Unidade Curricular:Código:
Etnografias Contemporâneas150ETCP
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1LicenciaturaEstudos Culturais5 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês65
Objectivos de Aprendizagem:
As realidades culturais europeias serão apresentadas numa perspectiva dicotómica, privilegiando o entendimento da relação entre o Eu e o Outro nos universos sociais, salientando a unidade e a diversidade das regiões culturais da Europa.
Desenvolver capacidades autónomas de perspectivar as culturas do mundo enquanto resultado do percurso histórico individual das comunidades nos diversos espaços geográficos. Entender a dinâmica dos mecanismos identitários enquanto fermento das individualidades culturais. Os alunos desenvolverão uma visão crítica sobre os fenómenos culturais, cultivando uma postura de curiosidade e de tolerância face às diferenças culturais entre os povos no seu futuro profissional.
Os alunos desenvolverão capacidade de seleccionar e interpretar informação relevante para fundamentarem juízos críticos, e transmiti-los em diversos cenários e públicos. Deverão ainda promover a capacidade de aprendizagem autónoma e continuada ao longo da vida.
Conteúdos Programáticos:
Abordagem de realidades sociais europeias contemporâneas segundo dois vectores complementares: a relação rural/urbano e a relação etnicizada de Eu/Outro, delineando as características marcantes dos universos sociais seleccionados como casos de estudo etnográficos a apresentar aos alunos.
Noções gerais sobre o âmbito e o percurso da Etnografia Europeia; os padrões de cultura como elemento de coesão social; a relação entre o rural e o urbano nas sociedades europeias; alguns modelos de estrutura social; o material e o imaterial, e as atitudes mentais e práticas culturais.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos dotam os alunos de conhecimentos básicos sobre os aspectos estruturantes das comunidades humanas, articulando-os internamente a cada cultura, e comparativamente com as demais
Os conteúdos permitem ao aluno entender a importância das culturas enquanto elementos unificadores dos diversos grupos sociais, e enquanto criadores de realidades sociais
Os conteúdos apresentam ao aluno as dicotomias entre as sociedades urbanas e as rurais como o resultado de um processo histórico interactivo, fruto das dinâmicas internas e externas dos grupos sociais
Os conteúdos permitem cultivar no aluno uma postura de articulação e de tolerância relativamente às diversificadas percepções do fenómeno religioso e crenças no sobrenatural inerentes aos indivíduos e às culturas diferentes com as quais venha a contactar ao longo da vida.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A metodologia de ensino constará de exposição teórica, pesquisa tematica, leitura e discussão de bibliografia específica bem como debates temáticos e reflexões críticas. Serão visualizados documentários temáticos com qualidade adequada, como suporte de exposição e de discussão de conceitos e realidades. A avaliação será contínua, baseando-se na realização da uma prova escrita de avaliação, na execução de um trabalho teórico individual e de um trabalho prático em grupo, na apresentação e discussão oral desse trabalho, assim como na participação do aluno em tarefas teórico-práticas em sala de aula e em atividades científicas fora de aula (participação em seminários, conferências na Universidade).
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Módulo 1: Noções gerais sobre a análise etnografica enquanto método de estudo, e sua aplicação nos campos social, material e histórico. Neste módulo serão utilizados documentários temáticos como apoio e ilustração de alguns assuntos, em complemento da leccionação, e como mote para discussão. Módulo 2: A estrutura cultural, do indivíduo ao grupo social. Os processos identitarios, enquanto cimento agregador dos grupos sociais. Este módulo será baseado em exposição e consulta de bibliografias, como apoio à discussão temática, em grupos. Módulo 3: Abordagem à dicotomia campo-cidade, numa perspectiva histórica. A evolução do fenomeno urbano na Europa, e a relação biunivoca entre o campo e a cidade, da economia à demografia. Neste módulo será visualizado um documentário temático, como complemento à leccionação. Módulo 4: O ciclo da vida social e a funcionalidade das estruturas familiares. As relações sociais de proximidade e a organização e fruição dos espaços comuns. A metodologia a seguir neste módulo, incluirá leccionação, visualização de um documentário, e leituras seleccionadas. Módulo 5: Os territórios da representação espiritual, e a sua materialização em espaços e em rituais tanto festivos como quotidianos. Neste módulo será visualizado um documentário temático, como complemento à leccionação, e como promotor de discussão entre grupos.
Bibliografia:
Hjorth, Larissa; Horst, Heather; Galloway, Anne; Bell, Genevieve (edits.) (2017) The Routledge Companion to Digital Ethnography. London, Routledge .
Jallinoja, Riitta; Widmer, Eric D. (edits.) (2011) Families and Kinship in Contemporary Europe. Rules and Practices of Relatedness. New York, Palgrave Macmillan.
Jerolmack, Colin; Khan, Shamus (2018) Approaches to ethnography : analysis and representation in participant observation. New York, Oxford University Press.
Low, Setha (2017) Spatializing Culture. The ethnography of space and place. London, Routledge.
Pardo, Italo; Prato, Giuliana B. (edits.) (2018) The Palgrave Handbook of Urban Ethnography. Basingstoke, Palgrave Macmillan.
Pink, Sarah; Horst, Heather; Postill; John; Hjorth, Larissa; Lewis, Tania; Tacchi, Jo (2016) Digital Ethnography: Principles and Practice. Los Angeles, Sage .
Vigarello, Georges (2014) Le Sentiment de soi. Histoire de la perception du corps. (XVIe - XXe siècle), Paris, Éditions du Seuil.