Unidade Curricular:Código:
Teoria e História Comparada do Jornalismo793THCJ
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1MestradoCiências da Comunicação (Jornalismo)4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
Promover conhecimento geral sobre a história e a teoria do jornalismo. Adquirir a uma visão multifacetada sobre história comparada do jornalismo português, europeu e norte-americano.
Conteúdos Programáticos:
O campo do jornalismo. História do jornalismo. Modelos de jornalismo. A notícia como unidade discursiva do jornalismo. A Teoria da Notícia como Teoria do Jornalismo. “Teorias da Notícia” e Teoria da Notícia. Teoria da Notícia. Efeitos da Comunicação Jornalística.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos abordam os grandes temas da teoria e da história do jornalismo. Promovem a compreensão do campo do jornalismo e da sua articulação com os indivíduos e a sociedade em Portugal e noutros pontos do mundo.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A metodologia de ensino assenta em aulas expositivas teóricas, em aulas teórico-práticas de consulta, análise e interpretação de fontes e em palestras com convidados especialistas nos temas abordados. A avaliação será feita por avaliação contínua e a classificação final resultará da ponderação das classificações parciais de dois testes e dos resultados do trabalho pessoal de cada aluno, materializados em investigação e na apresentação de pesquisas em sala de aula. O insucesso na avaliação contínua remete automaticamente o aluno para exame final.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Sendo uma unidade curricular de natureza fundamentalmente teórica e teórico-prática, as aulas expositivas, complementadas com a investigação realizada por cada aluno e materializada na realização e na apresentação de trabalhos de pesquisa é pedagogicamente ortodoxa porque tem sido, ao longo dos tempos, bem-sucedida. Os testes continuam a ser o instrumento mais relevante para avaliação dos conhecimentos e das competências dos estudantes quando estão em causa quer conteúdos de natureza teórica quer a capacidade de análise e de interpretação de fontes.
Bibliografia:
CORREIA, J. C. (2011). O Admirável Mundo das Notícias: Teorias e Métodos. Covilhã: Livros LabCom.
McQUAIL, D. (2003). Teoria da Comunicação de Massas. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
SOUSA, J. P. (2000). As Notícias e os Seus Efeitos. Coimbra: Minerva.
SOUSA, J. P. (2006). Elementos de Teoria e Pesquisa da Comunicação e dos Media. 2ª edição. Porto: UFP.
SOUSA, J. P. (Coord.) (2008). Jornalismo: História, Teoria e Metodologia da Pesquisa. Porto: UFP.
SOUSA, J. P. (2013). Print Journalism in Early Modern Portugal: An Overview. Lisboa: Media XXI.
SOUSA, J. P. (Org.) et al. (2014). History of the Press in the Portuguese-Speaking Countries. Lisboa: Media XXI.
TRAQUINA, N. (2003). Jornalismo. Lisboa: Quimera.
WOLF, M. (1987). Teorias da Comunicação. Lisboa: Presença.
Docente (* Responsável):
Jorge Pedro Sousa (jpsousa@ufp.edu.pt)