Unidade Curricular:Código:
Psicologia do Desporto783PDPT
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaPsicologia6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
- Proporcionar conhecimento sobre o conceito de desporto, bem como sobre as suas dimensões psico-socio-culturais, sobre os processos conducentes à sua institucionalização e ainda sobre os campos e o objecto da Psicologia do Desporto;
- Proporcionar competências para a compreensão de dimensões psicológicas individuais e grupais associadas à prática de desporto de alto rendimento e ao desporto de lazer e bem-estar;
- Proporcionar competências para a intervenção em contexto desportivo no sentido da promoção de uma melhor performance desportiva e no sentido da promoção do bem estar.
Conteúdos Programáticos:
1. A Psicologia do Desporto
1.1. O conceito de desporto
1.2. As teorias de institucionalização do Desporto
1.3. A Psicologia do Desporto
1.3.1. Objecto e desenvolvimento
1.3.2. A Ciência e a prática
1.3.3. A relação entre Psicologia e Desporto
2. Factores Psicológicos associados ao desporto de alto rendimento
2.1. Personalidade e auto-confiança
2.2. Motivação para a competição
2.3. Atenção e concentração
2.4. Stress e ansiedade
2.5. A dinâmica de grupos desportivos
2.5.1. Liderança
2.5.2. Coesão
3. 3. Factores psicológicos associados aos efeitos perversos do desporto de alto rendimento
3.1. Agressividade no desporto
3.2. O consumo de substâncias dopantes
3.3 Esgotamento (burnout) e sobrecarga de treino no desporto
4. Psicologia do Desporto de Lazer e bem-estar
4.1. Efeitos psicológicos do desporto de lazer e bem-estar
4.2. Desporto e qualidade de vida
5. Avanços na Psicologia do Desporto
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A unidade 1 exporá os principais conceitos de desporto, as dimensões do desporto e as teorias que explicam a sua institucionalização. Cumpre-se assim o objectivo 1.
A unidade 2 apresentará os factores psicológicos associados ao desporto de alta performance, as teorias que os explicam e ainda as técnicas de intervenção para melhoria do desempenho desportivo dos atletas. Cumprem-se assim os objectivos 2 e 3.
A unidade 3 apresenta os factores psicológicos associados aos efeitos perversos do desporto de alta performance e as técnicas de intervenção sobre os mesmos para melhoria do desempenho desportivo dos atletas. Cumprem-se assim os objectivos 2 e 3.
A unidade 4 pretende destacar os benefícios psicológicos da prática desportiva e consequente qualidade de vida. Cumprem-se assim os objectivos 2 e 3.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Teste, ensaio e desempenho em sala de aula.
Método Activo. Serão apresentadas os principais conceitos, teorias e técnicas de intervenção psicológica, conferindo-se assim aos alunos o conhecimento dos principais factores psicológicos associados ao desporto de alta performance e ainda as competências para a intervenção psicológica no sentido de promover uma melhor performance dos atletas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Método expositivo e activo. A exposição teórica dos conteúdos programáticos dará aos alunos o conhecimento e as competências para a compreensão de dimensões psicológicas individuais e grupais associadas à prática de desporto de alto rendimento e ao desporto de lazer e bem-estar. Pelo método expositivo serão também apresentadas e demonstradas as diversas técnicas de intervenção em contexto desportivo, conferindo-se assim aos discentes as competências necessárias para tal.
Bibliografia:
Abrahams, D. (2013), Futebol puro e duro. Técnicas simples de Psicologia do Futebol. Lisboa: Sinais de Fogo.
Brito, A. & Fonseca, A. (2001). As atribuições causais. Porto: Faculdade de Ciências de Desporto e Educação Física da Universidade do Porto.
Brito, A. (2005). Iniciação à Psicologia do Desporto para atletas. Porto: Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física.
Dosil, J. (2008). Psicología de la Actividad Física y del Deporte. Madrid: McGrawHill.
Gonzalez, J. (2001). Manual de practicas de psicologia deportiva. Madrid: Biblioteca Nueva.
Merida, J. (2009). Control de pensamiento y sus estrategias en el deporte. Madrid: EOS Gabinete de Orientacion Psicologica.
Silvério, J. & Srebro, R. (2012). Como ganhar usando a cabeça. Coimbra: Editora Quarteto.
Docente (* Responsável):
Daniel Seabra (das@ufp.edu.pt)