Unidade Curricular:Código:
Diagnóstico e Planeamento II841DIP2
Ano:Nível:Curso:Créditos:
5Ciclo IntegradoMedicina Dentária4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
Princípios fundamentais na recolha das informações clínicas. Noções sobre a elaboração do diagnóstico. Considerações acerca de como tomar decisões sobre o tratamento. Organização do plano de tratamento. Apresentação de exemplos de casos clínicos de diagnóstico e planeamento.
Considerações gerais sobre os objectivos do diagnóstico e planeamento.
Conteúdos Programáticos:
- O planeamento do tratamento em pacientes com necessidade especiais
- Diagnóstico diferencial de dor orofacial (na perspectiva da endodontica, periodontica, cirúrgica, osteoarticular, miologica e neurológica)
- Apresentação de exemplos de casos clínicos de diagnóstico e planeamento
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
No âmbito do curso de Medicina Dentária, o ensino da disciplina de diagnóstico e planeamento visa sobretudo o atendimento e a selecção de pacientes na consulta de triagem a fim de possibilitar aos alunos, com carácter individual, elaborarem o diagnóstico, plano de tratamento e acompanhamento de cada paciente nos tratamentos a efectuar. A disciplina visa ainda o conhecimento, prática de métodos e técnicas alternativas de tratamento integrando nas diferentes áreas da Medicina Dentária, que possibilitam a reabilitação oral, total, de um paciente, na perspectiva da actual Medicina Dentária. Tem ainda como propósito, a análise dos casos clínicos de cada paciente e a orientação na elaboração e na apresentação científica de um caso clínico real analisado na prática clínica.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A avaliação desta unidade curricular será efectuada de acordo com o Regulamento Pedagógico em vigor.
A avaliação final será contabilizada pela avaliação teórica (30%) e avaliação prática clínica (70%)
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A avaliação da componente teórica (30%) inclui a avaliação contínua, nomeadamente a assiduidade, pontualidade, participação e desempenho na discussão dos casos clínicos das aulas teóricas e a realização de uma prova teórica escrita (30%). A prova teórica terá a duração prevista, máxima, de 60 minutos. A avaliação da componente prática clínica (70%) inclui a avaliação clínica contínua, semanal, dos alunos (25%) e a avaliação qualitativa/quantitativa dos formulários dos casos clínicos registados pelos alunos (5%) e a elaboração e apresentação em “power point” de um caso clínico analisado pelo aluno na disciplina clínica de diagnóstico e planeamento (40%). Os alunos que na avaliação da componente teórica da disciplina tiverem obtido uma classificação inferior a 10 valores, poderão apresentar-se aos exames de recurso, em época para o efeito fixada no cronograma, desde que tenham cumprido as percentagens de frequência obrigatória conforme o Regulamento Pedagógico em vigor.
Bibliografia:
1. MELLOR A, SHEARER A. Treatment Planning in Primary Dental care. Oxford University Press, 1ª ed, 2003.
2. EPTEIN, OWEN, PERHIN GD, COOHSON J. Exame clínico. Elsevier, 3ª Ed, Rio de Janeiro, 2004.
3. WELBSY PD. História e exame clínico. Churchill Livingstone, Euromédica, Edições Médicas, 1998.
4. ROBLEE, R. Interdisciplinary Dentofacial Therapy. Quintessence.1994
5. STEFANAC J, NESBIT S, Treatment Planning in Dentistry, 2ª ed, 2006
6. Artigos Científicos, actuais credíveis, pesquisados pelos alunos, sob orientação dos docentes da disciplina.
Docente (* Responsável):
Ana Nóbrega (nobrega@ufp.edu.pt)
Cláudia Barbosa (cbarbosa@ufp.edu.pt)
Duarte Guimarães (duarteg@ufp.edu.pt)
Helder Oliveira (helderol@ufp.edu.pt)
Joana Sardinha (jsardinha@ufp.edu.pt)
João Gião (jgiao@ufp.edu.pt)
Tânia Maia Soares (tsoares@ufp.edu.pt)