Unidade Curricular:Código:
Técnicas Orientais de Reabilitação161TOR
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaFisioterapia2 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês26
Objectivos de Aprendizagem:
O objectivo desta disciplina é dotar os alunos de um conhecimento básico que lhes permita penetrar nos paradigmas, linguagem e métodos próprios das técnicas orientais de reabilitação, sensibilizando-os não só para os aspectos conceptuais de tais terapias, mas sobretudo para a sua aplicabilidade prática.
Conteúdos Programáticos:
I – Os princípios básicos da MTC
II – Os princípios básicos da MTC
III – DIFERENCIAÇÃO DE SÍNDROMES E PRINCÍPIOS DE TRATAMENTO
IV – AS FORMAS DE TRATAMENTO
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Unidade Lectiva: a disciplina é composta por várias unidades letivas
Teórico-práticas: As horas letivas são distribuídas de forma equitativa
Descrição: Apresentação dos fenómenos de reabilitação fisica à luz das Medicinas Orientais.
Objectivos: Estas unidades visam introduzir os alunos à informação nuclear da disciplina sobre Técnicas Orientais de Reabilitação.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Regime de Avaliação contínua:
- 2 Frequências escritas, de duração de 1 hora cada, com a ponderação de 45% cada, logo ponderação total de 90%;
- Assiduidade e Participação nas Aulas: ponderação de 10%.
Nota 1: Os alunos deverão ter nota mínima de 8 (oito) valores na 1ª frequência para se submeterem à 2ª Frequência, sendo que também nesta terão que ter nota miníma de 8 (oito) valores, caso contrário passarão imediatamente para exame final.
Regime de Exame Final:
- 1 Exame escrito, com a duração de 2 horas, com a ponderação de 100%.
Nota 2: Os alunos para se submeterem a cada momento de avaliação (avaliação contínua ou exame final), deverão reunir 50% de presenças obrigatórias nas aulas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias propostas estão em coerência com os objectivos de aprendizagem da unidade curricular, na medida em que estabelecem uma articulação estreita e contínua entre a introdução de conceitos teóricos, a apresentação de exemplos práticos e a resolução de problemas e exercícios, bem como a aplicação prática de algumas técnicas.
Bibliografia:
1 - “Fundamentos de Acupunctura y Moxibustion de China”, Edições em Línguas Estrangeiras, Beijing , 1997. (1)
2 - “Huang Di Neijing”, 1ª parte, Mandala Ediciones, Madrid, 1990. (2)
3 - Benski, D. e Barolet, R.: Chinese Herbal Medicine, Formulas and Strategies, Eastland, Seattle, USA, 1993. (3)
4 - Chuangui, Wang: Masaje Práctico en los Canales y Puntos Vitales, Edições em Línguas Estrangeiras, Beijing, 1996. (4)
5 - Fu Wang: Métodos Chinos de Masoterapia, E.L.E., Beijing, 1995. (5)
6 - Huang, Li-Chun: Auriculotherapy-Diagnosis & Treatment, Longevity Press, USA, 1996. (6)
7 - Jingfeng, Cai: La Diétothérapie Chinoise, E.L.E., Beijing, 1996. (7)
8 - Weizhen, Chang: Ejercicios de Transformación de los Tendones en 14 Séries, E.L.E., Beijing, 1992. (10)
9 - Williams, Tom: A Medicina Chinesa, Ed. Estampa, 2015
Docente (* Responsável):
Ana Vasco (avasco@ufp.edu.pt)
António Marcos (amarcos@ufp.edu.pt)