Unidade Curricular:Código:
Comunicação e Conteúdos para Multimédia774CCMU
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1LicenciaturaCiências da Comunicação6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Conhecimento e capacidade de compreensão de textos teóricos avançados sobre a mudança de paradigma na comunicação e das aplicações e dos suportes multimédia existentes; aquisição de competências ao nível da edição de imagem, som e vídeo; aplicação dos conhecimentos relativos a ferramentas de edição multimédia, através da realização de um projeto multimédia; capacidade de recolher, selecionar e interpretar informação relevante na área da comunicação multimédia; competência para análise de aspetos sociais científicos e éticos relevantes na área da sociedade do conhecimento e da informação; competências ao nível da comunicação, capacitando o aluno para exprimir ideias, identificar problemas e propor soluções; competências de investigação autónoma para auto-aprendizagem e autonomia na busca do conhecimento.
Conteúdos Programáticos:
1. Conceitos de definições da Comunicação Multimédia
1.1. Antecedentes históricos da Comunicação Multimédia
1.1.1. Diálogos entre arte e tecnologia
1.2. Caracterização da multimédia: integração, interatividade, hipermédia, imersão, narratividade
1.3. Fundamentação teórica das plataformas da comunicação multimédia: contextualização e análise de exemplos
2. Ferramentas de produção multimédia
2.1. Características e especificidades de aplicações para edição de texto, imagem, som, vídeo
2.1.1. Edição de som para projetos multimédia
2.1.2. Imagem: definições, características e processos de edição
2.1.3. Imagem em Movimento: do stop-motion ao vídeo
3. Projeto de Comunicação Multimédia
3.1. Metodologias de Trabalho em Multimédia
3.1.1. Plano e pré-produção
3.1.2. Digitalização e/ou captura, edição e montagem
3.1.3. Testes e Publicação
3.2. Cronologia multimédia interativa: utilização de texto, imagem, som e vídeo na plataforma do Knightlab
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
De forma a garantir o conhecimento e a capacidade de compreensão de textos teóricos avançados sobre a mudança de paradigma na comunicação, bem como das aplicações e dos suportes multimédia existentes, o primeiro ponto do programa centra-se no estudo de conceitos de definições da Comunicação Multimédia (antecedentes, integração, interatividade, hipermédia, imersão e narratividade, contextualização e análise de exemplos). No que diz respeito à aquisição de competências ao nível da edição de imagem, som e vídeo, o ponto dois do programa introduz, de um modo prático, ferramentas de edição de som, imagem e imagem em movimento. Por fim, de forma a garantir que o aluno é capaz de recolher e interpretar informação relevante na área da comunicação multimédia, articulando-a de um modo coerente em projetos que envolvem a comunicação e a expressão de ideias no novo meio, o terceiro ponto do programa aborda de um modo prático as metodologias de trabalho em multimédia.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
As aulas teóricas são aulas de exposição por parte do docente, apresentando e discutindo os textos teóricos selecionados. As aulas práticas têm como objetivo a realização de um projeto de comunicação multimédia (cronologia multimédia interativa), integrando texto, som, imagem e vídeo, de autoria ou disponíveis em rede. A avaliação faz-se através de uma prova teórica (40%), um trabalho prático de criação de uma cronologia multimédia interativa (máximo de 2 alunos), com utilização de texto, som, imagem e vídeo (40%), uma apresentação em grupos (máximo de 3 alunos) de obra de multimédia interativa (10%), e apresentação e justificação do projeto (10%).
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
O teste teórico previsto tem como objetivo garantir que o/a aluno/a leu e compreendeu os textos estudados nas aulas teóricas. O projeto de criação de uma cronologia multimédia interativa pretende identificar se o aluno usou as metodologias de trabalho evidenciadas nas aulas de cariz prático, usando de um modo adequado as competências ao nível do domínio de ferramentas entretanto adquiridas.
Bibliografia:
ASCENSÃO, A. T.; BABO, M. A. & TORRES, R. (2014). O hipertexto na cultura contemporânea. In: Cibertextualidades, 6. Porto, Ed. UFP, pp. 121-138.
CHANDLER, A. & N. NEUMARK (2005). At a distance: precursors to art and activism on the Internet. The MIT Press.
KNIGHT LAB (2018). "Using TimelineJS". Northwestern University. http://timeline.knightlab.com/docs/index.html
LÉVY, P. (1994). As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Instituto Piaget.
PACKER, R. & JORDAN, K. (2002). Multimedia: From Wagner to Virtual Reality. W. W. Norton & Company.
RIBEIRO, N. (2012). Multimédia e Tecnologias Interactivas. Lisboa, FCA.
TORRES, R. & PETRY, L. C., orgs. (2017). Cibertextualidades, 8. Videojogos. Porto, Edições UFP. http://bdigital.ufp.pt/handle/10284/6003
WARDRIP-FRUIN, N. e N. MONFORT, eds. (2003). The New Media Reader. Cambridge: MIT Press.
Docente (* Responsável):
Rui Torres (rtorres@ufp.edu.pt)