Unidade Curricular:Código:
Jornalismo Especializado II: Jornalismo Político e Económico Comparado902JES2
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1MestradoCiências da Comunicação (Jornalismo)7 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês91
Objectivos de Aprendizagem:
A unidade curricular pretende facultar aos alunos competências nos domínios do jornalismo económico e do jornalismo político, que lhes possibilitem um reconhecimento fundamentado dos limites da prática jornalística em diferentes sistemas políticos, dos impactos dos media na política, e da especialização necessária ao jornalismo económico. Competências a desenvolver: análise e síntese; aplicação de conhecimentos em contextos diferentes; trabalho autónomo.
Conteúdos Programáticos:
Introdução – conceitos, objectivos e problemas
1. Sistemas políticos comparados e comunicação social: tipologia de sistemas políticos e papel reservado à comunicação social; liberdade de imprensa, persuasão e propaganda política; liberdade de imprensa como valor intrínseco da democracia; a violência política e os media.
2. Jornalismo político: audiências, comunicação e formação de opinião; ética e o mito da objetividade; diferentes expressões do quarto poder; o jornalismo político na prática.
3. Jornalismo económico: o jargão e a narrativa económica; fontes e estatísticas; interpretação de indicadores; a teoria económica na comunicação jornalística; o timing da informação económica e as suas implicações financeiras; o jornalismo económico na prática.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
A unidade curricular visa a aquisição de conhecimentos referenciais em áreas de especialização relevantes do jornalismo atual – política e economia. No ponto 1 procura-se reconhecer os limites explícitos e implícitos à prática jornalística em diferentes sistemas políticos, refletindo sobre o papel do jornalismo como meio de informação, formação, e comunicação política. No ponto 2 a análise é situada em sociedades democráticas e observa-se o alcance e os limites da informação jornalística política. Apontam-se os riscos de promiscuidade entre jornalismo e política e procura-se discernir entre relato e fabricação, factos e factóides, controvérsia e debate. No ponto 3 explicita-se alguma terminologia, indicadores e temas centrais para o jornalismo económico. Aponta-se o alcance de impactos e do timing da cobertura jornalística económica bem como os riscos da incompletude, incorreção ou deformação da informação económica.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Abordagem teórica-prática. Exposição de conteúdos e sua aplicação prática através da observação de temas políticos e económicos contemporâneos, com particular relevo para questões com relevância para a economia portuguesa.
Análise de formas alternativas de noticiar os mesmos acontecimentos.
Avaliação: Um teste ou exame final.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Jornalismo Especializado II é uma unidade curricular de natureza teórico-prática. O que se procura durante as sessões tutoriais é o reconhecimento crítico de fatores que influenciam a produção de informação e respetivos impactos. Assim, em cada ponto do programa, a exposição teórica é seguida da análise de temas político-económicos contemporâneos, debatendo-se: a seleção de temas; seleção das abordagens; questionamento ético-deontológico; seleção de fontes; recolha de informação; processamento especializado de informação.
Bibliografia:
[Artigos disponibilizados através da plataforma.]
Altheide, D. e Snow, R. (1991). Media Worlds in the Postjournalism Era. NY, Aldine.
Carvalho, M. P. (2010). Manual de Ciência Política e Sistemas Políticos e Constitucionais. Lisboa, Quid Juris – Sociedade Editora.Cook, T. E. (1998). Government with the News: The News Media as a Political Institution. Chicago, University of Chicago Press. Keane, J. (1991). A Democracia e os Media. Lisboa, Temas e Debates.
Mesquita, M. (org.). (2004/2005). Territórios do Jornalismo. Caleidosdópio. Revista de Comunicação e Cultura. Nº 5/6. Departamento de Ciências da Comunicação, Artes e Tecnologias de Informação – Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia. Lisboa, Edições Universitárias Lusófonas. Mesquita, M. (2003). O Quarto Equívoco: O Poder dos Media na Sociedade Contemporânea. Coimbra, Minerva.
The Economist. (2006). Guide to Economic Indicators. Suffolk, The Economist Newspaper.
Docente (* Responsável):
Luísa Vasconcelos (lvasc@ufp.edu.pt)