Unidade Curricular:Código:
Equilíbrio e Controlo Postural1032ECOP
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1MestradoFisioterapia (Fisioterapia da Senescência)6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Os alunos deverão demonstrar conhecimentos que lhes permitam realizar o estudo detalhado do equilíbrio e suas alterações na senescência.
Aplicar os conhecimentos adquiridos em novos contextos e situações no âmbito da prática clinica, integrando esses conhecimentos de modo a lidar com questões complexas.
Saber integrar os conhecimentos e aplicar esses conhecimentos na prática clínica e de investigação de forma auto-orientada e autónoma.
Conteúdos Programáticos:
1. Introdução ao Equilíbrio
2. Componentes do equilíbrio
3. Fatores que contribuem para a estabilidade
4. Seleção de estratégias de movimento
5. Cinética angular
6. Mecanismos sensoriais relacionados com o controlo postural
7. Avaliação do equilíbrio
8. Guidelines para o treino de equilíbrio
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos foram definidos em função dos objetivos e competências a serem adquiridos pelos estudantes. Os conteúdos programáticos incluem as principais abordagens multiobjectivo bem como técnicas específicas de avaliação e tratamento que conferem ao aluno ferramentas para avaliação e tratamento no domínio da biomecânica, equilibrio e controlo postural, assim como o equilibrio e controlo postural especifico na população idosa.
A demonstração da coerência entre os objetivos da unidade curricular e os conteúdos programáticos dividem-se entre a ação na componente prática (reconhecer, identificar, aplicar, desenvolver, etc.) e o conhecimento e compreensão de conteúdos na componente teórica
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
O aluno deverá ser capaz de integrar e relacionar os conceitos aprendidos e aplicando-os em diferentes situações práticas. O aluno deverá ser ainda capaz de aprofundar por meio de exposição teórica e prática os conhecimentos adquiridos. Deverá igualmente reconhecer, selecionar e integrar os conceitos adquiridos na prática clínica e de investigação de forma auto-orientada e autónoma.
Sistema de avaliação:A avaliação será contínua e periódica.
Para a avaliação contínua contribuirão parâmetros como a assiduidade, o interesse e a forma de participação demonstrados na unidade curricular e a resolução de trabalhos de análise e de pesquisa.
A avaliação periódica será composta por um momento de avaliação teórica escrita e apresentação de um trabalho. O momento de avaliação periódica será marcado pela coordenação da pós-graduação. A falta ou a desistência a qualquer uma das avaliações implica a classificação de zero valores nessa prova.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino a aplicar nesta UC pautam-se principalmente pela adoção de estratégias de ensino/aprendizagem, centradas no aluno. Estas, visam genericamente estabelecer contextos de aprendizagem baseados no estudo e trabalho individual do aluno assim como na reflexão crítica e trabalho em equipa integrado numa equipa clinica. A demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos da unidade curricular baseia-se na convicção que a sala de aula constitui para o aluno, o seu espaço laboratorial, individual, de experimentação e desenvolvimento das atividades expositivas e práticas que lhe são propostas, para além de canal de comunicação e partilha em contexto clinico e de turma. As competências cognitivas são desenvolvidas através da exposição participativa e da resolução de exercícios na prática. As competências de comunicação são adquiridas através de dinâmicas de grupo e das apresentações orais
Bibliografia:
1. Herman, Susan (2002). Reabilitação vestibular. Baruaeri: Manole.
2. Shepard, Neil (1996). Pratical management of the balance disorder patient. San Diedo, Thomson Learning. Roger Bartlett (2007).
3. Brinckmann, Paul, Frobin, Wolfgang; Leivseth, Gunnar (2002). Musculoeskeletal biomechanics.Thieme.
4. Artigos Cientificos
Docente (* Responsável):
Adérito Seixas (aderito@ufp.edu.pt)
André Magalhães (andrem@ufp.edu.pt)
Andrea Ribeiro (andrear@ufp.edu.pt)
José Lumini de Oliveira (joselo@ufp.edu.pt)