Unidade Curricular:Código:
Princípios de Pedagogia e Didáctica853PPDI
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaEnfermagem2 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês26
Objectivos de Aprendizagem:
O exercício de Enfermagem compreende a existência de situações de ensino/aprendizagem associadas às práticas clínica e docente de enfermagem, nos respetivos e variados contextos, cuja resolução envolve a necessidade permanente de escolhas sobre as alternativas dos recursos educacionais a aplicar a cada situação. Sendo assim, o objetivo fundamental da disciplina de Princípios de Pedagogia e Didática é fornecer ao futuro Enfermeiro conhecimentos e competências para a utilização das práticas pedagógicas e dos meios didáticos apropriados a cada situação de ensino/aprendizagem na prestação de cuidados de enfermagem, na formação profissional contínua e no ensino clínico dos pares ou de outros profissionais, com vista à otimização do processo de ensino/aprendizagem.
Assim, o aluno deverá atingir os objetivos de conhecer, compreender e ser capaz de aplicar os princípios da comunicação e os princípios da pedagogia e da didática na sua prática profissional.
Conteúdos Programáticos:
1. O processo de ensino: aspetos básicos
1.1. Pedagogia e Didática
1.2. Métodos Pedagógicos
1.3. Meios didáticos
2. Conceitos básicos de comunicação
2.1. A importância da comunicação nas relações interpessoais
2.2. Os elementos da comunicação
2.3. Linguagem verbal e não-verbal
2.4. A importância da comunicação não-verbal
2.5. Princípios da comunicação face a face
2.6. Barreiras à comunicação
3. Planificar a formação
3.1. Quando? O quê? Para quem?
3.2. Como?
3.3. Onde?
4. A sessão de formação
4.1. Iniciar a sessão
4.2. O desenrolar da sessão
5. Avaliação pedagógica
5.1. Como avaliar
5.2. Quando avaliar
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Temas como “O processo de ensino” e “Conceitos básicos de comunicação” contribuem para os objetivos de conhecer, compreender e ser capaz de aplicar os princípios da comunicação em situações de ensino/aprendizagem associadas às práticas clínica e docente de enfermagem, nos respetivos e variados contextos. De igual modo, a abordagem das temáticas ligadas à ação de formação (“Planificar a formação: Quando? O quê? Para quem? Como? Onde?”, “A sessão de formação: iniciar a sessão, o desenrolar da sessão” e “Avaliação pedagógica: como avaliar e quando avaliar” contribui para conhecer, compreender e ser capaz de aplicar os princípios da pedagogia e da didática na prática profissional, sendo assim capaz de fazer escolhas sobre as alternativas dos recursos educacionais a aplicar a cada situação.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As metodologias de ensino e aprendizagem serão adaptadas a cada momento em função dos alunos e das temáticas a lecionar. Genericamente, os métodos de ensinos serão diretivos (expositivo e demonstrativo) e semidiretivos (interrogativo).
A realização e apresentação em sala de aula de trabalhos de grupo será também uma metodologia a utilizar para o estudo de algumas das temáticas.
A avaliação da unidade curricular é feita através de uma prova escrita individual, que incide nos conteúdos programáticos lecionados. A participação nas aulas, de modo particular nos trabalhos, será também considerada.
O aluno deverá obter a nota mínima de 10 valores para a sua aprovação.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A utilização da metodologia de ensino expositiva pretende fornecer os conhecimentos básicos aos alunos. Com metodologias como a demonstrativa e a interrogativa, os alunos são ajudados a procurar por si próprios respostas às questões que vão surgindo sobre as temáticas em estudo, sempre com o apoio do professor à reflexão.
Bibliografia:
Bastable, S. B. (2010). O enfermeiro como educador. Princípios de ensino-aprendizagem para a prática de enfermagem. Artmed Editora.
Belmiro, C. e Canário, R. (2012). Educação e Formação de Adultos. Educa.
Cardim, J. C. (2011). Gestão da Formação nas Organizações. Lidel
Estanqueiro, A. (2012). Saber lidar com as pessoas. Princípios da Comunicação Interpessoal. Editorial Presença.
Fachada, M.O. (2012). Psicologia das Relações Interpessoais. 2ª Edição. Edições Silabo.
Rodrigues, M. e Ferrão, F. L. (2012). Formação Pedagógica de Formadores. Lidel.
Stefanelli, M. C. e Carvalho, E. C. (2012). Comunicação nos diferentes contextos da enfermagem - 2ª edição revista e ampliada. Editora Manole.
Docente (* Responsável):
Carla Fernandes (csfernandes@ufp.edu.pt)