Unidade Curricular:Código:
Fundamentos sobre Patologia da Pessoa Idosa1006FPPI
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1CTSPGerontologia e Intervenção Comunitária3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
Conhecer diversos tipos de patologia, especialmente os mais frequentes ou os mais graves.
Prevenir as doenças mais comuns nos idosos.
Definir e conhecer a evolução histórica da geriatria e da assistência geriátrica.
Distinguir as alterações fisiológicas do envelhecimento da patologia do idoso
Ajudar a pessoa/família/cuidador a vivenciar processos de vida em gerontologia, de modo a potenciar a saúde, a qualidade de vida e o bem-estar do cidadão idoso.
Conteúdos Programáticos:
1. Normas orientadoras para o acesso aos cuidados.
1.1. Análise da história clínica
1.1.1. Patologia médica
1.1.2. Patologia cirúrgica
1.1.3. Especialidades
1.2. Dados do exame objectivo

II. Tutorização das terapêuticas
2.1. Conciliação entre medicações
2.2. Registo de efeitos indesejados
III. Integração de cuidados
3.1. Equipas multidisciplinares
3.2. Articulação entre as instituições
IV. Prognóstico
4.1. Imediato
4.2. À distância
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
O aluno deve conhecer a demografia, as características gerais do envelhecimento e as repercussões fisiológicas, psicológicas, sociológicas do processo de envelhecimento. Os conteúdos programáticos foram elaborados para capacitar os alunos para planear e executar cuidados de enfermagem à pessoa idosa de acordo com as suas crenças e valores e maximizando a sua autonomia e independência.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Conforme as temáticas, as aulas serão lecionadas por enfermeiros e por médicos, de forma a proporcionar aos alunos conhecimentos mais abrangentes sobre os aspetos médicos do processo de envelhecer.
Serão feito um teste individual escrito (100% da nota final). O aluno será aprovado à disciplina com a classificação mínima de 10 valores.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
É fundamental que exista uma articulação efetiva entre objetivos, conteúdos e metodologia para que o aluno possa obter sucesso na unidade curricular.Com a utilização das diferentes metodologias de ensino pretendemos fornecer aos alunos os conhecimentos básicos da disciplina e ajudar os alunos a procurar por si próprios respostas às questões que vão surgindo sobre as temáticas em estudo, com o apoio constante do professor na ajuda à reflexão. As estratégias a selecionar devem adaptar-se aos diversos estilos de aprendizagem dos estudantes, devendo a sua utilização ser viável em função dos recursos disponíveis. Tendo o estudante como centro do processo e ator privilegiado da sua aprendizagem, propõem-se metodologias ativas que permitam a aquisição dos instrumentos conceptuais e o desenvolvimento das capacidades de curiosidade intelectual, de objetividade, dúvida metódica, análise crítica, tomada de decisões e avaliação.
Bibliografia:
Berger, L. et al. (1995) Pessoas idosas: uma abordagem global. Loures: lusodidacta
Vila Verde Cabral M. (Coordenador) (2013) Processos de envelhecimento em Portugal: usos do tempo, redes sociais e condições de vida, Lisboa, Fundação Francisco Manuel dos Santos
Sequeira, Carlos (2010) Cuidar de idosos com dependência física e mental. Lisboa. Lidel
Docente (* Responsável):
Jorge Marvão (jmarvao@ufp.edu.pt)
Teresa Moreira (tmoreira@ufp.edu.pt)