Unidade Curricular:Código:
Enfermagem de Saúde Materna I853EMT1
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaEnfermagem4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
Esta unidade curricular tem como principal finalidade proporcionar aos alunos da licenciatura de Enfermagem a aquisição de competências científicas, técnicas e interpessoais que permitam desenvolver intervenções de enfermagem adequadas a indivíduos, família e comunidade, durante o seu ciclo sexual e reprodutivo . Assim, o aluno deverá atingir os seguintes objectivos:
•Compreender a especificidade das necessidades em Saúde na Maternidade .
•Adquirir competências intelectuais, profissionais, académicas e práticas, que permitem cuidar da mulher e família, durante o período de preconcepção, gravidez, parto e puerpério.
•Adquirir competências intelectuais, profissionais, académicas e práticas que permitem cuidar do recém-nascido, no período neonatal, em situação normal.
Conteúdos Programáticos:
1.Evolução social e antropológica da maternidade;
2. Indicadores específicos em saúde materna e infantil;
3. Recursos da comunidade;
4. Intervenções de enfermagem préconcepcionais;
5. Intervenções de enfermagem na gravidez;
6. Intervenções de enfermagem no trabalho de parto;
7. Intervenções de enfermagem ao Recém-Nascido;
8. Intervenções de enfermagem no Puerpério;
9. Intervenções de enfermagem domiciliárias à puérpera.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Numa primeira fase, a necessidade de analisar e refletir sobre conceitos novos implica a utilização de metodologias expositiva e interrogativa.
Numa segunda fase, a demonstração de procedimentos possibilita a aquisição das técnicas indispensáveis à prática de Cuidados.
A simulação de casos práticos e a aplicação do processo de enfermagem permite consolidar competências para a utilização do Processo de Enfermagem como metodologia científica de trabalho.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A componente letiva será constituída por aulas teóricas e teórico-práticas.
A Unidade Curricular de Enfermagem Saúde Materna I tem uma carga horária de aulas Teóricas (T): 45;Aulas Teórico-práticas (TP):15; Orientação tutorial (OT):7,5; Outra (O): 7,5.
A avaliação dos conhecimentos de cariz teórico e teórico-práticos adquiridos pelos alunos, será efetuada do seguinte modo:
• A avaliação será contínua a fim de possibilitar a consequente verificação e orientação da aprendizagem progressiva do aluno;
• A participação na aula, provas escritas, trabalhos em grupo em sala de aula, serão fatores de valorização final;
• Realização de, pelo menos, 2 provas escritas sobre o programa da unidade curricular, visando verificar o aproveitamento e o progresso do aluno quanto à aquisição de conhecimentos relativos aos conteúdos lecionadas na Unidade Curricular;
• Considera-se aprovado na Unidade Curricular o aluno que atinja as competências mínimas necessárias para a obtenção dos ECTS.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Avaliação realizada em contexto de sala de aula, através de resolução de casos práticos, a reflexão, observação e sistematização dos conhecimentos adquiridos. A realização de dois momentos de avaliação teórica permite validar o desenvolvimento e a construção de conhecimentos, habilidades e atitudes desejadas tendo em conta as competências do exercício profissional da Enfermagem.
Bibliografia:
Bobak, M., Deitra, Irene;; Lowolermilk, L.; Jensen. M.: D.; Perry, Shannon E. (1999). Enfermagem na Maternidade. , 4ª ed. Lusociência.
Burroughs, Arlene. (1995). Uma Introdução à Enfermagem Materna. Porto Alegre, 6ª Ed. Artes Médicas Sul Lda.
Cabero Romero, Luis (2003) Tratado de Ginecologia, Obstetricia y Medicina de la Reproduccion (Tomo I e II), 1º Ed. Editorial Panamericana,S.A.
Colman, A. & Colman, L. (1994). Gravidez: a experiência psicológica. Lisboa: Edições Colibri.
Galvão, Dulce (2005). Amamentação bem-sucedida: alguns factores determinantes. Loures: Lusociências- Edições Técnicas e Científicas, Lda.
Jonathan S ,Berek. (2002). Novak’s Gynecology. Baltimore, 12ªed. Lippincott Williams e Wilkins.
Lowdermilk, Deitra ; Shannon Perry. (2008). Enfermagem na Maternidade, Lisboa, 7ª ed. Lusodidacta.
Docente (* Responsável):
Isabel Fonseca (isaf@ufp.edu.pt)
Maria Cardoso (mcardoso@ufp.edu.pt)