Unidade Curricular:Código:
Fisioterapia Baseada na Evidência1031FBEV
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1MestradoFisioterapia (Fisioterapia Materno-Infantil)6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Entender o conceito de Fisioterapia baseada na evidência, de melhor evidência disponível e distinguir entre formas de evidência. Dotar os alunos de competências de pesquisa de evidência científica. Promover competências de compreensão e análise crítica da literatura. Fomentar a capacidade de selecção de resultados úteis e aplicáveis, em contexto específico e de adopção de estratégias de implementação e avaliação da implementação da evidência e estimular a capacidade de aprendizagem auto-dirigida e reflexiva, tendo em vista a aprendizagem ao longo da vida.
Após o término da unidade curricular o aluno deverá demonstrar competências de investigação direccionadas para a prática clínica, compreender o papel da prática baseada na evidência na melhoria contínua dos cuidados prestados.
Conteúdos Programáticos:
Unidade Lectiva I: Introdução à prática baseada na evidência
1.1. Fisioterapia baseada na evidência.
1.2. Formas de evidência.
1.3. Hierarquias de evidência.
1.4. Pesquisando a evidência.
Unidade Lectiva II: Elementos da evidência
2.1. Questões, teorias e hipóteses
2.2. Desenho de estudo
2.3. Amostra
2.4. Variáveis e quantificação de variáveis
2.5. Validade da investigação
2.6. Importância estatística e relevância clínica
Unidade Lectiva III: Avaliação sistemática da evidência
3.1. Evidência sobre testes de diagnóstico
3.2. Evidência sobre prognóstico
3.3. Evidência sobre intervenções
3.4. Evidência sobre resultados
3.5. Revisões sistemáticas e guidelines
Unidade Lectiva IV: Implementação da evidência
4.1. Barreiras de implementação
4.2. Estratégias de superação
Unidade Lectiva V: Avaliação da efectividade
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A abordagem teórica e prática dos conteúdos relativos à prática baseada na evidência permitirá a compreensão do de conceito de Fisioterapia baseada na evidência, de melhor evidência disponível, a distinção entre formas de evidência e o ganho de competências de pesquisa de evidência científica. A abordagem dos conteúdos relativos aos elementos de evidência e de avaliação sistemática da evidência dotará os alunos de competências de compreensão e análise crítica da literatura, de selecção de resultados úteis e aplicáveis em contexto específico. A abordagem dos conteúdos de implementação da evidência e avaliação da efectividade dotará os alunos de competências de implementação e avaliação da implementação da evidência.
Todo o processo dotará os alunos das competências necessárias para a investigação clínica e para a compreensão do papel da prática baseada na evidência na melhoria contínua dos cuidados prestados, estimulando e reforçando a aprendizagem reflexiva ao longo da vida.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Os conteúdos selecionados para este componente serão abordados de forma expositiva em aulas teórico-práticas, estimulando a participação ativa dos alunos sempre que possível e recorrendo a exemplos práticos que facilitem a sua compreensão.
Serão proporcionadas aulas de cariz prático onde os alunos aplicarão os conhecimentos sobre pesquisa, identificação de formas de evidência e sua análise crítica relativamente aos diferentes elementos constituintes.
Avaliação:
A avaliação será contínua, em momentos informais de avaliação e um momento formal de avaliação que consiste na entrega de um trabalho escrito, baseado nos princípios abordados ao longo das aulas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A abordagem expositiva e prática dos conteúdos permite a aquisição de conhecimento relativo aos fundamentos dos processos envolvidos na prática baseada na evidência. A metodologia de ensino adotada permite a aquisição de competências práticas e de fundamentação relativas ao conceito de Fisioterapia baseada na evidência, de melhor evidência disponível, da distinção entre formas de evidência, de pesquisa de evidência científica a partir de questões clínicas bem definidas, da sua implementação e avaliação da efetividade. A participação ativa dos estudantes em atividades de cariz prático permitirá a integração do conhecimento, permitindo a formulação de um raciocínio adequado e fundamentado no processo de prática baseada na evidência.
Bibliografia:
Jewel, D.L. & Jewel, D.V.(2008). Guide to Evidence-Based Physical Therapy Practice (2nd ed.). Jones & Bartlett Publishers, Incorporated
Dijkers, M. P., Murphy, S. L. e Krellman, J.(2012). Evidence-Based Practice for Rehabilitation Professionals: Concepts and Controversies. Archives of Physical Medicine and Rehabilitation,93(8, Supplement),S164-S176.
Maher, C. G., Sherrington, C., Elkins, M., Herbert, R. D. e Moseley, A. M.(2004). Challenges for evidence-based physical therapy: accessing and interpreting high-quality evidence on therapy. Physical Therapy,84(7),644-654.
Menon, A., Korner-Bitensky, N., Kastner, M., McKibbon, K. e Straus, S.(2009). Strategies for rehabilitation professionals to move evidence-based knowledge into practice: a systematic review. Journal of Rehabilitation Medicine,41(13),1024-1032.
Scurlock-Evans, L., Upton, P. e Upton, D.(2014). Evidence-Based Practice in physiotherapy: a systematic review of barriers, enablers and interventions. Physiotherapy,100(3),208-219
Docente (* Responsável):
Adérito Seixas (aderito@ufp.edu.pt)