmacologia.
Bibliografia:
[1] Farmacologia. HP Rang, MM Dale, JM Ritter (Eds), 6ª edição. Elsevier Editora, 2008 (ou a versão Inglesa: Rang and Dale's pharmacology, HP Rang, MM Dale, JM Ritter (Eds), 6th edition, Churchill Livingstone Elsevier, 2007)
[2] Terapêutica Medicamentosa e suas Bases Farmacológicas (Manual de Farmacologia e Farmacoterapia), S Guimarães, D Moura, P Soares da Silva (Eds), 5ª edição, Porto Editora, 2006
[3] Goodman & Gilman´s The Pharmacological Basis of Therapeutics, LL Bruton, JS Lazo, KL Parker (Eds), 11th edition, McGraw-Hill, 2006
Docente (* Responsável):
Adriana Pimenta (apimenta@ufp.edu.pt)