Unidade Curricular:Código:
Psicopatologia da Criança e do Adolescente784PCA
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaPsicologia6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
1. Conhecer a Psicopatologia quanto às suas origens histórico-epistemológicas: pressupostos, práticas e metodologias de observação e objectivos em cada corrente, contributos e evolução até à actualidade.
2. Ser capaz de identificar diferentes “níveis” de análise psicopatológica e diagnóstico, e estabelecer relações entre modelos nosológicos diferentes.
3. Conhecer os quadros clínicos mais relevantes na psicopatologia da Criança e do Adolescente e articulá-los à análise de casos clínicos, tendo em conta aplicação de critérios e noções diferenciais.
4. Desenvolver capacidades de análise e elaboração diagnóstica integrando diferentes níveis e dimensões psicopatológicas e diferentes grelhas e modelos em psicopatologia da criança e do adolescente.
Conteúdos Programáticos:
Unidade lectiva 1- Enquadramento histórico-epistemológico da psicopatologia da criança e do adolescente.
Unidade Lectiva 2 – Introdução às perturbações clínicas mais frequentes ao longo do desenvolvimento psicológico da infância e da adolescência.
Unidade lectiva 3- Modelos de classificação em psicopatologia da criança e do adolescente. Modelo dinâmico-estrutural e modelo descritivo e nosográfico (DSM V).
UL 4- Perturbações da ansiedade e organizações neuróticas na criança e no adolescente. Casos clínicos.
UL 5- Quadros depressivos na criança e no adolescente. Exemplos clínicos.
UL 6- Quadros psicóticos na criança e no adolescente. Perturbação do espectro do autismo.Casos clínicos.
UL 7- Outras perturbações e exemplos clínicos. Desarmonias evolutivas na criança e no adolescente.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Nas Unidades Lectivas 1 e 3 os conteúdos programáticos privilegiam a aquisição de referências constituintes da Psicopatologia da criança e do adolescente, quanto às origens e evolução de abordagens teórico-clínicas e metodológicas até à actualidade. Este conhecimento teórico-epistemológico é estruturante de conhecimentos e competências de análise e diagnóstico em psicopatologia.
Nas Unidades Lectivas 2, 4, 5, 6 e 7 promove-se o conhecimento dos principais quadros psicopatológicos da criança e do adolescente à luz de diversas abordagens e dimensões e a elaboração de diagnósticos à luz dos modelos em psicopatologia da criança e do adolescente. A análise de casos clínicos (bibliografia, e observação de consultas) contribui para optimizar a aquisição dos conteúdos e a realização dos objectivos.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Metodologias diversas que promovem a assimilação, a compreensão e a articulação entre os conteúdos, assim como a sua aplicação, nomeadamente através de: Exposição oral dos conteúdos teóricos em aula, estudo do material de apoio na plataforma virtual (textos, sínteses temáticas, filmes ilustrativos), análise e debate de textos e de casos clínicos, exercícios de análise e resolução teórica e/ou teórico-clínica, participação em Fóruns (UV) para debate dos conteúdos programáticos, observação clínica de consultas na CPP e respectiva discussão, articulação das observações aos conteúdos da uc.
A Avaliação realiza-se de forma contínua, através de provas escritas em dois momentos, da participação oral e de trabalho não-presencial de leitura e análise de textos da bibliografia do programa.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Nas Unidades Letivas 1 e 3 a exposição descritiva e comentada, assim como a leitura e discussão de bibliografia e documentação de apoio pedagógico pelos alunos, e ainda a vizualização de filmes ilustrativos (casos, concepções, métodos) emblemáticos na história da Psicopatologia da criança e do adolescente permitem alicerçar o conhecimento acerca evolução de conceitos, abordagens teórico-práticas e modelos de diagnóstico neste campo. Nas Unidades Letivas 2, 4, 5, 6 e 7, a exposição em aula pelo docente e o estudo bibliográfico pelos alunos acerca das perturbações da criança e adolescência, assim como a realização de exercícios (teóricos ou casos clínicos) promovem o conhecimento das características clínicas e psicopatológicas das perturbações à luz de diferentes grelhas e modelos, a integração de noções diferenciais e a aquisição de competências de análise e diagnóstico em estudos de caso. A observação de consultas (na Clinica pedagógica) far-se-à dentro das disponibilidades encontradas no sentido de optimizar a integração dos conteúdos. A participação em fóruns na plataforma virtual e a elaboração de fichas de leitura contribuem para aprofundar os conhecimentos e competências.
Bibliografia:
A.P.A., DSM - V : Manual de diagnóstico e estatística das perturbações mentais, Lisboa, Climepsi, 2014.
FRANCÈS (A.) e ROSS (R.), DSM IV - Casos Clínicos, Lisboa, Climepsi, 1999.
GUENICHE, K., Psicopatologia descritiva e interpretativa da criança, Lisboa, Climepsi, 2005.
DUCHÉ, Psiquiatria da criança e do adolescente (História da), In Houzel (D.), Emmanuelli (M.) e Moggio (F.) (Coord.), Dicionário de Psicopatologia da Criança e do Adolescente, Lisboa, Climepsi, 2004.
MALPIQUE (C.), Pais/Filhos em consulta psicoterapêutica, Porto, Afrontamento, 1999.
MARCELLI (D.), Infância e Psicopatologia, Lisboa, Climepsi, 2005.
MARCELLI (D.) et BRACONNIER (A.), Adolescência e Psicopatologia, ed.Climepsi.
MAZET (Ph.) e STOELERU (S.), Psicopatologia do bebé e da criança pequena, Lisboa, Climepsi, 2003.
STRECHT (P.), Interiores, Assírio&Alvim, 2013, 2ªed.
Docente (* Responsável):
Marta Matos (mmatos@ufp.edu.pt)