Unidade Curricular:Código:
Fisiatria e Oclusão Dentária841FODT
Ano:Nível:Curso:Créditos:
4Ciclo IntegradoMedicina Dentária5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
As principais competências a atingir com a disciplina são:
- Reconhecimento dos diferentes tipos de dores orofaciais, tendo especial atenção às características clínicas associadas às dores orofaciais crónicas
- Reconhecimento dos sinais e sintomas característicos das diferentes Disfunções temporomandibulares (DTMs), diagnósticos diferenciais e técnicas a utilizar no seu tratamento;
- Reconhecimento de distúrbios do sono com impacto no sistema estomatognático, em especial o bruxismo do sono;
- Utilização laboratorial e clínica de um articulador semi-ajustável e obtenção de esquema oclusal terapêutico.
- Realização de uma avaliação clínica (história, exame clínico e exames auxiliares de diagnóstico) com vista ao diagnóstico clínico de DTMs;
- Implementação dos protocolos terapêuticos nas DTMs mais frequentes.
Conteúdos Programáticos:
Teóricas
Mecanismos de dor orofacial
Diferentes tipos de dor orofacial e diagnóstico diferencial
Etiologia e epidemiologia geral das DTMs
DTMs articulares- características clínicas e fisiopatologia
DTMs musculares- características clínicas e fisiopatologia
Outras DTMs: hipomobilidade crónica mandibular e disfunções de crescimento
Distúrbios do sono: bruxismo e apneia do sono
Exames auxiliares de diagnóstico nas DTMs
Tratamento das DTMs- diferentes técnicas terapêuticas utilizadas e suas indicações
Práticas-laboratoriais
Montagem de modelos em articulador semi-ajustável (PIM e RC) e técnicas de individualização deste
Estudo oclusal no articulador
Técnica de desgaste selectivos no articulador
História e exame clínico em oclusão
Exames auxiliares de diagnóstico
Diagnóstico de DTMs
Protocolos terapêuticos nas DTMs
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
As aulas teóricas serão leccionadas com vista aos alunos terem a noção dos mecanismos neurofisiológicos subjacentes às diferentes dores orofaciais, com especial relevo para as dores orofaciais crónicas. Obtenção de conhecimentos no âmbito da etiologia e fisiopatologia das DTMs, bem como, do diagnóstico (clínico e meios auxiliares de diagnóstico) e das diferentes modalidades terapêuticas utilizadas. Diagnóstico dos distúrbios do sono com repercussões na cavidade oral.
As aulas práticas laboratoriais serão ministradas de modo a que a preparação para a componente clínica seja máxima, permitindo aos alunos utilizarem técnicas essenciais à elaboração de diagnósticos e de planos de tratamento, no âmbito da reabilitação oclusal e tratamento das DTMs.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Ensino teórico (T) complementado por prática laboratorial (PL) Este ensino será apoiado por ensino tutorial (OT) de acompanhamento aos conhecimentos adquiridos em ambas as componentes e por outras actividades (O) entre elas de investigação.
Nesta unidade curricular a avaliação teórica e PL1 de suporte à PL tem uma ponderação de 80% na nota finale é avaliada por um teste escrito. A avaliação prática laboratorial de 20% da nota final e é avaliada por um sistema de avaliação continua. A classificação mínima de aprovação em cada uma destas componentes é de 10 valores.
Sistema de créditos- Unidade Curricular com 5 créditos:
Teórica e PL1- 3 ECTS
Prática Laboratorial- 2 ECTS
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As aulas teóricas com carácter expositivo e complementadas por bibliografia adequada, têm como objectivos que o aluno adquira os conhecimentos básicos para o diagnóstico dos diferentes tipos de dor orofacial. Compreenda a etiologia, reconheça os sinais e sintomas característicos das diferentes DTMs e saiba as indicações para os diferentes exames auxiliares de diagnóstico e abordagens terapêuticas das DTMs. As aulas práticas laboratoriais com carácter demonstrativo, seguida pela realização pré-clínica dos diferentes trabalhos pelos alunos, têm como objectivo que o aluno seja capaz de realizar uma montagem e programação de um articulador semi-ajustável, analisar os parâmetros oclusais em modelos e realizar técnica de desgastes selectivos. Pretendem que o aluno em ambiente pré-clínico seja capaz de realizar uma história e exame clínicos para diagnóstico de DTMs, domine os principais meios auxiliares de diagnóstico e aplique os protocolos terapêuticos para as DTMs mais frequentes.
Bibliografia:
Okeson JP. Management of temporomandibular disorders and occlusion. 7th Edition, Mosby-Elsevier, 2012.
Okeson JP. Bell’s orofacial Pains-The Clinical Management of Orofacial Pain. 7th Ed, Quintessence Books, 2014.
Dawson PE. Funcional Occlusion- From TMJ to Smile Design, Mosby-Elsevier, 2007.
Docente (* Responsável):
Cláudia Barbosa (cbarbosa@ufp.edu.pt)
Joana Sardinha (jsardinha@ufp.edu.pt)
Tânia Maia Soares (tsoares@ufp.edu.pt)