Unidade Curricular:Código:
Química Orgânica844QORG
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2Ciclo IntegradoCiências Farmacêuticas5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
O objectivo da disciplina é o de assegurar aos alunos uma boa preparação em Química Orgânica que lhes permita abordar, com desenvoltura, conteúdos de disciplinas com esta relacionadas, procurando sempre desenvolver nos alunos, o espírito crítico e de análise de problemas. A componente prático-laboratorial destina-se a introduzir os alunos à síntese orgânica.
Conteúdos Programáticos:
Introdução à Química Orgânica
Compostos de carbono representativos
Regras básicas de nomenclatura de química orgânica. Estereoquímica orgânica. Introdução às reacções orgânicas. Reacções iónicas: substituição nucleofílica e reacções de eliminação de halogenetos de alquilo.
Reacções alcanos, alcenos e alcinos.
Reacções compostos aromáticos
Reacções aldeídos e cetonas. Reacções ácidos carboxílicos e derivados.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos que integram a unidade curricular vão de encontro às necessidades que são estabelecidas nos objetivos, pois fornece aos alunos os ensinamentos necessários (conceitos, técnicas, metodologias) para que sejam capazes de atingir os objetivos enunciados anteriormente.
Toda a informação fornecida tem como objetivo sensibilizar os alunos para a importância de: Compostos de carbono representativos; Reacções orgânicas e seus mecanismos; Regras básicas de nomenclatura de química orgânica. Alcanos e cicloalcanos; Alcenos e alcinos; Compostos aromáticos; Aldeídos e cetonas.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As metodologias a utilizar são os métodos expositivo, dedutivo e indutivo. É utilizada também a metodologia por simulação pedagógica, isto é, o processo de ensino/aprendizagem é realizado em condições próximas da realidade laboratorial. Os alunos resolverão casos práticos, semelhantes às situações que irão ter na sua vida profissional, os quais permitirão, recorrendo a diversas técnicas analíticas, desenvolver o seu espírito crítico.
A avaliação da unidade curricular integra, além de uma avaliação contínua, o desempenho do aluno no laboratório.
T: 2 testes (50% e 50%). PL: desempenho (15%), Mini-fichas (25%), 2 testes (60%). Final: 80%T + 20%PL
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Os objetivos da unidade curricular são alcançados pela utilização da metodologia referida uma vez que a componente expositiva confere uma orientação na sistematização do estudo e a exercitação prática promove a aplicação prática dos conceitos e das teorias estudadas no âmbito da unidade curricular. Para além disso, a utilização de um conjunto de materiais de estudo criado propositadamente, assim como as sessões de apoio para esclarecimento de dúvidas e as atividades de avaliação de conhecimentos, permitem um elevado nível de ajustamento entre as metodologias utilizadas e os objetivos da unidade curricular. A adoção das metodologias preconizadas permitirá aos alunos: adquirir conhecimentos; descobrir métodos de trabalho a utilizar; assumir comportamentos profissionais; detetar a importância da atividade desenvolvida no contexto laboratorial; aplicar os conhecimentos em situações novas; suscitar uma discussão permanente nas aulas.
Bibliografia:
1- Solomons, T., “Organic Chemistry”, 11th edition, John Wiley and Sons, 2013
2- Bruice, P. Y., “Organic Chemistry”, 4th ed., International Edition, 2004
3- Clayden, J., Greeves, N., Worren, S., Wothers, P., “Organic Chemistry”, Oxford University Press, 2005
4- Campos l., Mourato M., “Nomenclatura dos Compostos Orgânicos”, Escolar Editora, 1999
5- Carey, F., “Organic Chemistry”, 4th edition, McGraw-Hill, 2000
6- J. Zubrick, “The Organic Chem Lab Survival Manual”, 6th ed, 2003
Docente (* Responsável):
Sérgio Barreira (barreira@ufp.edu.pt)