Unidade Curricular:Código:
Farmacoterapia e Farmacovigilância I844FFV1
Ano:Nível:Curso:Créditos:
4Ciclo IntegradoCiências Farmacêuticas5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
A UC pretende promover a aquisição de conhecimentos sobre os modelos de Farmacovigilância e o Sistema Nacional de Farmacovigilância. Pretende-se ainda abordar a iatrogenia medicamentosa e os mecanismos gerais responsáveis pela indução de reações adversas, bem como abordar o papel do Farmacêutico como agente de promoção da saúde: dispensa de medicamentos com receituário ou aconselhamento farmacêutico no caso de medicamentos não sujeitos a receita médica.
Conteúdos Programáticos:
Princípios deontológicos na interacção utente-farmacêutico-medicamento. Aspetos comunicacionais: técnicas de comunicação verbal, não verbal e escrita. A utilização do medicamento: aspetos práticos. Aconselhamento farmacêutico.
A prescrição. Tipos de receitas. Medicamentos sujeitos e não sujeitos a receita médica. Guia de medicação. Monitorização do cumprimento da terapêutica. Riscos da automedicação.Indicação farmacêutica de um MNSRM em face do quadro sintomático.
Reações adversas. Interações medicamentosas. Avaliação da segurança dos medicamentos. Requisitos para a autorização e registo de medicamentos.
Farmacovigilância em Portugal. Sistema Nacional de Farmacovigilância. Notificação espontânea. Preenchimento de ficha de Notificação de Reações Adversas de Medicamentos.
Revisão das características farmacológicas dos principais grupos farmacoterapêuticos. Tratamento de sintomas comuns: inflamação aguda, dor, tosse e expectoração, tratamento da diarreia aguda, obstipação, vómito.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos que integram a unidade curricular são adequados ao desenvolvimento das competências objetivadas, sendo fornecidos os conteúdos teóricos para que sejam capazes de atingir os objetivos enunciados anteriormente.
Procura-se proporcionar um balanço sólido entre os princípios teóricos e a aplicação prática das competências na área da Farmacoterapia, focando a resolução e discussão de problemas, de forma a permitir que os alunos desenvolvam uma visão mais clara e crítica. Pretende-se ainda capacitar os alunos para a procura constante dos conhecimentos científicos e técnicos que lher permitam ultrapassar os problemas que encontrarão na sua prática laboral.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A metodologia de ensino conta com a utilização de recursos didáticos, como material em power-point, e com a pesquisa livre em fontes bibliográficas adequadas, com o objetivo da resolução de problemas propostos.
A componente teórica e prática serão avaliadas separadamente, sendo obrigatória a aprovação a ambas. Serão realizados 2 testes teóricos para a avaliação teórica e 2 testes práticos e 1 apresentação oral para a avaliação prática. A média final é construida com 80% da componente teórica e teórico-prática e 20% da componente prática.
O aluno é considerado "Aprovado" com classificação igual ou superior a 09,50 valores
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Os objetivos da unidade curricular são alcançados pela utilização da metodologia referida uma vez que a componente expositiva confere uma orientação na sistematização do estudo e a exercitação prática promove a aplicação prática dos conceitos e das teorias estudadas no âmbito da unidade curricular.
Bibliografia:
BLENKINSOPP A.et al.,Symptoms in the Pharmacy: A Guide to the Management of Common Illness. 5th edition. Blackwell Publishing.
Nathan A, Managing Symptoms in the Pharmacy. Pharmaceutical Press 2008