Unidade Curricular:Código:
Dissertação843DISS
Ano:Nível:Curso:Créditos:
5Ciclo IntegradoCiências Farmacêuticas13 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês169
Objectivos de Aprendizagem:
Prover o estudante de destreza na estruturação da dissertação. O aluno será orientado na pesquisa bibliográfica atendendo a diversos factores, como índices de impacto das revistas científicas, número de citações das fontes. Será realçada a importância da ética de investigação e publicações científicas. Serão abordados estratégias para exposição oral, apresentação em painel e na forma de artigos científicos dos trabalhos científicos desenvolvidos. Adicionalmente, o estudante familiarizar-se-á com ferramentas digitais essenciais na escrita da dissertação, tal como o Endnote e o SPSS, que permitem respectivamente a adição automática das fontes bibliográficas no texto e no tratamento estatístico.
O aluno deverá ser capaz de:
- Conhecer o modo de funcionamento das ferramentas digitais essenciais na escrita da dissertação;
- Conhecer e procurar as fontes de informações necessárias para a elaboração da dissertação;
- Elaborar e defender publicamente a dissertação de mestrado.
Conteúdos Programáticos:
Unidade letiva I: Sessões teóricas e práticas
1. Preparação de um manuscrito/artigo científico
Ética na preparação escrita; estrutura; preparação; submissão; índice de impacto
2. Pesquisa bibliográfica
Diferentes estilos bibliográficos; Fontes de pesquisa na Internet: potencialidades e utilidades
3. Endnote como ferramenta essencial na preparação da dissertação
4. Preparação de comunicações
Poster; Comunicação oral.
5. Exploração do software Métodos Quantitativos de tratamento de dados. Noções básicas de estatística; Aplicação do software SPSS.
6. Programa de deteção de plágios
Unidade letiva II
Elaboração e defesa pública da dissertação de mestrado sob orientação.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Prover os estudantes de conhecimentos e competências básicos e específicos que lhes permitam adquirir destreza para a estruturação, organização e defesa pública da dissertação. Para tal, serão demonstrados várias estratégias para a pesquisa bibliográfica, os motores de busca mais significativos, a utilização de software essenciais na escrita e análise de dados, as estratégias de escrita e comunicação oral dos resultados de investigação. Adicionalmente, será apresentado o manual de elaboração de trabalhos científicos da Universidade Fernando Pessoa.
Os alunos serão incentivados a explorar situações hipotéticas e reais da pesquisa bibliográfica sobre o tema da sua dissertação.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Serão apresentados de forma sucinta, organizativa e descritiva, os conceitos que estão na base do programa. Quando solicitada, a docente esclarecerá as dúvidas existentes e orientará o estudo.
A avaliação será dividida em:
- Componente teórica: classificação nos termos, “Apto” ou “Não apto”, determinando a possibilidade de poder ou não desenvolver a dissertação. Para ser considerado "APTO", o estudante deverá executar a estrutura organizativa da informação da sua dissertação. A pesquisa bibliográfica será iniciada em sala de aula, e depende essencialmente do trabalho autónomo do estudante.
- Elaboração e defesa pública da dissertação, avaliado de acordo com os critérios definidos no Manual de Elaboração de Trabalhos Científicos. A classificação obtida na elaboração, apreciação e defesa pública da dissertação será a classificação final da UC.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metolodogias de ensino utilizadas baseiam-se sobretudo num modelo de desenvolvimento de competêncas, tendo em vista a aquisição de saberes e capacidades de valor acrescentado para desenvolver a dissertação de Mestrado. No sentido de adquirir as competências e as aptidões necessárias, o estudante será incentivado a aprofundar os conhecimentos adquiridos nas aulas (de carácter expositivo/participativo) e a procurar a sua aplicação prática (de carácter demonstrativo/participativo). A constante interação entre o docente e o aluno nas aulas permitirá a adequação do aluno aos objetivos propostos. Para além disso, a utilização de um conjunto de materiais de estudo criado propositadamente, assim como, as sessões de apoio para esclarecimento de dúvidas (sessões de orientação tutorial), permitem um elevado nível de ajustamento entre as metodologias utilizadas e os objetivos da UC. A avaliação do trabalho da componente teórica e a defesa pública da sua dissertação permitem verificar os conhecimentos e as competências adquiridas pelos estudantes. A todas as atividades com natureza avaliativa serão atribuídos créditos (ECTS) devidamente proporcionais ao número de créditos totais. Os ECTS previstos para o trabalho e estudo pessoal do estudante só lhe serão integralmente atribuídos, ou não, em função do desempenho demonstrado pelo estudante, nomeadamente no que respeita à aquisição de conhecimentos e competências previstas.
Bibliografia:
(1) Universidade Fernando Pessoa. Manual de Estilo de Elaboração de Trabalhos Científicos http://www.ufp.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=568&Itemid=481
(2) Brenner, Eliana de Moares, Manual de Planejamento e Apresentação de Trabalhos Acadêmicos : projeto de pesquisa, monografia e artigo / Eliana de Moraes Brenner, Dalena Maria Nascimento de Jesus. São Paulo: Atlas, 2007.
(3) Day, RA & Gastel, B (2006) How to Write and Publish a Scientific Paper. 6ª edição. Cambridge. Cambridge University Press.
(4) Blackwell J., MArtin J. (2011) A Scientific Approach to Scientific Writing. Springer.
Docente (* Responsável):
Carla Martins Lopes (cmlopes@ufp.edu.pt)