Unidade Curricular:Código:
Teorias da Violência e do Crime985TVCR
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1MestradoPsicologia da Justiça: Vítimas de Violência e de Crime6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Permitir ao aluno a aquisição de conhecimento sobre a relação entre violência e crime desde uma perspetiva bio-psico-social.
Especificamente, espera-se que os alunos no final do semestre tenham adquirido as seguintes competências e resultados:
? Integrar conceitos, teorias e conhecimentos na área da violência e do crime
? Reconhecer, diferenciar e confrontar os diferentes contributos teóricos;
? Desenvolver uma compreensão holística do fenómeno criminal;
? Compreender, utilizar e definir terminologia específica;
? Adquirir a capacidade para uma correta avaliação de problemáticas específicas de crime e violência;
? Desenvolver um pensamento crítico face à realidade criminológica actual assim como uma tomada de posição madura e fundamentada.
? Saber aplicar o conhecimento adquirido a diferentes contextos de investigação.
? O aperfeiçoamento de competências de comunicação oral e escrita.
Conteúdos Programáticos:
Biologia e cultura como determinantes do comportamento. Principais perspectivas teóricas actuais. Teorias biológicas. Teorias psicológicas: teorias das diferenças individuais, personalidade, teorias cognitivas. Teorias sociológicas: Anomia, subculturas, teorias ambientais, teorias da rotulagem, teorias da aprendizagem social, teorias do controlo social.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos visam fornecer ao aluno conhecimento sobre as diferentes posições teóricas em relação à explicação do comportamento violento e criminal. Desta forma o aluno poderá adquirir a capacidade de interpretar e compreender de forma crítica ditos comportamentos em contextos reais.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As metodologias de ensino incluem a exposição oral de conteúdos teórico-práticos e a utilização de notícias actuais sobre crimes, textos, exercícios e material audiovisual que permitam ao aluno identificar e aplicar as perspectivas teóricas aprendidas em sala de aula a casos reais. A avaliação é constituída por um teste escrito e um trabalho prático.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
A exposição oral das diferentes perspetivas teóricas seguida da elaboração de exercícios práticos permite ao aluno compreender as diferentes propostas teóricas explicativas do comportamento violento e criminal e aplicar esse conhecimento a casos reais. A forma de avaliação pretende verificar a aquisição destas duas capacidades: de conhecimento e compreensão dos diferentes contributos teóricos e de aplicação prática.
Bibliografia:
1. Adler, F., Mueller, G. O., & Laufer, W. S. (2006). Criminology (5th Ed.). NewYork: McGraw-Hill.
2. Born, M. (2005). Psicologia da delinquência. Lisboa: Ed. Climepsi.
3. Dias, J. F., & Andrade, M. C. (Eds.). (1997). Criminologia: O homem delinquente e a sociedade criminógena. Coimbra: Coimbra Editora.
4. Marques-Teixeira J. (2000). Comportamento criminal. Perpectiva Biopsicológica. Vale e Vale Editores.
5. Newburn, T. (2007). Criminology. Devon: Willan Publishing.
Docente (* Responsável):
Ana Sacau (pssacau@ufp.edu.pt)