Unidade Curricular:Código:
Migrações, Demografia e Integração Social1153MDIS
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1DoutoramentoEstudos Políticos e Humanitários11 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês143
Objectivos de Aprendizagem:
Os alunos deverão adquirir conhecimentos teóricos e práticos sobre os temas em associação para que percebam como interagem e, por articulação, como podem fomentar mudanças e adaptações macrossociais em países com distintas realidades políticas, económicas, sociais e culturais.
As migrações assumem papel fundamental no equilíbrio do mundo profundamente marcado por assimetrias que, em extremos, se evidenciam por cenários de sobrepopulação e de subpopulação.
São por isso indissociáveis da demografia e da integração, porque, na verdade, realizam-se com efeitos notórios sobre as estruturas populacionais podendo apenas sobre elas assumir dimensão modificadora se, de facto, com legislação e políticas públicas adequadas, assentarem numa verdadeira integração dos seus atores.
Conteúdos Programáticos:
MÓDULO I. A teoria económica: mercantilismo e populacionismo, liberalismo, marxismo, perspetiva neoclássica, emergência da autonomia com a Sociologia das Migrações.
MÓDULO II. Os migrantes nas sociedades recetoras: perspetiva sociológica, influência da Escola de Chicago, teorias baseadas na etnicidade, integração e modelos de adaptação.
MÓDULO III. Processos sociais e dinâmicas interativas: formação de grupos e de comunidades, estabelecimento de laços de interação.
MÓDULO IV. As relações interétnicas no contexto das sociedades atuais: contacto entre culturas, xenofobia, racismo, discriminação.
MÓDULO V. Perspetivas sociológicas das migrações: estado social, dinâmica demográfica e migrações; multiculturalismo e integração; ação das organizações internacionais; conceito jurídico de migrante e categorias de migrantes; migrações, demografia e integração na União Europeia.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos, consequentes dos objetivos de aprendizagem da unidade curricular, dotam os formados de conhecimentos fundamentais a aplicar a realidades em estudo e a contextos multiculturais que tenham em conta as dimensões conjugáveis de migrações, demografia e integração.
Tratando-se de uma realidade que, embora de todos os tempos, é hoje, por força de pressões demográfica ou, no contrário, de vazios demográficos, muito presente, são ministrados conteúdos teóricos que discutem teorias e aplicações possíveis a políticas públicas, que consideram posições assumidas por países e por organizações supranacionais como sejam a ONU ou a EU.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Expositiva e demonstrativa, analítica e contínua.
Sistema de avaliação:
(i) Trabalho correspondente a 40 por cento da classificação.
Avaliação fundamentada na realização de um trabalho de recolha, tratamento e interpretação de dados enquanto suporte de aprendizagem da construção de um problema de investigação. O trabalho realiza-se, objetivamente, para cada sessão sendo, por isso, concretizado pela resposta escrita, verificável, às questões-aula a depositar, individualmente, na plataforma da unidade curricular.
(ii) Teste correspondente a 60 por cento da classificação.
Avaliação de conhecimentos composta por teste teórico-prático a incidir sobre todos os conteúdos lecionados.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A unidade curricular incorpora um conjunto de saberes teóricos e práticos importantes para a criação de uma ampla consciência sobre o papel que as migrações assumem no equilíbrio do mundo e a associação que têm com as dimensões demográfica e integrativa partes de um todo concretizável em políticas públicas e ações humanitárias.
Bibliografia:
Bandeira, M. (2004) Demografia: objecto, teorias, métodos. Escolar Editora
Brettell, C. (1991) Homens que partem, mulheres que esperam. DQ
Davis, K. (1954) Internal migration and urbanization in relation to economique development, in Procedings of the World Population Conference. UN: 783-801
Duchac, R. (1974) La sociologie des migrations aux Etats-Unis. Mauton
Elias, N. & Scotson, J. (1994) The established and the outsiders. Sage
Fernandes, A. (2008) Questões demográficas: demografia e sociologia da população. Colibri
Grafmeyer, Y.; Joseph I. (éds) (1990) L’Ecolle de Chicago. Naissance de l’écologie urbaine. Aubier
Nazareth, M. (2004) Demografia: a ciência da população. Presença
Peixoto, J.; et al. (2017) Migrações e sustentabilidade demográfica: Perspetivas de evolução da sociedade e economia portuguesas. FFMS
Portes, A. (1999) Migrações internacionais. Origens, tipos e modos de incorporação. Celta
Rocha-Trindade; et al. (1995) Sociologia das Migrações. UA
Docente (* Responsável):
Rui Maia (rlmaia@ufp.edu.pt)