Unidade Curricular:Código:
Epidemiologia883EPID
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1DoutoramentoEcologia e Saúde Ambiental6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
O objectivo do ensino da Epidemiologia é dar a entender ao aluno porque é que as doenças ocorrem, e quando surgem porque o fazem sob formas tão variadas. Adquirir conhecimentos relativamente aos principais problemas de natureza ambiental e aos seus efeitos na saúde.
O aluno deverá ser capaz de: conhecer e compreender os termos, os princípios e os métodos gerais da epidemiologia; compreender a epidemiologia de algumas entidades específicas das ciências do ambiente; tabular dados, calcular medidas de frequência e dominar alguns aspectos da recolha, análise e interpretação de dados de investigaç
Conteúdos Programáticos:
Epidemiologia ambiental. Estudos ambientais em epidemiologia. Avaliação de riscos em Epidemiologia Ambiental. Dimensões do problema. Desperdícios perigosos na atmosfera, na água, no solo e nos alimentos. Riscos atmosféricos. Consumo doméstico de água. O solo e os alimentos como potenciais fontes de risco em locais de depósito de resíduos perigosos. Marcadores biológicos nos estudos de locais de depósito de resíduos perigosos. Oportunidades em avanços metodológicos na análise de dados. Principais conclusões e recomendações.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
O ensino da epidemiologia ambiental inicia-se com conceitos gerais fundamentais relativos a saúde e doença. Como ciência quantitativa que é contém medidas de estados de saúde e doença. Aborda tipologias de estudo com indicação das suas vantagens e desvantagens metodológicas. Diferenciam-se os factores de risco causais e não causais. Indicam-se alguns dos caminhos possíveis no planeamento de uma investigação, os erros que os podem afectar e como minimizar os mesmos erros em diferentes momentos do estudo
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Os conteúdos serão transmitidos em sala de aula, em aulas de tipologia “teórica-prática” onde se privilegiará a transmissão dos conhecimentos e onde se porá em prática os conhecimentos teóricos através da resolução de exercícios aplicados ao ambiente; e aulas tutoriais.
A avaliação desta unidade curricular realiza-se de forma contínua através da realização de trabalhos individuais.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino-aprendizagem desta unidade curricular foram programadas de forma a potenciar os conceitos apreendidos. Pretende-se essencialmente que os alunos adquiram conhecimentos e competências base aplicáveis em situações de caracterização ambiental de estratégias de proteção conservação e remediação ambiental.
Bibliografia:
- Nieuwenhuijsen MK. Exposure Assessment in Environmental Epidemiology. Oxford University Press. 2015 (2nd Ed).
- Harrison, R. M. Exposure Assessment in Occupational and Environmental Epidemiology. Oxford University Press. UK, 2003.
- Beaglehole, R., Bonita, R. & Kjellström, T. Basic Epidemiology. WHO, 2006 (2nd ed).
- Friedman, G.D. Primer of Epidemiology. McGraw-Hill, 2004 (5th ed).
- Gordis, L (2014) Epidemiology, 5th ed., Elsevier Saunders.
- Greenberg, RS (2015) Medical Epidemiology – Population Health and Effective Health Care, 5th ed., Lange Basic Science – McGraw-Hill Education.
- Hernández-Aguado, I; Gil, MA; Delgado-Rodriguez, M; Bolumar-Montrull, F (2011) Manual de Epidemiología y Salud Pública para grados en Ciencias de la Salud, 2ª ed., Editorial Médica Panamericana.
- Rothman K; Lash TL; Greenland S. Modern Epidemiology. Wolters Kluwer Health & Lippincott Williams & Wilkins, 2012 (3rd ed).
Docente (* Responsável):
Cláudia Silva (csilva@ufp.edu.pt)