Unidade Curricular:Código:
Gramática da Comunicação IV (Editorialismo e Articulismo)774GRC4
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaCiências da Comunicação6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Nesta unidade curricular as competências são as seguintes:
1 - Compreender e contextualizar a noção de 'editorial';
2 - Compreender e contextualizar a noção de 'artigo de opinião;
3 - Distinguir de forma clara 'editorial' de 'artigo de opinião'.
Quanto aos resultados da aprendizagem, é suposto os alunos;
1 - Em sentido estrito, identificarem, no contexto jornalístico, as características de um editorial e de um artigo de opinião;
2 - Em sentido geral, revelarem um nível elevado de maturidade intelectual, capaz de reforçar a personalidade cívica e as futuras aptidões profissionais.
Conteúdos Programáticos:
Editorial e artigo de opinião. Contexto e diferenças.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos, inerentes ao próprio nome da unidade curricular, constituem o ponto de partida teórico e prático que permite alcançar os objectivos enunciados.
Através da análise e discussão destes dois marcos fundamentais do jornalismo -o editorial e o artigo de opinião- procurar-se-á não apenas dar resposta aos pontos conceptuais dos objectivos de aprendizagem, mas também à dimensão de intervenção cívica que está subjacente a esta unidade curricular.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Avaliação contínua: teste, trabalhos (individuais ou em grupo) semanais, ou quinzenais, apresentados em aula, ou na plataforma de ensino virtual, com discussão em sala de aula.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A realização contínua de trabalhos,de acordo com o que está indicado em cima, permite aos alunos um contacto directo e actual com exemplos de editoriais e artigos de opinião de jornais de referência nacionais e estrangeiros. Desta forma cumprem-se os dois objectivos principais desta unidade curricular: o conhecimento teórico e a experiência prática e cívica.
Bibliografia:
Bibliografia prática: Estatutos Editoriais dos Jornais e Livros de Estilo.
Bibliografia teórica:
Barriga, A. C. A. (2007). Media, Política e Opinião: uma tríade complexa. Tese de doutoramento. ISCTE.
Bosco, F. (2018). A vítima tem sempre razão? Lutas identitárias e o novo espaço público brasileiro. Lisboa. Tinta da China
Cardoso, G. (2013). A sociedade dos ecrãs. Lisboa, Tinta da China.
Coll. S. e outros. (2015). An anatomy of a journalistic failure. Rolling Stone.
Eco, U. (2015). Número Zero. Lisboa, Gradiva.
Hume, M. (2016). Direito a Ofender. A liberdade de expressão e o politicamente correcto. Lisboa, Tinta da China.
Le, E. (2008). Editorials' genre and media roles: Le Monde's editorials from 1999 to 2001, Journal of Pragmatics, pp. 1727-1748.
Santos, F. P. (2017). Pós-verdade e ciência nos EUA com o Sr. Donald Trump. Público, 5 de Janeiro.
Serrano, E. (2006). A dimensão política do jornalismo. Comunicação & Cultura, n.º 2, pp. 63-81.
Docente (* Responsável):
Rui Estrada (restrada@ufp.edu.pt)