Unidade Curricular:Código:
Língua Estrangeira -Português-1025LEP1
Ano:Nível:Curso:Créditos:
2LicenciaturaFisioterapia3 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês39
Objectivos de Aprendizagem:
Aprofundar e desenvolver a competência comunicativa em língua portuguesa em contextos variados, possibilitando a compreensão de questões principais quando é usada uma linguagem clara e estandardizada e os assuntos são familiares ao discente. Ter a capacidade de lidar com a maioria das situações encontradas em ambiente de estudo, trabalho e familiar, produzindo um discurso simples e coerente sobre assuntos de interesse pessoal. Descrever experiências e eventos no passado, presente e futuro, assim como ações expressas como uma possibilidade ou como um desejo. Expor brevemente razões e justificações para uma opinião fundamentada. Entrar em contacto com aspetos da cultura portuguesa e reconhecer as variantes da língua.
Conteúdos Programáticos:
1- Identificação e caracterização pessoal, atividades de tempo livre e reflexão sobre momentos de vida importantes;
2- Descrição física e psicológica de si e de outros, nomeadamente personagens da ficção;
3- Provérbios, expressões idiomáticas e ditados populares;
4- Emigração, imigração, migração; as comunidades portuguesas;
5- Portugal continental e ilhas: sotaques, hábitos e pontos de interesse;
6- A vida num mundo com pressa (artigo crítico);
7- O sonho e a imaginação: férias, planos e desejos;
8- Textos publicitários da área do turismo; guias de viagens;
9- Desemprego, voluntariado e solidariedade social;
10 - As novas tecnologias: redes sociais
11 - Comunicação em língua portuguesa aplicada à área da saúde.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
Os conteúdos programáticos privilegiam a aquisição de vocabulário e gramática portuguesa, permitindo:
- Compreender os pontos essenciais de uma sequência falada ou escrita que incida sobre assuntos correntes;
- Compreender os pontos principais de programas de rádio e televisão quando o débito da fala é relativamente lento e claro;
- Compreender descrições de acontecimentos, sentimentos e desejos, nomeadamente texto literário não complexo;
- Entrar espontaneamente numa conversa sobre assuntos conhecidos, de interesse pessoal ou pertinentes;
- Articular expressões de forma consistente para descrever experiências e acontecimentos, sonhos, desejos e ambições;
- Explicar ou justificar opiniões e planos;
- Contar e recontar uma história;
- Relatar o enredo de um livro ou de um filme;
- Escrever textos com descrição de experiências e impressões.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Desenvolvem-se diferentes atividades (expressão e compreensão orais e escritas) utilizando diferentes suportes (manual, compêndio gramatical, material audiovisual, Internet, artigos de imprensa), privilegiando o material recolhido em contexto real e relacionado com as áreas de estudo dos discentes. Plataformas interativas e aplicações didáticas em contexto online.
A avaliação é contínua ou final. A avaliação contínua será o somatório de vários elementos: trabalho de pesquisa, relatórios de leitura, participação oral, apresentação oral de um procedimento técnico e 2 testes escritos. A nota final será a ponderação das várias prestações escritas e orais, com a ponderação de 50% para a componente escrita, 50% para a componente oral. A outra modalidade de avaliação, avaliação final, será constituída por um teste escrito e a avaliação de competências de oralidade, à qual podem aceder os alunos que obtenham mais de 7,5 valores no exame escrito.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As atividades de expressão e compreensão, nas suas diversas formas, são próprias do desenvolvimento da proficiência da comunicação em língua portuguesa, tendo em vista o objetivo de assegurar uma comunicação eficaz nas mais variadas situações a que o discente está exposto, enquanto aprendente da língua portuguesa que vive num país de expressão linguística portuguesa. As áreas gramaticais e lexicais relacionam-se com a vida privada, social, e académica, procurando ir ao encontro do campo de estudos dos alunos, nomeadamente a área dos cuidados de saúde; privilegia-se a conversação e interação oral, consolidando a aprendizagem e aplicação de estruturas gramaticais que surgem em textos escritos e orais; as atividades individuais e em grupo para promover a aquisição do vocabulário e da gramática lecionados, sempre que possível utilizando as novas tecnologias; a execução individual e em grupo de atividades que promovam a fluência oral e escrita; a exposição teórica de vocabulário e recursos linguísticos para fazer uma apresentação e para debater um assunto; a elaboração e apresentação em vídeo de um trabalho de projeto sobre um aspeto da cultura portuguesa.
Bibliografia:
Existência obrigatória/ mandatory:
Oliveira, C., Coelho, L. (2018) Aprender Português 2 (B1). Lisboa, Texto Editores.
Consulta/ For consultation:
Rosa, L. Melo (2020) Vamos lá Continuar! Explicações e Exercícios de Gramática e Vocabulário, Níveis Intermédio e Avançado. Lisboa, Lidel
Oliveira, C., Coelho, L. (2008) Aprender Português 2 – Compreensão Oral. Lisboa, Texto Editores.
Coimbra, I., Coimbra, O. Mata (2012) Gramática Ativa 2. Lisboa. Lidel
Sena-Lino, P., Boléo, M. João Manso (2021) Cidades do Mar B1. Porto. Porto Editora
Andresen, S. de Mello Breyner (2021, reimp.) A Menina do Mar. Porto. Porto Editora
Peixoto, J. Luís (2011, reimp.) Abraço. Lisboa. Quetzal
Pessoa, F. (2014, reimp.) Poesia de Alberto Caeiro. Lisboa. Assírio & Alvim