Unidade Curricular:Código:
Seminário II270SEM2
Ano:Nível:Curso:Créditos:
5Ciclo IntegradoArquitectura e Urbanismo3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
Descurada a componente técnica aliada às especificidades da Eco-Arquitectura e do Eco-Urbanismo, julgada já amplamente divulgada e explorada, esta UC centra-se nas referências, conceitos e ideias que consubstanciam a tese de uma actual emergência de um novo paradigma comportamental, de cariz ecocêntrico, ao qual a arquitectura e o urbanismo, enquanto actos culturais, não poderão ser alheios.
No final do semestre os alunos deverão ser capazes de discutir, de modo fundamentado, o modo como a ecologia está hoje a informar a arquitectura e o urbanismo, não só por via da componente ambientalista que lhe é denotada mas fundamentalmente enquanto estrutura lógica complexa – pensamento ecologizado – capaz de reorganizar teoricamente termos como sustentabilidade, eco-arquitectura, eco-urbanismo, arquitectura orgânica ou arquitectura verde, num mesmo contexto histórico disciplinar alargado, sustentado no passado, no presente e com ambição especulativa sobre o futuro.
Conteúdos Programáticos:
1. Arquitetura(s) do território
2. Morfologia urbana em diferentes contextos territoriais
3. Cidade e arquitetura
4. A(s) cidade(s) na Cidade
5. A forma do plano na forma da Cidade
6. Morfologias Territoriais: análise Morfológica e da sua aplicabilidade na orientação de novas hipóteses de transformação para a cidade contemporânea e futura
7. Protagonismo do vazio: a urbanidade do território
8. O pensamento ecológico e a sustentabilidade do espaço urbano
9. Habitar Compreensivo
10. Reabilitação e Sustentabilidade do Património Construído
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos desta UC são, numa primeira fase, direccionados ao estudo de conceitos associados à temática bem como ao seu enquadramento no contexto social, económico e disciplinar. A análise de uma selecção de casos de estudo visa promover o estudo aplicado dos conceitos bem como uma base para o debate a decorrer em sala de aula. No final do semestre é promovida uma reflexão crítica sobre os conceitos a partir da leitura de um contexto histórico disciplinar alargado, sustentado no passado, no presente e com ambição especulativa sobre o futuro. No final, os alunos deverão ser capazes de discutir, de modo fundamentado, o modo como a ecologia está hoje a informar a arquitectura e o urbanismo, não só por via da componente ambientalista que lhe é denotada mas fundamentalmente enquanto estrutura lógica complexa – pensamento ecologizado.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
O método de avaliação da unidade curricular baseia-se no modelo de avaliação contínua e centra-se no modo como os alunos participam nos seminários: reflexão sobre o tema proposto; participação no debate e apresentação das conclusões através da submissão de um trabalho escrito devidamente fundamentado em bibliografia atinente obre a matéria. Ao longo do semestre serão propostos dois temas de debate intercalados por aulas expositivas de enquadramento sobre as temáticas a debater. A participação dos alunos nas horas de contacto de ensino é, por norma, obrigatória. No que concerne às horas de ensino presencial em sala de aula, a percentagem mínima de frequência está estipulado no Regulamento Pedagógico.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
O formato de “Seminário” proposto para esta UC permite aos alunos não só a compreensão dos conteúdos programáticos indicados, como também a aquisição ou aprofundamento de novas competências: capacidade de integrar conhecimentos complexos bem como de emitir juízos sobre as temáticas abordadas; capacidade de comunicar as suas conclusões, os conhecimentos e os raciocínios a elas subjacentes de modo claro e rigoroso perante os colegas; domínio da metodologia científica e maior interesse sobre a investigação. Atendendo à transdisciplinaridade das temáticas abordadas bem como ao grau de complexidade da sua correlação, considera-se que a cronologia dos temas abordados bem como a tipologia de aulas adoptadas são adequadas aos objectivos de aprendizagem propostos para esta unidade curricular.
Bibliografia:
[1] Gauzin-Muller, Dominique (2002).Arquitectura Ecológica. Barcelona; Editorial Gustavo Gili SA.
[2] Gissen, David, Ed. (2002). Big & Green : toward sustainable architecture in the 21st century. New York; Princeton Architectural Press.
[3] Goldsmith, Edouard (1995). O Desafio Ecológico. Lisboa; Instituto Piaget.
[4] Hough, Michael (1998). Naturaleza y Ciudad. Barcelona; Editorial Gustavo Gili, SA.
[5] Jencks, Charles (1997). The architecture of the jumping universe. Londres. Academy editions.
[6] Ruano, Miguel (1999).EcoUrbanismo : Entornos Humanos Sostenibles. Barcelona; Editorial Gustavo Gili, SA.
[7] Morin, Edgar (2001). O Desafio do Século XXI : Religar os Conhecimentos. Lisboa; Instituto Piaget.
Docente (* Responsável):
Luísa Valente (lvalente@ufp.edu.pt)