Unidade Curricular:Código:
Profilaxia e Epidemiologia1019PEPI
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaAnálises Clínicas e Saúde Pública4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
A Profilaxia e Epidemiologia projeta-se na aprendizagem e na prática das especialidades clínicas e da saúde pública, para as quais funciona como ciência fundamental. São objetivos do seu ensino criar o interesse por entender porque é que as doenças ocorrem e, quando surgem, porque o fazem sob formas tão variadas, isto é, deixar presente o espírito das interrogações básicas dos estudos epidemiológicos.
Pretende-se essencialmente que os alunos adquiram conhecimentos e competências base aplicáveis na caracterização do estado de saúde de uma população, na identificação da etiologia dos problemas de saúde e na elaboração de estratégias de saúde pública.
Conteúdos Programáticos:
Importância e história da Epidemiologia. Medir Saúde e Doença. Inferência causal: modelos e critérios de causalidade. Epidemiologia clínica. Tipologia da investigação epidemiológica. Desenho de estudos epidemiológicos.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A Epidemiologia é um instrumento auxiliar da investigação científica em saúde. São utilizadas ferramentas de descrição do estado de saúde e doença de uma população e também medidas de associação, para analisar a relação com a exposição a determinados fatores. Também são abordados os diferentes níveis de prevenção e os tipos de estudos epidemiológicos, assim como a importância da epidemiologia na prática clínica e na saúde pública.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Exposição e explicação oral dos conteúdos programáticos, com o apoio de meios audiovisuais.
Apelo a uma participação ativa por parte dos alunos, através de uma metodologia interrogativa.
Resolução de exercícios.
A percentagem mínima de frequência das aulas teóricas e práticas desta unidade curricular é de 50%, de acordo com o Regulamento Pedagógico em vigor na UFP.
A avaliação é periódica com dois testes, um teórico (65%) e um prático (35%).
As datas das provas de avaliação serão marcadas no início do semestre.
A falta de comparência a uma prova de avaliação implica a classificação de zero para efeitos de cálculo da classificação final e a não atribuição dos ECTS da unidade curricular.
Os alunos que em avaliação contínua apresentem classificação final inferior a 10 valores são considerados não aprovados e têm direito a realizar um exame de fim de semestre e um exame de recurso, de toda a matéria da unidade curricular, em data a estipular pela UFP.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino-aprendizagem desta unidade curricular foram programadas de forma a potenciar os conceitos apreendidos. Deste modo, numa fase inicial, a exposição e explicação oral possibilitam a abordagem e compreensão dos conteúdos programáticos. As aulas privilegiam os métodos ativos e participativos, com vista a manter a atenção dos alunos e a desenvolver a sua capacidade crítica. A resolução de exercícios conduz a uma maior motivação dos alunos na aplicação e consolidação dos conhecimentos adquiridos. O apelo ao sentido crítico dos alunos na análise dos resultados potencia a sua capacidade de interligar os conhecimentos e interpretar adequadamente os resultados obtidos.
Bibliografia:
[1] Greenberg, RS (2015) Medical Epidemiology – Population Health and Effective Health Care, 5th ed., Lange Basic Science – McGraw-Hill Education. [Greenberg, RS; Daniels, SR; Flanders, WD; Eley, JW; Boring, JR (2004) Epidemiologia Clínica, 3ª ed., Artmed.]
[2] Gordis, L (2014) Epidemiology, 5th ed., Elsevier Saunders. [Gordis, L (2017) Epidemiologia, 5ª ed., Thieme Revinter.]
[3] Friedman, GD (2004) Primer of Epidemiology, 5th ed., McGraw-Hill.
[4] Beaglehole, R; Bonita, R; Kjellström, T (2006) Basic Epidemiology, 2nd ed., WHO. [Beaglehole, R; Bonita, R; Kjellström, T (2003) Epidemiologia Básica, 2ª ed., Santos.]
[5] Hernández-Aguado, I; Gil, MA; Delgado-Rodriguez, M; Bolumar-Montrull, F (2011) Manual de Epidemiología y Salud Pública para grados en Ciencias de la Salud, 2ª ed., Editorial Médica Panamericana.
Docente (* Responsável):
Catarina Lemos (clemos@ufp.edu.pt)