Unidade Curricular:Código:
Sociologia do Envelhecimento1006SENV
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1CTSPGerontologia e Intervenção Comunitária3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
A unidade curricular visa criar condições para:
- Adquirir o património conceptual e técnico de Sociologia do Envelhecimento e compreender as suas relações com as políticas públicas que se apliquem directamente a grupos seniores.
- Equacionar diferentes cenários de ajustamento entre evolução demográfica e organização societária por relação aos fundamentos do Estado Social: na saúde, na educação e na segurança social.
- Conhecer as orientações nacionais e supranacionais em matéria de políticas de envelhecimento activo e retratar exemplos em escala macro e em escala micro.
Conteúdos Programáticos:
I. Pressupostos da Sociologia do Envelhecimento.
1. Enquadramento curricular e objectivos.
2. Fontes e procedimentos metodológicos.
II. Envelhecimento demográfico e organização social.
1. Causas e consequências do envelhecimento demográfico.
2. Estado da população educação, saúde e segurança social.
3. Envelhecimento demográfico e políticas económicas.
III. Envelhecimento demográfico e reorganização societária.
1. As mudanças demográficas e o Estado Social: modelos e propostas.
2. O caso português.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A Sociologia do Envelhecimento, enquanto ramo de conhecimento específico, mercê do envelhecimento demográfico e das suas consequências transversais a toda a sociedade, tem vindo a adquirir uma notoriedade e prevalência cada vez maiores.
A Sociologia do Envelhecimento, será porventura aquele ramo da sociologia em que a interacção entre o plano macro e micro se revela mais incisiva.
Outrossim o envelhecimento tem sido objecto de estudo e definições políticas nas mais variadas instâncias que podem ser identificadas desde a Nações Unidas até às Freguesias, esta transversalidade de problemas problematizações e soluções influência a vida e a qualidade de vida e vice versa as condições e dinâmicas das populações inspiram as políticas e a ordem social, o que está espelhado quer nos conteúdos quer nos objectivos da disciplina.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As metodologias de ensino a utilizar serão as seguintes:
Exposição da matéria pelo professor
Estudos de caso
Trabalhos individuais em aula e extra-aula
Avaliação
10% continuous
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A metodologia ensino aprendizagem adoptada pela disciplina, prende introduzir as principais temáticas relativas à ao envelhecimento da população, estado social, as diferentes orientações políticas e modelos de organização socioeconómica que lhe estão associadas ao mesmo tempo que se enquadram essas temáticas na vida e dia a dia das populações idosas, nesse sentido estas serão objecto de um abordagem e problematização teórica. Ao mesmo tempo pretende-se que os alunos reflictam sobre a sua aplicabilidade, enquanto futuros profissionais da área. Em coerência os métodos de avaliação privilegiam a dimensão prática e participativa (avaliação contínua, trabalhos individuais) e a capacidade de enquadrar e questionar as dimensões relativas ao fenómeno em análise (teste escrito).
Bibliografia:
Notas de leitura fornecidas pelo docente.
EPINAY, C. Lalive d’, «Les représentations de la vieillesse dans les récits autobiographiques de personnes âgées». Bibliothèque on line da Universidade de Laval, 2004. (http://www.bibl.ulaval.ca/doelec/pul/dumont/fdchap20.html)
EPINAY, C. Lalive, Vieillir ou la vie à inventer, Paris, L’Harmattan, 1991.
LOPES, A. (2011) Ageing and social class: towards a dynamic approach to class inequalities in old age in: Age Discrimination and Diversity. Multiple Discrimination from an Age Perspective, Cambridge: University Press
PAIS, J. M. (2006) Nos rastos da solidão. Deambulações sociológicas, Porto: Ambar
Docente (* Responsável):
Álvaro Campelo (campelo@ufp.edu.pt)