Unidade Curricular:Código:
Parasitologia e Micologia844PARM
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3Ciclo IntegradoCiências Farmacêuticas5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
O objectivo da presente unidade curricular é fazer com que os alunos adquiram competências que lhes permitam reconhecer aspectos gerais das doenças infecciosas de origem parasitária e fúngica, o seu modo de disseminação, diagnóstico, controlo, profilaxia e tratamento. O aluno deverá ainda ser capaz de recolher e manipular as amostras clínicas e executar corretamente o diagnóstico laboratorial das infeções.
Conteúdos Programáticos:
Aulas teóricas
Estudo das características patogénicas, epidemiológicas, morfológicas, fisiológicas, metabólicas e de virulência dos vários fungos e parasitas com relevância clínica para o Homem.
Aulas práticas
Manipulação de produtos biológicos. Identificação de leveduras, fungos filamentosos e parasitas com interesse clínico.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os alunos deverão ser capazes de reconhecer os sinais e sintomas das doenças, a sua forma de disseminação e epidemiologia, dado terem de ser capazes de intervir a nível da Saúde Pública no sentido da educação para a saúde e a nível da profissão farmacêutica, nomeadamente a nível da informação e dispensa de medicamentos. Nesse sentido o estudo das diferentes micoses e parasitoses com relevância clínica para o Homem, como focado nos conteúdos programáticos, prepara o aluno para este desafio profissional. Além disso, o farmacêutico, como analista clínico, deve saber recolher e manipular as amostras clínicas corretamente, de acordo com a suspeita clínica, realizar corretamente o diagnóstico e interpretar os resultados. São esses conhecimentos técnicos e científicos que são transmitidos aos alunos na parte prática da disciplina.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Avaliação contínua. A avaliação da disciplina segue o determinado na Normativa Académica de Funcionamento das Licenciaturas e Mestrados Integrados da UFP.
Forma de execução pedagógica: Exposição e debate dos conceitos teóricos relevantes em sala de aula, orientação do estudo autónomo dos alunos por consulta da bibliografia recomendada. Brainstorming sobre questões pertinentes relacionadas com a matéria exposta em sala de aula. Relativamente à componente laboratorial a aprendizagem resulta da execução laboratorial dos trabalhos que reforçam a aprendizagem teórica.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As aulas teóricas são de natureza essencialmente expositiva, com apresentação e discussão de casos clínicos e situações reais. Será sempre fomentado o espírito crítico e o estudo autónomo. Para as aulas teóricas usar-se-á a apresentação de diapositivos, sendo fornecida ao aluno a bibliografia nuclear para suporte ao estudo. Nas aulas práticas o aluno aprenderá as metodologias e técnicas mais atuais para diagnóstico laboratorial das infeções de origem fúngica e parasitária, nomeadamente as técnicas clássicas, de biologia molecular e imunológicas. Será realizado o diagnóstico a partir de amostras clínicas, e a interpretação de resultados e a forma correta de os reportar.
Bibliografia:
(1) Manual of Clinical Microbiology- Volume 2. James H. Jorgensen, Michael A. Pfaller, Karen C. Carroll, Guido Funke, Marie Louise Landry, Sandra S. Richter, David W. Warnock. ASM Press, 2015.
(1) Jorgensen, J. H., Pfaller, M. A., Carroll, K. C., Funke, G., Landry, M. L., Richter, S. S., Warnock, D. W. Manual of Clinical Microbiology - Volume 2. (11th edition). ASM Press, 2015.
(2) Barroso, H., Meliço-Silvestre, A., Taveira, N. Microbiologia Médica - Volume 2. Lidel, 2014.
(3) Neves, D. P. Parasitologia Humana. Atheneu, 2012.
(4) Ash, L., Orihel, T. Atlas de Parasitologia Humana. 5ª ed. Editorial Medica Panamericana, 2010.
(5) Goering, R., Dockrell, H., Zuckerman, M., Roitt, I., Chiodini, P. Mims’ Medical Microbiology (5th edition). Saunders/Elsevier, 2013.
Docente (* Responsável):
Elisabete Machado (emachado@ufp.edu.pt)