Unidade Curricular:Código:
Farmacologia II843FAR2
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3Ciclo IntegradoCiências Farmacêuticas4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
São objectivos da unidade curricular de Farmacologia II a aquisição de conhecimentos de farmacologia e a adaptação destes conhecimentos à prática farmacêutica, em particular:
O1- Saber identificar os fármacos que actuam em cada sistema e o seu grupo farmacoterapêutico;
O2- Identificar as reacções adversas e compreender o papel do farmacêutico na farmacovigilância;
O3- Identificar interacções medicamentosas dos principais grupos de fármacos;
O4- Adquirir competências para analisar experiências de laboratório em farmacologia;
O5- Adquirir competências para analisar artigos científicos versando experiências laboratoriais de farmacologia;
O6- Ter capacidade de trabalho autónomo com pesquisa de informação usando fontes de informação de farmacologia.
Conteúdos Programáticos:
CP1: Autacóides e anti-histamínicos.
CP2: Fármacos que actuam no rim: diuréticos e antidiuréticos.
CP3: Fármacos que actuam no aparelho cardiovascular: anti-hipertensores, antianginosos e fármacos usados na insuficiência cardíaca.
CP4: Fármacos que actuam no aparelho respiratório: antitússicos e antiasmáticos.
CP5: Fármacos que actuam no aparelho digestivo: antiulcerosos, modificadores da motilidade gastrointestinal (laxantes e obstipantes) e antieméticos.
CP6: Simulação de experiências em farmacologia com a utilização de programas informáticos simuladores de experimentação laboratorial em modelos animais.
CP7: Interpretação e discussão de artigos científicos de farmacologia.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos da unidade curricular de Farmacologia II proporcionam aos estudantes de Ciências Farmacêuticas a aquisição de competências científicas, técnicas e interpessoais que permitam desenvolver intervenções do Farmacêutico na área da Farmacologia.
Os conteúdos versando o estudo dos diversos grupos farmacoterapêuticos (conteúdos programáticos CP1 a CP5) permitem atingir os objectivos O1, O2, O3 e O6.
A simulação de experiências de farmacologia com a utilização de programas informáticos simuladores e a análise de artigos científicos (conteúdos programáticos CP6 e CP7) permitem ao aluno atingir os objectivos O4, O5 e O6, despertando o aluno para o espírito crítico para a experimentação laboratorial de farmacologia.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Metodologia de ensino
M1: exposição e debate dos conceitos teóricos relevantes em sala de aula.
M2: orientação do estudo autónomo dos alunos por consulta da bibliografia recomendada e na resolução de exercícios propostos.
M3: simulação de experiências em animais usando programas informáticos.
M4: análise e discussão de artigos científicos versando experiências de farmacologia.
M5: discussão de problemas e casos clínicos relevantes.
M6: Utilização da plataforma de e-learning para armazenar e disponibilizar material didático ao aluno.
Avaliação
Os alunos serão avaliados com dois testes escritos (1 hora cada), com uma contribuição de 95% para a nota final. Além disso, será avaliado o desempenho em sala de aula, em particular a resolução de fichas formativas e na realização dos protocolos de farmacologia, com um peso de 5% para a nota final.Caso a média das duas provas escritas seja inferior a 9,5 o aluno estará automaticamente inscrito no exame.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A constante interacção entre o docente e o aluno nas aulas de exposição permitirá a adequação do aluno aos objectivos propostos. Para além disso a utilização de um conjunto de materiais de estudo criado propositadamente, assim como as sessões de apoio para esclarecimento de dúvidas, permitem um elevado nível de ajustamento entre as metodologias utilizadas e os objetivos da unidade curricular. M1: exposição e debate dos conceitos teóricos relevantes em sala de aula – Visa atingir O1, O2 e O3. M2: orientação do estudo autónomo dos alunos por consulta da bibliografia recomendada e na resolução de exercícios propostos – Visa atingir O6. M3: simulação de experiências em animais usando programas informáticos – Visa atingir O4. M4: análise e discussão de artigos científicos versando experiências de farmacologia – Visa atingir O5. M5: discussão de problemas e casos clínicos relevantes – Visa atingir todos os objectivos. M6: Utilização da plataforma de e-learning para armazenar e disponibilizar material didático ao aluno – Visa atingir todos os objectivos.
Bibliografia:
1. Rang and Dale's pharmacology, JM Ritter, RJ Flower, G Henderson, YK Loke, D MacEwan, HP Rang (Eds), 9th edition, Elsevier, 2019.
2. Terapêutica Medicamentosa e suas Bases Farmacológicas (Manual de Farmacologia e Farmacoterapia), S Guimarães, D Moura, P Soares da Silva (Eds), 6ª edição, Porto Editora, 2014.
3. Basic & Clinical Pharmacology, BG Katzung (Ed), 14th edition, McGraw-Hill Education, 2018.
4. Goodman & Gilman´s The Pharmacological Basis of Therapeutics, LL Bruton, R Hilal-Dandan, BC Knollmann (Eds), 13th edition, McGraw-Hill Education, 2018.