Unidade Curricular:Código:
Microbiologia Clínica853MCLI
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1LicenciaturaEnfermagem3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês39
Objectivos de Aprendizagem:
Conhecer a interacção dos microrganismos com os nossos diversos sistemas anatómicos; identificando os seus mecanismos de protecção de forma a perceber como se defendem e como são atacados.
Identificar os possíveis agentes responsáveis pelas infecções nestes sistemas bem como as suas formas de transmissão, factores de virulência, técnicas de diagnóstico e mecanismos de prevenção e tratamento.
Adquirir hábitos de observação e de análise crítica; compreender, aplicar e tomar decisões com base no conhecimento científico e bibliografia disponível;
O futuro enfermeiro deve actuar de acordo com os fundamentos da prestação e gestão de cuidados (critérios de competência 20, 21, 22, 23, 24, 25, 29, 33, 38 e 41); utilizar o processo de Enfermagem (cc 62, 63, 64 e 66 ); promover um ambiente seguro (cc 68, e 71); contribuir para a valorização profissional (cc 86)
Conteúdos Programáticos:
Pele e olhos.
Defesas da pele e olhos
Flora normal
Doenças da pele e dos olhos
Sistema nervoso
O sistema nervoso e as suas defesas
Doenças do sistema nervoso
Sistema respiratório
O SR superior e inferior, e as suas defesas
Flora normal
Doenças do SR superior
Doenças do SR superior/inferior
Doenças do SR inferior
Sistema cardiovascular e linfático
As suas defesas
Doenças do sistema cardiovascular e linfático
Febres Hemorrágicas
Febres não Hemorrágicas
HIV
Sistema gastro-intestinal
As suas defesas
Flora normal
Doenças do sistema gastro-intestinal
Sistema genito-urinário
As suas defesas
Flora normal
Infecções do sistema urinário
Infecções do sistema genital
Protecção do hospedeiro: Vacinação
Objectivos da vacinação.
Requisitos para uma boa vacina.
Tipos de vacinas.
Programa nacional de vacinação
Infecções Associadas aos Cuidados de Saúde (IACS)
Consequências e prevenção da infecção
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos apresentados permitem uma exposição dos alunos a um vasto e variado número de interacções entre os microrganismos e os seus hospedeiros humanos. A divisão deste conteúdos por sistemas do nosso organismo permite apresentar a anatomia em causa, bem como as suas diversas formas de defesas. São de seguida apresentados exemplos de diferentes microrganismos, que quer pela sua importância nas infecções humanas quer pelo forma como conseguem subverter as nossas defesas, são de elevada relevância para os objectivos propostos, permitindo com este recurso, a extrapolação do conhecimento para as mais variadas situações associadas á Microbiologia Clínica.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Interrogativo, Expositivo e demonstrativo
Interrogativo, Expositivo e demonstrativo
Exposição oral de conteúdos programáticos.
Metodologia ativa/participativa, com apoio de meios audiovisuais.
Trabalho de pesquisa bibliográfica com apoio do docente.
Nas aulas práticas serão realizados trabalhos experimentais que aplicam os conceitos teóricos, com análise, interpretação e discussão de resultados
A avaliação da unidade curricular segue o determinado na Normativa Académica de funcionamento das Licenciaturas e Mestrados Integrados da UFP
Duas provas de avaliação escrita teórica.
Duas provas de avaliação prática individual.
Trabalho Individual: Um trabalho de pesquisa bibliográfica.
Classificação Final: CF = [((T1+T2)/2)x 0,6] + [((P1+P2)/2) x 0,2] + (TI x 0,2)
O aluno deverá obter todos os ECTS.
É condição regulamentar para a aprovação do aluno a frequência de 50% das aulas teóricas bem como de 80% das aulas práticas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
No decorrer das aulas teóricas, a necessidade de analisar e refletir sobre conceitos novos implica a utilização de metodologias expositiva e interrogativa, deixando espaço para a participação ativa dos alunos de forma a sedimentar os novos conhecimentos associando-os a ideias já estabelecidas. A realização de dois momentos de avaliação teórica permite validar a aquisição de conhecimentos, bem como aferir a evolução dos alunos na capacidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos. A avaliação realizada em contexto laboratorial, através de provas práticas, permite confirmar a competência técnica na execução dos procedimentos laboratoriais bem como identificar o nível de precessão dos riscos associados aos diferentes procedimentos. A avaliação do Trabalho Individual permite validar a capacidade do aluno adquirir, de forma autónoma, conhecimentos, de os validar e finalmente de os comunicar eficazmente.
Bibliografia:
1 - Goering, R., et. al., Medical Microbiology - Saunders, 5th edition, 2012
2 - Ferreira, W.F.C.; Sousa, J.C. and Lima, N., Microbiologia - LIDEL, 2010
3 - Strohl, W.A., Rouse, H., Fisher, B. D., Microbiologia Ilustrada - Artmed, 2004
4 - Cowan, M.K., Microbiology: A Systems Approach - McGraw-Hill Education, 5th edition, 2017
5 - Barroso, H., Meliço-Silvestre, A., Taveira, N., Microbiologia Médica 1 e 2 - Lidel 2014
Docente (* Responsável):
Maria Coelho (mcoelho@ufp.edu.pt)
Ricardo Magalhães (ricmag@ufp.edu.pt)