Unidade Curricular:Código:
Comunicação Alternativa e Aumentativa171CAA
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaTerapêutica da Fala4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês52
Objectivos de Aprendizagem:
O1. Refletir acerca da importância da comunicação interpessoal e identificar todas as formas de comunicação existentes para além da fala
O2. Dominar conhecimentos básicos acerca da comunicação gestual e gráfica
O3. Identificar candidatos a programas de CAA e justificar a pertinência da sua aplicação
O4. Avaliar e identificar as competências e as necessidades comunicativas da pessoa com necessidade de CAA e delinear intervenção ajustada, com aplicação de estratégias específicas
O5. Perceber a necessidade de atender às características culturais e ambientais para melhor adequação do processo de intervenção
O6. Planificar atividades que considerem as necessidades especiais da pessoa com alterações de comunicação
O7. Identificar competências para o desenvolvimento de um trabalho em equipa (com a família) no âmbito da CAA, com conhecimento do papel dos vários intervenientes
O8. Dominar conhecimentos de avaliação e intervenção relativos ao uso de produtos de apoio para a comunicação
Conteúdos Programáticos:
CP 1. Comunicação Interpessoal
1.1. Reportório Individual
1.2. Barreiras e Atitudes Facilitadoras
1.3. Comunicação: Oral e Não Oral/Verbal e Não Verbal
CP 2. Comunicação Aumentativa e Alternativa (CAA)
2.1. Formas
2.2. Candidatos
2.3. Objetivos
2.4. Sistema Aumentativo e Alternativo de Comunicação
2.5. Tipos de SAAC: sistemas com ajuda, sem ajuda e mistos
2.6. Vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de sistemas de comunicação
CP 3. Processo de avaliação/intervenção em CAA
3.1.Candidatos/Contextos/Interlocutores
3.2. Atividades e Participação
3.3. Funções, formas e conteúdos
3.4. Seleção de vocabulário, organização e ampliação
3.5. Instrumentos e estratégias de intervenção
3.6. Produtos de apoio para a comunicação
3.7. Trabalho em Equipa
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
O Conteúdo Programático 1 está associado ao objetivo 1, 4, 5
O Conteúdo Programático 2 está associado ao objetivo 2, 3, 4
O Conteúdo Programático 3 está associado ao objetivo 4, 5, 6, 7, 8
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
a) Expositivo;
b) Colaborativo;
c) Elaboração de trabalhos;
d) Discussão em pequeno e grande grupo;
e) Aprendizagem auto-dirigida
A nota minima de aprovação para todos os instrumentos de avaliação: 9,5 valores.
Avaliação distribuída:
- teste escrito com nota minima de 9,5 valores por grupo de questões, com ponderação de 60%.
- Trabalhos (com nota minima de 9,5 em cada) com ponderação de 40% (sendo que o trabalho de grupo pondera 60% e o trabalho individual 40%): 1 de grupo (ponderação de 70% para a parte escrita e 30% para a apresentação oral), 1 individual
Nota final da unidade curricular: (teste escrito)*0,6+[(70%+30% trabalho de grupo)*0,6+(trabalho individual) 0,4*]*0,4
Avaliação nas Épocas Nomal, de Recurso e Especial:
- Prova com components teórica e prática (100%)
- Para melhoria de nota deve ser realizada uma prova prática (100%)
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
O objetivo 1 – método a), b), c), e) – Avaliação: Teste escrito, trabalho grupo e trabalho individual O objetivo 2 – método b), c), d), e) – Avaliação: Teste escrito, trabalho grupo e trabalho individual O objetivo 3 – método b), c), d), e), f) – Avaliação: Trabalho grupo e trabalho individual? O objetivo 4 – método c), d), e), f) – Avaliação: Teste escrito, trabalho grupo e trabalho individual O objetivo 5 – método c), d), e) – Avaliação: Teste escrito, trabalho grupo O objetivo 6 – método a), b), c), e), f) – Avaliação: Teste escrito? O objetivo 7 – método a), c), d), e), f) – Avaliação: Teste escrito, trabalho grupo e trabalho individual O objetivo 8 – método a), c), d), e), f) – Avaliação: Teste escrito, trabalho grupo e trabalho individual
Bibliografia:
Martinsen, H.; von Tetzchener, S. (2000) Introdução à Comunicação Aumentativa e Alternativa. Porto Editora: colecção Educação Especial nº 10
Soto G., Zangari C. (2009). Practically speaking: Language, literacy, & academic development for students with AAC needs. Baltimore: Paul H. Brookes Publishing Co.
Alant, E. & Lloyd, L. (ed.) (2009). Augmentative and alternative communication and severe disabilities : beyond poverty. London ; Philadelphia : Whurr Publishers.
Beukelman, D. & Mirenda, P. (ed) (2005). Augmentative and alternative communication : supporting children and adults with complex communication needs. Baltimore ; London ; Sydney : Paul H. Brookes Publishing Co.
Schlosser, R. W. (203). The efficacy of augmentative and alternative communication : toward evidence-based practice. San Diego : Academic Press.
Docente (* Responsável):
Fátima Maia (fmaia@ufp.edu.pt)
Vânia Peixoto (vpeixoto@ufp.edu.pt)