Unidade Curricular:Código:
Voz, Audiologia e Surdez1023VASU
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaTerapêutica da Fala6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
VOZ
a) Conduzir avaliação da voz humana
b) Descrever estratégias de terapia vocal indirecta e descrever as suas indicações
c) Executar técnicas de terapia vocal directa e descrever as suas indicações
d) Adaptar a abordagem de terapia vocal a populações especiais
e) Identificar e apresentar artigos científicos actuais e relevantes sobre terapia vocal
f) Considerar as particularidades da teleprática na terapia vocal
AUDIOLOGIA E SURDEZ
g) Dominar os conhecimentos básicos acerca do sistema anatomo-fisiológico do sistema auditivo e da audiologia clínica básica e medidas eletroacústicas;
h) Perceber as perdas auditivas
i) Compreender dos aspetos linguísticos, educacionais e ocupacionais da surdez
j) Compreender a reabilitação auditiva
k) Adequar o processo de avaliação e elaborar um plano de intervenção
l) Conhecer as correntes educacionais na surdez
m) Compreender processamento auditivo central
Conteúdos Programáticos:
CP 1. Voz
1.1 Avaliação vocal (áudio-perceptiva, acústica, electroglotografia, autoavaliação e qualidade de vida)
1.2. Terapia vocal directa e indirecta
1.3. A voz de populações especiais (infantil, paralisia da prega, profissional vocal, oncologia, transgénero)
1.4. Investigação em voz
1.5. Teleprática em voz
CP 2. Acústica e Dimensões da fala; Implicações percetivas e produtivas da perda auditiva;
2.1. Perceção de Fala; Perfis de Memória;
2.2. Perfis Comunicativos e linguísticos da criança surda;
CP 3. Anamnese e Avaliação linguística;
3.1. Intervenção: Treino Auditivo, Treino de Fala e Treino da Leitura de Fala;
3.2. Perspetivas Educacionais: gestualista, oralista, bilingue
3.3. Processamento Auditivo Central
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
O Conteúdo Programático 1 está associado aos objectivos da seguinte forma a-1.1; b + c -1.2; d-1.3; e-1.4; f-1.5.
O Conteúdo Programático 2 está associado ao objetivo 4, 5, 6, 7
O Conteúdo Programático 3 está associado ao objetivo 8, 9 e 10
Componente Teórica e teórico-prática:
Os conteúdos programáticos foram delineados em função dos objetivos de aprendizagem da unidade curricular.
CP1- OA 1, 2 e 3
CP2- OA 4, 4, 6 e 7
CP3- OA 8, 9 e 10
No CP1 são abordados os conceitos fundamentais associados à voz e às suas perturbações
No CP2 são focados aspetos relacionados com a perceção da fala. Analisam-se os perfis comunicativos e linguísticos associados às perdas auditivas
No CP3 são abordados os aspetos práticos relacionados com a história clínica e avaliação da fala e da linguagem e analisam-se os aspetos fundamentais da intervenção na surdez
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
a) Expositivo;
b) Interrogativo;
c) Demonstrativo;
d) Colaborativo;
e) Elaboração de trabalhos;
f) Discussão em pequeno e grande grupo;
g) Aprendizagem auto-dirigida
Aulas Teóricas e Teórico-práticas:
- Apresentação dos conteúdos programáticos com recurso a projeções, explicações no quadro, exemplificações, casos clínicos em vídeo
- Resumo e discussão de artigos científicos
- Elaboração de pequenos exercícios a ser resolvidos em sala de aula, esclarecimento de dúvidas
Avaliação:
Época normal
- Avaliação Distribuída
2 Testes escritos (50%+50%)
Nota final: Média da nota de aprovação a ambas as componentes TEO e TPRA.
Época Recurso
- Exame (100%)
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
Sendo a unidade curricular constituída por aulas teóricas e teórico-práticas, as metodologias de ensino utilizadas enquadram-se nos melhores procedimentos usados nesta área. Desta forma, a exposição das teorias e conceitos chave de Voz e Audiologia terão sempre a participação e análise crítica por parte dos estudantes, acompanhadas de exercícios de consolidação. A verificação da perceção do entendimento dos mesmos conceitos ocorrerá com recurso ao método interrogativo. O desenvolvimento dos conhecimentos e das competências desta unidade curricular será efetuado através da realização de pequenos trabalhos práticos (e.g. estudos de caso, role-play), exercícios em sala de aula (e.g. fichas de trabalho) e em trabalho autónomo de pesquisa e aplicação das competências adquiridas em contexto real. Adicionalmente, serão propostos trabalhos com utilização de casos concretos (em vídeo) ligados às áreas do Curso.
Bibliografia:
Pestana, P et al (2019). Trends in Singing Voice Research: An Innovative Approach. Journal of Voice. 2019 May; 33(3):263-268. doi: 10.1016/j.jvoice.2017.12.003. Epub 2019 Jan 11.
Pestana, P et al (2018). Prevalence, Characterization, and Impact of Voice Disorders in Fado Singers. Journal of Voice. doi: https://doi.org/10.1016/j.jvoice.2018.10.015. Epub 2018 Nov 20.
Hall III, J. W. (2016). Crosscheck principle in pediatric audiology today: A 40-year perspective. Journal of audiology & otology, 20(2), 59.
Yoshinaga-Itano, C., Sedey, A. L., Wiggin, M., & Chung, W. (2017). Early hearing detection and vocabulary of children with hearing loss. Pediatrics, 140(2).
Fickenscher, S.,et al (2016). Auditory verbal strategies to build listening and spoken language skills.
Soman, U.et al (2018). Guiding principles and essential practices of listening and spoken language intervention in the school-age years. Topics in Language Disorders, 38(3), 202-224.