Unidade Curricular:Código:
Literacia e Comunicação em Saúde1077LCSA
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1LicenciaturaEnfermagem2 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês26
Objectivos de Aprendizagem:
-Demonstrar conhecimentos, aptidões e atitudes para uma comunicação eficaz em todas as suas vertentes;
-Descrever o processo de explicação e modelos explicativos;
-Desenvolver competências para comunicar de acordo com as regras definidas pela comunidade científica;
-Demonstrar conhecimentos, aptidões e competências de modo sobre processo de comunicação em saúde;
-Reconhecer componentes da comunicação promotoras de maior literacia em saúde;
-Aplicar a comunicação em Enfermagem nas suas diferentes vertentes;
-Desenvolver competências sobre comunicação em saúde para a prestação de cuidados de enfermagem.
Conteúdos Programáticos:
1- Comunicação
-O processo de comunicação e modelos explicativos
-Funções da comunicação
-Barreiras à comunicação
2-Comunicar de acordo com as regras definidas pela comunidade científica.
-O texto científico
- Bases de dados e recolha de informação
- A fraude
- Normas para a elaboração de uma referência bibliográfica
3- Literacia e Comunicação em saúde
- A terminologia das palavras sem saúde
- Objeto, conceito, termo
- Importância e características da terminologia médica
- Processos de comunicação em saúde
- Problemas de comunicação entre profissionais de saúde e utentes.
- Conceito de Literacia em saúde
-Medição da Literacia em saúde
- Modelos explicativos
4- Comunicação e Relação Terapêutica em Enfermagem
-Perícias e Estratégias de Comunicação Interpessoal;
-Comunicação de infortúnio
-A Comunicação na Equipa Interdisciplinar
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Nesta unidade curricular reflete-se sobre a importância da comunicação a vários níveis, desde a comunicação como forma de interação humana, passando pela comunicação científica. Integrando também as especificidades associadas à comunicação em saúde e literacia, dotando os estudantes de fundamentos teóricos e competências para aumentar a literacia, focando, especialmente, a comunicação em todas as suas vertentes. Pelo que, as temáticas incorporadas permitem ao estudante transferir os conhecimentos e competências sobre comunicação para a prestação de cuidados de enfermagem aos mais diversos níveis.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A unidade curricular desenvolve-se em horas de contacto e no tempo de trabalho autónomo do estudante. Para os objetivos pretendidos recorre-se a metodologias de ensino diversas, nomeadamente expositivas, interrogativas, demonstrativas, role play e trabalhos de grupo. As aulas teóricas são essencialmente expositivas e de interação, as aulas teórico-práticas são destinadas a elucidar e aprofundar as temáticas lecionadas com estratégias ativas, promovendo a participação do estudante. O regime de avaliação contínua é composto por uma prova escrita (80%) e a realização de um trabalho no âmbito da comunicação em saúde (máximo 3 estudantes).
Em todos os itens aplica-se Regulamento Pedagógico da UFP.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias propostas estão em coerência com os objetivos formulados para a unidade curricular dado que fomentam a participação ativa do aluno de modo a que este experimente e adquira ferramentas que otimizem a sua expressão no campo da comunicação aos mais variados níveis. Assim como, no desenvolvimento de conhecimentos, atitudes e competências de modo a garantir uma adequada comunicação em saúde e promoção da literacia em saúde.
Bibliografia:
- Sequeira, C. e outros (2016). Comunicação clínica e relação de ajuda . Lisboa: Lidel.
- Azevedo, F., Sardinha, M. G., (coord) (2009). – Modelos e práticas em literacia. Lisboa : Lidel, 2009.
- Phaneuf, M. (2005). Comunicação, entrevista, relação de ajuda e validação. Loures: Lusociência
- Riley, J.B. (2004). Comunicação em enfermagem. Loures: Lusociência.
- Morais, L. (2013). Comunicação em saúde e processo de mudança. Lisboa : Escolar Editora. ISBN 978-972-592-379-5