Unidade Curricular:Código:
Métodos e Técnicas de Fisioterapia VI161MTF6
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaFisioterapia6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês78
Objectivos de Aprendizagem:
Pretende-se facultar aos alunos ferramentas teóricas e práticas, com vista a um raciocínio clinico abrangente em áreas específicas da fisioterapia do domínio da ortoprotesia, da reabilitação cardiorrespiratória, génito-urinária e obstétrica.
Assim o aluno, no final, deverá desenvolver competências que lhe permitam ser capaz de identificar e executar as diferentes técnicas de fisioterapia, aplicando-as no mais variados contextos e casos clínicos. Considera-se crucial que o aluno seja capaz de formular para cada caso, um raciocínio clinico adequado à avaliação e tratamento dos pacientes, não perdendo nunca de vista as indicações e contraindicações das técnicas pelas quais tomou opção.
Conteúdos Programáticos:
1. Próteses e ortóteses
1.1. Processo de amputação
1.2. Classificação e detalhe de tipos de interface com o corpo
1.3. Ortóteses
1.4. Plano de tratamento
1.5. Treino de amputados
2. Reabilitação Cardiovascular
2.1 Introdução à reabilitação cardiovascular
2.2. Avaliação, classificação do paciente cardiovascular
2.3. Treino do paciente cardiovascular
2.4. Programas de reabilitação cardiovascular
Componente Prática
1. Fisioterapia génito-urinária e obstétrica
1.1. Anatomia do pavimento pélvico. Epidemiologia da incontinência urinária.
1.2. Avaliação da incontinência urinária
1.3. Tratamento conservador da incontinência urinária
1.4. Fisiologia da gravidez. A preparação para o parto.
2. Fisioterapia Respiratória
2.1 Revisão da Anatomofisiologia e patologia Respiratória
2.2. Avaliação do paciente Respiratório
2.3.Reeducação Manual da Ventilação
2.4. Técnicas de Mobilização Torácica, higiene brônquica, inspiratórias e expiratórias.
2.5.Ortóteses Respiratórias
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos foram definidos em função dos objetivos e competências a serem adquiridos pelos estudantes. Os conteúdos programáticos incluem as principais abordagens multiobjectivo bem como técnicas específicas de avaliação e tratamento específicas que conferem ao aluno ferramentas para avaliação e tratamento nos domínios das próteses e ortóteses, reabilitação cardiovascular, fisioterapia respiratória e fisioterapia génito-urinária.
A demonstração da coerência entre os objetivos da unidade curricular e os conteúdos programáticos dividem-se entre a ação na componente prática (reconhecer, identificar, aplicar, desenvolver, etc.) e o conhecimento e compreensão de conteúdos na componente teórica.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A nota final será calculada tendo em conta 60% da nota final da prática e 40% da nota final da componente teórica-prática.
Teórica-prática: Compreende aulas expositivas e/ou em formato de discussão com a apresentação de estudos de caso. A avaliação compreende uma prova escrita (100%) onde são avaliados terminologia, conceitos teóricos e o raciocínio clínico aplicados nas temáticas lecionadas.
Prática: Compreende aulas demonstrativas e prática repetida das técnicas de avaliação e tratamento em fisioterapia usadas na prática das temáticas Fisioterapia respiratória, genito-urinária e obstetrica. A avaliação consta de uma avaliação teórica escrita e uma avaliação prática (40%+60%).
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino a aplicar nesta UC pautam-se principalmente pela adoção de estratégias de ensino/aprendizagem, centradas no aluno. Estas, visam genericamente estabelecer contextos de aprendizagem baseados no estudo e trabalho individual do aluno assim como na reflexão crítica e trabalho em equipa integrado numa equipa clinica. A demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos da unidade curricular baseia-se na convicção que a sala de aula constitui para o aluno, o seu espaço laboratorial, individual, de experimentação e desenvolvimento das atividades expositivas e práticas que lhe são propostas, para além de canal de comunicação e partilha em contexto clinico e de turma. As competências cognitivas são desenvolvidas através da exposição participativa e da resolução de exercícios na prática. As competências de comunicação são adquiridas através de dinâmicas de grupo e das apresentações orais.
Bibliografia:
1.Heyward, V.H. (2006). Advanced Fitness Assessment and Exercise Prescription. 5th ed. Human Kinetics
2.Margareta, N. (2001) Biomecânica Básica do Sistema musculoesquelético. Edições Gunabara Koogan S.A
3. Lusardi, M. (2000) Orthotics and Prosthetics in rehabilitation. Butterworth-Heinemann
4. Artigos Cientificos
4. Deturk, W. (2007). Fisioterapia Cardiorrespiratória:baseada em evidências. Artmed
5. Couto, A. e Ferreira, J.M.R. (2004). Estudo Funcional Respiratório – Bases Fisiológicas e Aplicação na Prática Clínica. Lidel.
6. Postiaux, G .(2004). Fisioterapia Respiratória Pediátrica. Artmed.
7. Stephenson, R.G. e O'Connor,L.J. (2004) Fisioterapia aplicada à ginecologia e obstetrícia, 2ª ed. Manole, S.Paulo.
8. Moreno, A (2004). Fisioterapia em uroginecologia. Manole.
9. Artigos Cientificos
Docente (* Responsável):
Andrea Ribeiro (andrear@ufp.edu.pt)
Emília Mendes (emiliam@ufp.edu.pt)
Fátima Santos (fatimas@ufp.edu.pt)
Rui Antunes Viana (ruiav@ufp.edu.pt)
Sara Viana (sviana@ufp.edu.pt)
Verónica Abreu (vabreu@ufp.edu.pt)