Unidade Curricular:Código:
Ensino Clínico II171EC2
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaTerapêutica da Fala4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês52
Objectivos de Aprendizagem:
A. Demonstrar, por escrito e oralmente, evidência de raciocínio clínico na análise e integração de dados sobre perturbações da comunicação, linguagem, fala e outras perturbações oro-motoras;
B. Identificar informação relevante em cada consulta realizada, estruturando-a nas etapas/fases do raciocínio clínico, nomeadamente a recolha de dados de anamnese, a implementação de protocolos/testes de avaliação, identificação e concretização de objetivos de intervenção com bases nos diferentes diagnósticos de perturbações da comunicação, linguagem, fala e outras perturbações oro-motoras;
C. Construir folhas de planeamento e registo de consulta para todos os casos acompanhados, interpretando os itens incluídos;
D. Dominar conhecimentos relativos à avaliação, diagnóstico e intervenção na área clínica de perturbações da comunicação, linguagem e fala, congénitas ou adquiridas, para elaborar um estudo de caso reflexivo;
E. Identificar assuntos chave e propor soluções terapêuticas dos casos.
Conteúdos Programáticos:
1 Intervenção direta e observação do par terapêutico (70H)
2 Discussão dos casos clínicos (monitorização clínica e outras situações) (30H)
3 Construção do dossier de ensino clínico com a compilação de todos os estudos de caso acompanhados ao longo do semestre.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
O objetivo A está associado aos conteúdos 1, 2.
O objetivo B está associado aos conteúdos 1.?
O objetivo C está associado aos conteúdos 1, 2.
O objetivo D está associado aos conteúdos 3.
O objetivo E está associado aos conteúdos 1, 2.
O objetivo F está associado aos conteúdos 1.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As aulas são práticas, consideradas como laboratoriais, uma vez que decorrem em settings de prática clínica real, tais como a clínica pedagógica de terapia da fala da UFP, o Hospital Escola Fernando Pessoa, e outras instituições com as quais a UFP tem protocolo estabelecido para a realização de estágios.
a) Colaborativo;
b) Elaboração de trabalhos;?
c) Discussão em pequeno e grande grupo;
d) Estudo de caso;
e) Expositivo;
f) Aprendizagem autodirigida.
Avaliação:-
Realização de um dossier de estágio onde se reúnem todos os estudos de caso acompanhados e observados ao longo do semestre.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
O objetivo de promover a consolidação e o desenvolvimento das competências adquiridas ao longo do curso, pela integração do estudante numa situação profissional estruturada com base num plano de intervenção, é coerente com uma metodologia que se concretiza no acompanhamento individualizado do estudante, por parte do docente supervisor. O objetivo A – método a), b), d), f) – Avaliação: Intervenção direta e observação do par terapêutico O objetivo B – método c), e), f) – Avaliação: Discussão dos casos clínicos (monitorização clínica e outras situações) O objetivo C – método b), d), f) – Avaliação: Construção do dossier de ensino clínico
Bibliografia:
Paul, R. (2007) Introduction to clinical methods in communication disorders Baltimore : Paul H. Brooks Publishing, 2007
Shipley, K.; McAfee, K. (2004) Assessment in speech-language pathology : a resource manual.Clifton Park : Delmar Learning
Dwight, D. (2015). Here's how to do therapy: hands-on core skills in speech-language pathology. 2nd ed. San Diego: Plural Publishing.
Kenneth G. Shipley, J. McAfee (2004). Assessment in speech-language pathology: a resource manual. 3ª ed. - Clifton Park: Delmar Learning, 28 cm + 1 CD-ROM
Docente (* Responsável):
Eva Antunes (eva@ufp.edu.pt)
Rita Alegria (ralegria@ufp.edu.pt)
Vânia Peixoto (vpeixoto@ufp.edu.pt)