Unidade Curricular:Código:
Microbiologia Geral844MGER
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3Ciclo IntegradoCiências Farmacêuticas5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
Identificar as características estruturais das células procarióticas, eucarióticas e dos vírus;
Identificar os factores que influenciam o crescimento e metabolismo dos microrganismos.
Descrever quais princípios gerais da genética microbiana.
Identificar e descrever os mecanismos de acção dos antimicrobianos e antivirais.
Identificar e descrever os mecanismos básicos da resposta imunológica, bem como as estratégias da sua modulação.
Executar correctamente a técnica asséptica; Usar correctamente o microscópio óptico;
Compreender as diferentes técnicas de coloração para a observação de microrganismos;
Compreender e distinguir os diferentes métodos para a identificação microbiana;
Executar e interpretar correctamente um antibiograma.
Competências:
Adquirir hábitos de observação e de análise crítica no âmbito da Microbiologia;
Tomar decisões com base no conhecimento científico disponível; Analisar a informação bibliográfica de forma crítica.
Conteúdos Programáticos:
História da Microbiologia
Principais eventos e personalidades na área da Microbiologia
Papeis diversos dos microrganismos
Principais grupos de microrganismos: bactérias, fungos, protozoários e vírus.
Organização celular dos microrganismos.
Procariotas
Bactérias
Archaea
Eucariotas
Vírus
Ultra estrutura
Ciclo viral
Nutrição e crescimento de microrganismos
Exigências nutricionais
Meios de cultura
Multiplicação e morte de populações microbianas
Cinética de crescimento.
Factores que afectam o crescimento bacteriano
Agentes antimicrobianos
Famílias de Antibióticos
Mecanismos de acção
Expectro de actividade
Mecanismos de resistencia aos antibiotico
Farmacologia
Farmacocinética e Farmacodinamia
Efeitos adversos
Biocidas
Desinfetantes e antisépticos
Relação parasita – hospedeiro
Microbioma humano
Mecanismos de defesa do hospedeiro
Factores de virulência microbiana
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos permitem o conhecimento das várias vertentes da Microbiologia. Além de uma introdução de contexto ambiental e histórico é feita uma apresentação das estruturas básicas dos microrganismos de forma a permitir no futuro associar as suas características com os possíveis efeitos no ser humano bem como no ambiente que o rodeia. É feito o estudo da componente evolutiva que permite aos microrganismos uma adaptação, com maior ou menor eficácia, aos mecanismos de controlo desenvolvidos e aplicados pelo homem. Finalmente os alunos são expostos a um vasto e variado número de interacções entre os microrganismos e os seus hospedeiros humanos, que vão desde a capacidade que sobrevivência dos microrganismos às capacidades de defesa dos seus hospedeiros. Estes conteúdos programáticos apresentam uma relevância para os objectivos propostos, permitindo com estes recursos relacionar os diversos constituintes dos microrganismos com os seus efeitos no ser humano.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Interrogativo, Expositivo e demonstrativo
Exposição oral de conteúdos programáticos.
Metodologia ativa/participativa, com apoio de meios audiovisuais.
Trabalho de pesquisa bibliográfica com apoio do docente.
Simulação em laboratório com análise, interpretação e discussão de resultados.
Avaliação:
A avaliação da unidade curricular segue o determinado na Normativa Académica de funcionamento das Licenciaturas e Mestrados Integrados da UFP
Teórica: Duas provas de avaliação escrita.
Prática: Duas provas de avaliação prática individual.
Classificação Final: CF = [((T1+T2)/2)x 0,8] + [((P1+P2)/2) x 0,2]
O aluno deverá obter todos os ECTS de forma a conseguir a sua aprovação.
É condição regulamentar para a aprovação do aluno a frequência de 50% das aulas teóricas bem como de 80% das aulas práticas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
No decorrer das aulas teóricas, a necessidade de analisar e refletir sobre conceitos novos implica a utilização de metodologias expositiva e interrogativa, deixando espaço para a participação ativa dos alunos de forma a sedimentar os novos conhecimentos associando-os a ideias já estabelecidas. A simulação de procedimentos práticos de microbiologia permite consolidar os conhecimentos da componente teórica através da experimentação científica permitindo acrescentar novos níveis de compreensão. A componente prática tem também a virtude de expor os alunos á realidade da existência de microrganismos bem como ás suas capacidades de sobrevivência no nosso ecossistema. Esta exposição pretende que os alunos compreendam a necessidade de interação e controlo dos microrganismos no desenvolver da sua vida profissional. A realização de dois momentos de avaliação teórica permite validar a aquisição de conhecimentos, bem como aferir a evolução dos alunos na capacidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos. A avaliação realizada em contexto laboratorial, através de provas práticas, permite confirmar a competência técnica na execução dos procedimentos laboratoriais bem como identificar o nível de precessão dos riscos associados aos diferentes procedimentos.
Bibliografia:
Ferreira, W.F.C. and Sousa, J.C., Lima, N. – Microbiologia – LIDEL, 2010
Joanne M. Willey, Linda M. Sherwood, Christopher J. Woolverton – Prescott's Microbiology – McGraw-Hill, 10ª edição, 2016.
Sousa, J.C. – Antibióticos volume 1 – Edições UFP, 2016.
Sousa, J.C., Cerqueira, F., Abreu, C. – Microbiologia. Protocolos laboratoriais, 2ª edição– Edições UFP, 2012.
Docente (* Responsável):
João Carlos Sousa (jcsousa@ufp.edu.pt)
Ricardo Magalhães (ricmag@ufp.edu.pt)