Unidade Curricular:Código:
Biologia Molecular e Celular1080BMC
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1LicenciaturaCiências da Nutrição6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
A Biologia Molecular e Celular integra o conhecimento de várias áreas disciplinares como a Genética, Bioquímica e a Imunologia, para compreender os seres vivos a partir de uma perspetiva unificadora, a célula. No âmbito desta Unidade Curricular, o processo de aprendizagem visa a aquisição de conhecimentos sólidos que permitam relacionar a complexidade molecular e estrutural com a fisiologia celular, e a aquisição de aptidões científicas genéricas – (i) recolha, seleção, análise, interpretação e validação de informação técnico-científica, (ii) comunicação de informação ténico-científica e (iii) atualização contínua e autónoma dos conhecimentos. Ao nível das competências, o processo de aprendizagem visa proporcionar capacidade para reconhecer e compreender a importância da célula na saúde e na doença. Quer ao nível da aprendizagem, quer ao nível das competências esta unidade curricular é fundamental como base a um profissional de Ciências da Nutrição.
Conteúdos Programáticos:
I. Teórica: Perspetiva histórica; Modelo estrutural dos sistemas biológicos: célula e água; Estrutura e função das biomoléculas: ácidos nucleicos, proteínas, hidratos de carbono e lípidos; Biomembranas: estrutura, funções, transporte transmembranar; Organelos celulares: ultra-estrutura, biogénese, fisiologia e patologia; Proteólise e Proteostase; Biosinalização, proliferação (regulação do ciclo celular) e morte celular (necrose, apoptose, autofagia e necroptose). II. Prática:Caracterização de aminoácidos e proteínas; Isolamento de proteínas; Estudo da ação da enzima peroxissomal catalase; Princípios básicos de Microscopia Óptica e de Micrometria; Elaboração e observação de preparações extemporâneas de tecidos vegetais e de tecidos animais; Estudo morfológico e estrutural de células procarióticas; Isolamento de organelos celulares e estudo da permeabilidade da membrana organelar e da membrana celular; Observação de células em diferentes fases da mitose.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A componente teórica analisa a célula a partir de uma perspetiva molecular e a sua importância é salientada com doenças causadas pela perda ou ganho de função de proteínas, promovendo uma compreensão ampla e integrada sobre a fisiopatologia celular, colmatando num trabalho de pesquisa bibliográfica. A componente prática é focada na resolução de problemas, permitindo ao aluno contactar com técnicas experimentais básicas, aplicar o método científico, aplicar conceitos teóricos. A interligação e complementaridade entre as as duas componentes promove e melhora: (i) A compreensão do papel da célula na dinâmica de organismos multicelulares, na saúde e doença; (ii) A capacidade para executar técnicas básicas e interpretar resultados; (iii) A análise e compreensão de literatura científica; (iv) O desenvolvimento de raciocínios científicos; e (v) A apreensão e a comunicação de informação técnico-científica. Assim, a execução do programa irá produzir os resultados pretendidos.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
I. Componente teórica: Compreende aulas teóricas e a aprovação é certificada através da realização de 2 testes escritos (ponderação na nota final 60%) e um trabalho de pesquisa bibliográfica (ponderação na nota final 20%). O trabalho será realizado por grupo de 2 a 3 alunos. Material didático assim como artigos científicos estarão disponíveis na plataforma de e-learning. A aprovação implica a obtenção de, pelo menos, 10/20 valores. A não aprovação em avaliação contínua remete o aluno para a realização de exame no final do semestre. O exame tem a duração de 2 horas e incide sobre a totalidade do programa.
