Unidade Curricular:Código:
Métodos e Técnicas de Fisioterapia VI (Fisioterapia Cárdio-Respiratória)1025MTF6
Ano:Nível:Curso:Créditos:
3LicenciaturaFisioterapia10 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês130
Objectivos de Aprendizagem:
Pretende-se facultar aos alunos ferramentas teóricas e práticas, com vista a um raciocínio clínico abrangente na área específica da Reabilitação Cardiorrespiratória.
Assim o aluno, no final, deverá desenvolver competências que lhe permitam ser capaz de identificar e executar as diferentes técnicas de Fisioterapia Cardiorrespiratória, prescrição de exercício em contexto cardiorrespiratório e educação do doente nas mais variadas situações e casos clínicos. Considera-se crucial que o aluno seja capaz de formular para cada caso, um raciocínio clinico adequado à avaliação e tratamento dos pacientes, não perdendo nunca de vista as indicações e contraindicações das técnicas pelas quais tomou opção.
Conteúdos Programáticos:
1. Componente Teórica: Anatomofisiologia do sistema cardiorrespiratório, Mecânica ventilatória, Funções do coração e avaliação, Resposta fisiológica ao exercício,Patologia cardíaca e Respiratória,Exames complementares de diagnóstico,Avaliação e classificação do paciente cardiorrespiratório,Ventilação mecânica não invasiva, abordagem do Fisioterapeuta em cuidados intensivos.
2. Componente Prática:
2.1 Avaliação e tratamento em grupos específicos
a. Avaliação do candidato a um PRR
b. Testes laboratoriais/testes de terreno
c. Desempenho funcional, Capacidade de exercício
e. Casos clínicos
2.2 Prescrição do exercício e programas de reabilitação cardiorrespiratória
a. Avaliação do candidato a um PRCR
b. Desenho de PERCR
c. Prescrição de exercício
d. Casos clínicos
2.2 Fisioterapia Respiratória
a. Reeducação Manual da Ventilação,Técnicas de Mobilização Torácica, Técnicas de higiene intra e extra torácicas, Ortóteses Respiratórias,Aspiração de secreções
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos foram definidos em função dos objetivos e competências a serem adquiridos pelos estudantes. Os conteúdos programáticos incluem as principais abordagens multiobjectivo bem como técnicas específicas de avaliação e tratamento específicas que conferem ao aluno ferramentas para avaliação e tratamento no domínio da reabilitação cardiorrespiratória.
A demonstração da coerência entre os objetivos da unidade curricular e os conteúdos programáticos dividem-se entre a ação na componente prática (reconhecer, identificar, aplicar, desenvolver, etc.) e o conhecimento e compreensão de conteúdos na componente teórica.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
A nota final será calculada tendo em conta 70% da nota final da prática e 30% da nota final da componente teórica-prática.
Teórica-prática: Compreende aulas expositivas e/ou em formato de discussão com a apresentação de estudos de caso. A avaliação compreende duas provas escritas (95%) e avaliação contínua (5%) onde são avaliados terminologia, conceitos teóricos e o raciocínio clínico aplicados nas temáticas lecionadas.
Prática: Compreende aulas demonstrativas e prática repetida das técnicas de avaliação e tratamento em fisioterapia usadas na prática das temáticas, Avaliação e tratamento em grupos específicos Prescrição do exercício e programas de reabilitação cardiorrespiratória e Fisioterapia respiratória.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino a aplicar nesta UC pautam-se principalmente pela adoção de estratégias de ensino/aprendizagem, centradas no aluno. Estas, visam genericamente estabelecer contextos de aprendizagem baseados no estudo e trabalho individual do aluno assim como na reflexão crítica e trabalho em equipa integrado numa equipa clinica. A demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objetivos da unidade curricular baseia-se na convicção que a sala de aula constitui para o aluno, o seu espaço laboratorial, individual, de experimentação e desenvolvimento das atividades expositivas e práticas que lhe são propostas, para além de canal de comunicação e partilha em contexto clinico e de turma. As competências cognitivas são desenvolvidas através da exposição participativa e da resolução de exercícios na prática. As competências de comunicação são adquiridas através de dinâmicas de grupo e das apresentações orais.
Bibliografia:
1.Heyward, V.H. (2006). Advanced Fitness Assessment and Exercise Prescription. 5th ed. Human Kinetics
2.Margareta, N. (2001) Biomecânica Básica do Sistema musculoesquelético. Edições Gunabara Koogan S.A
3. Deturk, W. (2007). Fisioterapia Cardiorrespiratória:baseada em evidências. Artmed
4. Couto, A. e Ferreira, J.M.R. (2004). Estudo Funcional Respiratório – Bases Fisiológicas e Aplicação na Prática Clínica. Lidel.
5. Postiaux, G .(2004). Fisioterapia Respiratória Pediátrica. Artmed