Unidade Curricular:Código:
Delinquência Juvenil780DJUV
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1LicenciaturaCriminologia6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
i) Possuir conhecimentos e capacidade de compreensão de conceitos e teorias na área da delinquência juvenil, bem como a evolução do sistema de justiça juvenil em Portugal;
ii) Saber aplicar os conhecimentos adquiridos e demonstrar capacidade de compreensão dos mesmos de forma a permitir uma correta avaliação e resolução de problemáticas específicas da delinquência juvenil, bem como a identificação de intervenções apropriadas nesta matéria;
iii) Desenvolver capacidades para fundamentar soluções e juízos emitidos na análise de aspetos sociais, científicos e éticos relevantes em matéria de delinquência juvenil;
iv) Aperfeiçoar competências de comunicação oral e escrita;
v) Desenvolver uma atitude crítica e autocrítica e mostrar autonomia e conduta responsável na intervenção com jovens delinquentes.
Conteúdos Programáticos:
1.ª Unidade. Conceitos. Evolução do sistema de justiça juvenil em Portugal. Medidas da delinquência juvenil. Fatores causais explicativos da delinquência juvenil.Tipos de delinquentes: tipologia de continuidade versus tipologias de carreira. Delinquência juvenil e características demográficas.
2.ª Unidade: Fatores de risco familiares. Fatores individuais da delinquência. Os pares e a aprendizagem das normas.
3.ª Unidade: Avaliação do risco de violência em jovens: Princípios, processo avaliativo e Instrumentos. Estratégias de prevenção da delinquência juvenil. Intervenções centradas no desenvolvimento de competências individuais. Intervenções centradas no sistema familiar. Intervenções centradas no contexto escolar. Intervenções centradas na comunidade. Impacto das intervenções. Obstáculos à prevenção.Intervenção remediativa e sua (in)eficácia.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
1.ª Unidade – Visam o aprofundamento de matérias teóricas na área de forma a atingir os objetivos da unidade curricular: saber aplicar os conhecimentos teóricos adquiridos na análise, interpretação e explicação da delinquência juvenil.
2.ª Unidade - Privilegiam o aprofundamento de matérias teóricas permitindo, deste modo atingir os objectivos da unidade curricular: ser capaz de identificar os diferentes factores de risco e de proteção úteis na explicação do comportamento delinquente.
3.ª Unidade - Visam o aprofundamento de matérias teóricas específicas na área, permitindo, deste modo atingir os objetivos da unidade curricular: saber aplicar os conhecimentos e a capacidade de compreensão adquiridos na avaliação e intervenção em situações de delinquência juvenil; revelar capacidade de comunicação oral e escrita; Mostrar autonomia e conduta responsável na intervenção com jovens delinquentes.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A metodologia de ensino incluirá exposição teórica, pesquisa, leitura e discussão de bibliografia específica bem como debates temáticos e reflexões críticas. A avaliação será contínua, baseando-se na realização da uma prova escrita de avaliação, na execução de um trabalho prático, na apresentação e discussão oral desse trabalho, assim como na execução de tarefas teórico-práticas em sala de aula, e na pontualidade e a assiduidade do aluno.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
1.ª Unidade - Exposição teórica de conteúdos caracterizadores da delinquência juvenil; Apresentação das diferentes medidas de avaliação do comportamento delinquente; Debate individual e em grupo de casos procurando-se aplicação dos conhecimentos teóricos a casos práticos. 2.ª Unidade - Exposição teórica de conteúdos; Exercícios práticos com o objetivo de demonstrar conhecimentos e competências na identificação dos diferentes factores de risco; Estudos de caso com o objetivo de ser capaz de integrar os conhecimentos teóricos e prático. 3.ª Unidade - Exposição teórica de conteúdos; Exercícios práticos com o objetivo de demonstrar conhecimentos e competências na avaliação e/ou intervenção em casos de delinquência juvenil; Estudos de caso com o objetivo de ser capaz de integrar os conhecimentos teóricos e práticos; Revelar capacidade de comunicação oral e escrita dos conteúdos; Mostrar autonomia e conduta responsável na prática com jovens ofensores.
Bibliografia:
Borum, R. & Verhagen, D. (2006). Assessment and managing violence risk in juveniles. The Guilford Press.
Fonseca, A. C. (2002). Comportamento anti-social e família. Uma abordagem cientifica. Coimbra: Almedina.
Fonseca, A. C. (2004). Comportamento anti-social e crime. Da infância à idade adulta. Coimbra: Almedina.
Negreiros, J. (2008). Delinquências juvenis. Trajectórias, intervenção e prevenção. Porto: Livpsic.
Publishing LLC.
Negreiros J. (2015). Intervenção na delinquência juvenil. Perspetivas psico-forenses. Curitiba: Editora CRV
Maia, R., Nunes, L., Caridade, S., Sani, A.I.S., Estrada, R., Nogueira, C., Fernandes, H., & Afonso, L. (2016). Dicionário Crime, Justiça e Sociedade. Lisboa: Edições Sílabo.
Whitehead, J. T. & Lab, S. P. (2013). Juvenile Justice. An introduction (seventh edition). London: Anderson Publishing
Rijo, D., Brazão, N. et al. (2017). Intervenção psicológica com jovens agressores. Lisboa:Pactor
Docente (* Responsável):
Sónia Caridade (soniac@ufp.edu.pt)