Unidade Curricular:Código:
Interação Homem-Máquina833IHM
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1MestradoEngenharia Informática (Sistemas de Informação e Multimedia)6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Os Objetivos principais da cadeira são:
- Sensibilizar e refletir sobre os conceitos essenciais associados com a disciplina de Interação Homem Máquina;
- Mostrar o que são, como se concebem, se implementam e se avaliam sistemas de interação e de interface apoiados em tecnologias de informação e comunicação para o desenvolvimento de aplicações e serviços em organizações;
- Descrever e analisar os mais recentes desenvolvimentos em interação e interfaces e discutir do seu impacte;
- Proporcionar conceitos válidos e de longa duração sobre Interação Homem Máquina que possam ser aplicados em contexto profissional.
As competências a desenvolver são:
- o aluno deve ser capaz de reconhecer a área de estudo e o objeto da Interação Homem-Máquina em sistemas de computador;
- o aluno deve ser capaz de aplicar técnicas e de compreender o contexto da sua utilização, nomeadamente considerando diferentes tipos de sistemas de computador, desde sistemas SCADA até ao uso da World Wide Web e cloud
Conteúdos Programáticos:
Parte I. Conceitos
1. Fundamentos
1.1 Interação Homem-máquina (IHM)
1.2. A IHM e as outras disciplinas
1.3. A importância da IHM
Parte II. Fatores Humanos
2. Características físicas do utilizador
3. Características mentais do utilizador
Parte III Sistemas
4. A interface e os sistemas interativos
5. Conceção de sistemas para pessoas
Parte IV Avaliação
6. Teste e avaliação
7. Ergonomia
8. Implicações sociais e o futuro da HCI
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Com a crescente utilização de redes e computadores em praticamente todos os sectores de atividade, a relação entre os seres humanos e os seus artefactos tecnológicos adquire maior importância. A diversidade de ferramentas digitais e o progressivo recurso a meios digitais para mediar a interação entre seres humanos requer que o estudo e desenvolvimento deste tipo de ferramentas e aplicações tenham em consideração aspetos associados com as questões de interação entre homem e máquina.
Esta unidade curricular tem como objetivo proporcionar uma introdução geral aos problemas da interação Homem-máquina. A abordagem propõe o estudo dos aspetos que facilitem o domínio dos princípios, modelos e técnicas de interação que permitem analisar, avaliar e melhorar as interfaces entre homens e máquinas e proporciona um contexto prático para a sua aplicação e discussão. Os conteúdos e práticas seguem as recomendações propostas pela ACM (Association for Computing Machinery, EUA) e o seu grupo grupo de tr
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As aulas teóricas apresentam os conceitos com base em estratégias expositivas, complementadas pelo uso, sempre que considerado adequado, de meios audiovisuais e do recurso a exemplos e ao uso da World Wide Web para ilustrar e permitir associar os conceitos teóricos, com exemplos reais e situações concretas.
As aulas Teórico-práticas são desenvolvidas com base na apresentação de casos de estudo que ilustram os conceitos e os aplicam, complementados por uma lista de exercícios para assegurar que o aluno adquire as competências.necessárias para a resolução dos problemas apresentados. Nos temas onde se proporcione um uso de computadores tal é incentivado.
O método de avaliação compreende duas componentes, considerando uma estratégia de avaliação contínua.
A avaliação compreende uma prova, incidindo sobre conteúdos associados ao programa processado até ao momento do teste com um peso de 80% da nota final, incluindo uma parte descritiva e a resolução de pelo menos dois problemas práticos val
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A condução dos trabalhos é essencialmente prática e orientada para um conjunto de atividades que visa a produção de conteúdos e o desenvolvimento de um produto cujos requisitos proporcionem os problemas a que sejam utilizados os conceitos e técnicas apresentadas por via expositiva. Adicionalmente, o desenvolvimento dos trabalhos é realizado de forma colaborativa, sendo apenas consideradas como trabalho individual, as contribuições de cada um dos elementos e a posterior apresentação da sua defesa em formato de apresentação rápida ao estilo Ignite (um powerpoint de 20 slides, com cada slide temporizado a 15 segundos, perfazendo um tempo total de 5 minutos)
Bibliografia:
Principal
[1] Sharp, H.; Rogers, Y.; Preece, J. (2015). Interaction Design. 2nd Edition. Wiley.
[2] Gouveia, L. (2016). Interação humano computador. UFP.
[A] Norman, D. (1998). The invisible computer. The MIT Press.
[B] Norman, D. (1993). Things that make us smart. Addison Wiley.
Docente (* Responsável):
Luis Borges Gouveia (lmbg@ufp.edu.pt)