Unidade Curricular:Código:
História da Arquitectura Portuguesa145HAP
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3Ciclo IntegradoArquitectura e Urbanismo6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Os alunos deverão ser capazes de:
-perspectivar a análise histórica e arquitetónica como opinião objetivamente fundamentada;
-sintetizar algumas variantes e invariantes do processo histórico da arquitetura em Portugal;
-identificar grandes períodos uniformes da prática arquitetónica no tempo;
-distinguir e compreender noções como, espírito, estilo, práticas construtivas e de desenho, e agentes, integrando-os nesses mesmos períodos;
-enquadrar historicamente, justificando-o, exemplos edificados pelas suas características arquitetónicas legíveis.
Conteúdos Programáticos:
1. Introdução
1.1. problematização e sistematização no estudo da história da arquitetura;
1.2. opções programáticas e expositivas da cadeira;
2. da Fundação ao fim do medievo
2.1. do romano ao Românico
2.1.1. pré-românico
2.1.2. Românico
2.2. O ciclo do Gótico
2.2.1. de Cister e ordens militares ao mendicante
2.2.2. a Batalha e o tardo-gótico
2.2.3. a arquitetura do período manuelino
3. a matriz linguística clássica
3.1. 1º paradigma classicista português
3.1.1. Renascimento
3.1.2. Maneirismo
3.1.3. “Arquitetura Chã”
3.1.4. a arquitetura da Restauração
3.2. 2º paradigma classicista português
3.2.1. Barroco: de João Antunes a D. João V
3.2.2. Barroco do Norte e vibração Rócócó
3.2.3. Pombalismo e Neoclassicismo
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos apresentados cobrem as áreas de conhecimento essenciais e coerentes para o atingir dos objetivos formulados, dado que os tópicos incluídos no programa - da diversidade de perspetivas metodológicas de análise à sua aplicação aos diferentes períodos - habilitam o aluno ser capaz de emitir juízos e perspetivar a análise histórica da arquitetura e de identificar grandes períodos uniformes da prática arquitetónica no tempo.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A unidade será alvo de metodologias expositiva, descritiva e demonstrativa em aulas teóricas e teórico-práticas, de modo a apresentar e discutir conhecimentos que facilitem uma perceção global do quadro interpretativo da história da arquitetura portuguesa pré-moderna, e desenvolver uma aproximação crítica à mesma.
Para obter aprovação a esta cadeira o aluno terá de cumprir os ECTS de contacto previstos. Para o garantir, terá de assegurar a assiduidade, particularmente nas aulas definidas como teórico-práticas, que correspondem a momentos de avaliação e acompanhamento do trabalho.
O ritmo e qualidade com que os alunos atingirão os objetivos cumulativos propostos serão verificados através de um processo de avaliação contínua, pela presença e intervenção letiva, e verificada na prossecução de um paper.
A nota apurada resulta da classificação do trabalho, informada por quatro avaliações: dois pontos de situação, o paper e sua apresentação final.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias propostas procuram adequar a prática de transmissão de conhecimentos (contextual, crítica e marcada pela análise de exemplos específicos) e as formas de avaliação (quer o manuseamento de conteúdos formais, quer pela aplicação individual a casos práticos, e sua exposição escrita e oral, no trabalho teórico-prático), aos objetivos de desenvolvimento de consciência analítica e crítica, assim como de competências de aprendizagem autónoma no campo da história da arquitetura.
Bibliografia:
[1] AAVV. (1986). História da Arte em Portugal. Lisboa: Alfa.
[2] ALMEIDA, C. A. F. (2001). História da Arte em Portugal - O Românico. Lisboa: Presença.
[3] ALMEIDA, C. A. F., BARROCA, M. J. (2002). História da Arte em Portugal - O Gótico. Lisboa: Presença.
[4] CORREIA, J. E. H. (1991). Arquitectura Portuguesa - Renascimento. Maneirismo, Estilo Chão. Lisboa: Presença.
[5] FRANÇA, J. A. (2004). História da Arte em Portugal – o Pombalismo e o Romantismo. Lisboa: Presença.
[6] MATTOSO, J. (1993). História de Portugal. Lisboa: Círculo de Leitores.
[7] NORBERG-SCHULZ, C. (1988). La signification dans l'Architecture Occidentale. Bruxelas: Pierre Mardaga.
[8] SERRÃO, V. (2003). História da Arte em Portugal - O Barroco. Lisboa: Presença.
[9] PEREIRA, P. (2011). Arte Portuguesa - história essencial. Lisboa: Círculo de Leitores.
[10] PEREIRA, P. (1995). História da Arte Portuguesa. Lisboa: Círculo de Leitores.
Docente (* Responsável):
Ilídio Silva (ilidio@ufp.edu.pt)