Unidade Curricular:Código:
Tecnologia de Informação e Comunicação na Saúde1096TICS
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1CTSPAuxílio de Serviços de Saúde4 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Primeiro SemestrePortuguês/Inglês52
Objectivos de Aprendizagem:
Conhecer e refletir criticamente sobre as tecnologias da comunicação (TIC’s) e a sua utilização no setor da saúde. Estudar os fundamentos dos sistemas de informação e da gestão estratégica da informação. Desenvolver nos estudantes uma compreensão do papel dos sistemas de informação nas organizações de prestação de cuidados de saúde.
Aquisição de competências de utilização das TIC’s para a produção de informação e sua aplicação em atividades realistas do mercado de trabalho em instituições de saúde. Elaborar relatórios e desenvolver pesquisas
Conteúdos Programáticos:
1. O papel das TICs na sociedade e na área da saúde.
1.1 Identificar conceitos e terminologia relacionados com as TICs.
2. Sistemas de informação
2.1 Objetivos
2.2 Os utilizadores
2.3 As tecnologias
3. Bases de dados.
3.1 Esquema da Base de Dados
3.2 Tabelas, Registos e Campos
3.3 Tipos de campos
3.4 Chaves Prima´rias
3.5 Questo~es a` Base de Dados
3.6 Entidades e Relacionamentos
4. Criar e utilizar documentos de texto e de cálculo
4.1 Efetuar formatação dos documentos
5. Criação de bases de dados básicas
6. Elaboração de relatórios
7. Desenvolvimento de pesquisas
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
De forma a garantir um conhecimento e uma capacidade de compreensão de textos teóricos sobre as TICs e os sistemas de informação, assim como, a compreensão crítica e reflexiva dos campos de conhecimento em questão, os primeiros pontos do programa centram-se no estudo de conceitos teóricos, bem como o seu enquadramento.
No que diz respeito à aplicação de conhecimentos ao nível do domínio das TICs e dos sistemas de informação, os pontos 4 a 7 garantem o domínio de ferramentas para a criação de conteúdos, bem como para a realização de pesquisa e argumentação autónomas.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
O conteúdo programático terá um tratamento teórico (complementado através de diversas leituras, metodologia expositiva, interrogativa e demonstrativa), e um tratamento prático (através da execução, apresentação e discussão nas aulas de trabalhos práticos), o que exige a aplicação correcta dos conhecimentos teóricos adquiridos e sua correcta comunicação, potenciando a capacidade de auto-aprendizagem.
O método de avaliação baseia-se no modelo da avaliação contínua, incluindo:
- Testes Escritos, Trabalhos Práticos e Qualidade da Participação nas aulas.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As metodologias de ensino visam um misto de aquisição de conceitos centrais e aplicação prática dos mesmos. Por essa razão se privilegia uma abordagem teórico-prática, com recurso a casos de estudo. Aos estudante é também solicitada a realização de pequenos trabalhos de natureza prática para ilustrar os conceitos e explorar o uso do digital.
Bibliografia:
DeLone, W., & McLean, E. (2003). The DeLone and McLean Model of Information Systems Success: A Ten-Year Update. Journal of Management Information Systems, 19(4), 9-30. (b-on)
Marin, H.F. (2010). Sistemas de informação em saúde: considerações gerais. Journal of Health Informatics Jan-Mar; 2 (1): 20-4.
Pires, Bárbara. (2019). A Satisfação Dos Enfermeiros No Uso de Sistemas de Informação e de Documentação: Estudo Exploratório na Região Minho de Portugal (Dissertação de Mestrado). Escola Superior de Enfermagem do Porto. Porto.
Varandas, Cristina. (2014). Análise Integrada dos Sistemas de Informação em Saúde (Dissertação de Mestrado). Universidade da Beira Interior. Covilhã.
Vieira, Susana. (2019). Utilização e Evolução dos Sistemas de Informação em Enfermagem:
Influência na Tomada de Decisão e na Qualidade dos Cuidados de Enfermagem (Dissertação de Mestrado). Universidade do Minho - Escola Superior de Enfermagem. Braga.
Docente (* Responsável):
Miguel Trigo (mtrigo@ufp.edu.pt)