Unidade Curricular:Código:
Bioquímica Fisiológica1023BIFI
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaTerapêutica da Fala4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
A disciplina de Bioquímica Fisiológica visa o estudo dos principais processos metabólicos, assim como o relacionamento dos vários órgãos envolvidos na manutenção do equilíbrio metabólico do nosso organismo. É importante que os alunos assimilem os aspetos fundamentais da Bioquímica e, uma vez adquiridas essas bases, aprofundem os domínios particulares do metabolismo das principais biomoléculas e da bioquímica/fisiologia do sistema endócrino. Simultaneamente, pretende-se introduzir algumas situações clínicas relacionadas com as várias vias metabólicas estudadas.
Conteúdos Programáticos:
1. Metabolismo 1.1. Metabolismo dos Hidratos de Carbono I; 1.2. Metabolismo dos Hidratos de Carbono II; 1.3. Metabolismo Lipídico I; 1.4. Metabolismo Lipídico II; 1.5. Metabolismo dos Aminoácidos I; 1.6. Metabolismo dos Aminoácidos II; 1.7. Interrelações Metabólicas
2. Digestão e absorção gastrointestinal
3. Sistema endócrino 3.1. Mensageiros químicos intercelulares; 3.2. Hormonas; 3.3. Hipófise e hipotálamo; 3.4. Tiróide; 3.5. Glândulas supra-renais; 3.6. Hormonas pancreáticas
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos que integram a unidade curricular vão de encontro às necessidades que são estabelecidas nos objetivos, pois fornece aos alunos os ensinamentos necessários (conceitos, técnicas, metodologias) para que sejam capazes de atingir os objetivos enunciados anteriormente.
Toda a informação fornecida tem como objetivo sensibilizar os alunos para a importância de: Metabolismo das principais biomoléculas; Digestão e absorção gastrointestinal; Sistema endócrino.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As metodologias a utilizar são os métodos expositivo, dedutivo e indutivo. É utilizada também a metodologia por simulação pedagógica, isto é, o processo de ensino/aprendizagem é realizado em condições próximas da realidade laboratorial. Os alunos resolverão casos práticos, semelhantes às situações que irão ter na sua vida profissional, os quais permitirão, recorrendo a diversas técnicas analíticas, desenvolver o seu espírito crítico.
Contínua: 1 teste teórico, 1 mini-teste, 1 trabalho de pesquisa, trabalho prático e execução laboratorial.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Os objetivos da unidade curricular são alcançados pela utilização da metodologia referida uma vez que a componente expositiva confere uma orientação na sistematização do estudo e a exercitação prática promove a aplicação prática dos conceitos e das teorias estudadas no âmbito da unidade curricular. Para além disso, a utilização de um conjunto de materiais de estudo criado propositadamente, assim como as sessões de apoio para esclarecimento de dúvidas e as atividades de avaliação de conhecimentos, permitem um elevado nível de ajustamento entre as metodologias utilizadas e os objetivos da unidade curricular. A adoção das metodologias preconizadas permitirá aos alunos: adquirir conhecimentos; descobrir métodos de trabalho a utilizar; assumir comportamentos profissionais; detetar a importância da atividade desenvolvida no contexto laboratorial; aplicar os conhecimentos em situações novas; suscitar uma discussão permanente nas aulas.
Bibliografia:
[1] Devlin T.M., 2006, “Textbook of Biochemistry with clinical correlations”, 6ª. Edição, Wiley-Liss.
[2] Lehninger A.L. et al., 2008, “Principles of Biochemistry”, 5ª edição, W.H. Freeman and Company, N.Y..
[3] Widmaier E. P. et al, 2006, “Vander`s Human Physiology. The mechanisms of Body Function ”, 10ª. edição, McGraw-Hill Science.
[4] Horton et al, 2006, Principles of Biochemistry, 4ª edição, Pearson Education.
[5] Cardoso et al, 2014, “Trabalhos Laboratoriais de Bioquímica”, 3ª Edição, Edições Fernando Pessoa.
Docente (* Responsável):
Carla Moutinho (carlamo@ufp.edu.pt)