II. Componente prática: Integra aulas laboratoriais. A aprovação é certificada através da realização de 2 testes escritos (ponderação na nota final 18%) e do desempenho do aluno (ponderação na nota final 2%). A aprovação implica a obtenção de, pelo menos, 10/20 valores.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
O conteúdo programático visa proporcionar ao aluno o conhecimento sobre a célula, a unidade estrutural e funcional fundamental de organismos vivos. A parte teórica está dividida em duas secções. A primeira descreve a base química da vida, com destaque para as biomoléculas envolvidas nos processos celulares e metabólicos. A segunda secção explora a ultra-estrutura e a função de organelos/compartimentos e a sua importância para a fisiologia e patologia celulares, com particular enfoque para as patologias associadas aos organelos implicadas em deficiências enzimáticas do foro metabólico, de interesse para as Ciências da Nutrição. Esta componente é desenvolvida a partir da exposição descritiva e integrada dos conceitos, teorias e mecanismos subjacentes ao programa teórico. A sua progressão ocorre de forma articulada com o material didático e a bibliografia, e inclui a reflexão conjunta sobre aspetos fulcrais do programa. Para a aquisição dos conhecimentos são aplicadas metodologias de ensino diretas e indiretas as quais promovem um nível de compreensão amplo e integrado. O desenvolvimento de um trabalho de pesquisa bibliográfico incluído nesta componente da unidade curricular por um grupo de 2 a 3 alunos visa melhorar: (i) Autoaprendizagem, (ii) Comunicação oral e escrita de informação científica (iii) Actualização autónoma dos conhecimentos. O tema é selecionado pela docente a partir de uma lista proposta pelos alunos e visa o aprofundamento dos conhecimentos sobre a etiopatogénese molecular e celular de diversas doenças com especial enfoque na área das Ciências da Nutrição. Após revisão do trabalho, a sua apresentação oral é sucedida de discussão quanto à forma, conteúdo e desempenho do aluno, e classificado. A participação ativa do aluno nesses seminários representa uma oportunidade adicional para apreender a relevância dos conhecimentos da biologia celular para a prática clínica. Artigos científicos ou outros de utilização livre, estarão disponíveis através do e-learning. II. Componente prática: A aprendizagem é baseada na resolução de problemas de aplicação prática, recorrendo a uma abordagem experimental, e visa melhorar: (i) Integração conceptual, (ii) Operacionalização em ambiente laboratorial (organização, raciocínio e execução), (iii) Recolha, seleção, análise, sistematização, interpretação crítica e validação de informação técnico-científica. Adicionalmente às horas de contacto, o processo de aprendizagem poderá ser complementado presencialmente, durante o horário de atendimento do docente, ou utilizando as ferramentas de comunicação digital institucionais (e-mail/e-learning). A utilização desses recursos informáticos é, também, um importante contributo para a promoção e estímulo do processo de autoaprendizagem do aluno.
Bibliografia:
1. ALBERTS B, BRAY D, HOPKIN K, JOHNSON D, LEWIS J, RAFF M, ROBERTS K, WALTER P. Fundamentos da Biologia Celular. Artmed Editora, 3ª Edição, 2012. ISBN: 9788536306797 (existe 2ªedição de 2006)
2. SUNKEL CE, AZEVEDO C. Biologia Molecular e Celular, Lidel eds. Técnicas, 5ª Edição, 2012 ISBN: 9789727576920 (existe 4ª edição, 2010)
3. QUINTAS A, FREIRE AP, HALPERN MJ. Bioquímica: Organização molecular da vida, Lidel, 2008 ISBN: 9789727574315
4. CASTRO A, PEREIRA S. Manual de trabalhos laboratoriais de apoio à componente prática da UC, 2018
5. MURRAY RK, GRANNER DK, RODWELL VW. Harpers’s Illustrated Biochemistry – Lange Medical Books/McGraw-Hill, 30th ed 2015 ISBN: 9780071825344 (existe a 27th ed, 2006) 7. ALBERTS B, JOHNSON A, LEWIS J, MORGAN D, RAFF M, ROBERTS K, WALTER P. Molecular Biology of the Cell. Garland Science, 5th Edition, 2014. ISBN: 9780815344322 (existe a 4ª edição, 2002)
Docente (* Responsável):
Anabela Castro (acastro@ufp.edu.pt)
Maria Gil Ribeiro (gribeiro@ufp.edu.pt)
Rita Castro (ritac@ufp.edu.pt)