Unidade Curricular:Código:
Microbiologia e Parasitologia1096MPAR
Ano:Nível:Curso:Créditos:
1CTSPAuxílio de Serviços de Saúde6 ects
Período Lectivo:Língua de Instrução:Nº Horas:
Segundo SemestrePortuguês/Inglês78
Objectivos de Aprendizagem:
Conhecer e compreender a complexidade e a diversidade do mundo microbiano. Identificar as características gerais dos diferentes microrganismos. Conhecer as principais infeções causadas por microrganismos, a sua epidemiologia, forma de transmissão e patogenia. Desenvolver conhecimentos de Imunologia e mecanismos de resposta do organismo hospedeiro. Reconhecer a importância e aplicação da microbiologia na epidemiologia e saúde pública. Reconhecer e identificar o material e técnicas a usar na lavagem, desinfeção, descontaminação e esterilização. Pesquisar, recolher e analisar informação científica. Analisar e interpretar dados e resultados de modo individual e em equipa. Desenvolver espírito analítico, crítico e quantitativo.
Conteúdos Programáticos:
1. CONCEITOS GERAIS DE MICROBIOLOGIA E PARASITOLOGIA 2. MICROBIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA 3. CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS, BIOQUÍMICAS E ULTRA-ESTRUTURAIS DE PROCARIOTAS. GENÉTICA MICROBIANA. INFEÇÕES CLINICAMENTE IMPORTANTES PROVOCADAS POR BACTÉRIAS 4. MICOLOGIA GERAL. INFEÇÕES CLINICAMENTE IMPORTANTES PROVOCADAS POR BACTÉRIAS 5. PARASITOLOGIA GERAL. NFEÇÕES CLINICAMENTE IMPORTANTES PROVOCADAS POR BACTÉRIAS 6. VIROLOGIA GERAL NFEÇÕES CLINICAMENTE IMPORTANTES PROVOCADAS POR BACTÉRIAS 7. NOÇÕES GERAIS DE ESTERILIZAÇÃO, ANTISSEPSIA E DESINFECÇÃO.
Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objectivos da Unidade Curricular:
O conhecimento dos microrganismos, epidemiologia, forma de transmissão e de prevenção da infeção permitirá ao futuro profissional a integração numa equipa multidisciplinar em Saúde. Além disso, esses conhecimentos, aliados aos de assepsia e esterilização, permitirão a intervenção ao nível da prevenção de IACS.
Metodologias de Ensino (Avaliação Incluída):
Forma de execução pedagógica: Exposição e debate dos conceitos teóricos relevantes em sala de aula, orientação do estudo autónomo dos alunos por consulta da bibliografia recomendada. Brainstorming sobre questões pertinentes relacionadas com a matéria exposta em sala de aula. Relativamente à componente laboratorial a aprendizagem resulta da execução laboratorial dos trabalhos que reforçam a aprendizagem teórica.
Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objectivos de Aprendizagem da Unidade Curricular:
As aulas serão de natureza expositiva, com apresentação e discussão de casos clínicos e situações reais. Será sempre fomentado o espírito crítico e o estudo autónomo. Para as aulas teóricas usar-se-á a apresentação de diapositivos, sendo fornecida ao aluno a bibliografia nuclear para suporte ao estudo. Nas aulas práticas o aluno aprenderá as metodologias e técnicas mais atuais para diagnóstico laboratorial das infeções e técnicas de desinfeção e esterilização.
Bibliografia:
Jorgensen, J. H., Pfaller, M. A., Carroll, K. C., Funke, G., Landry, M. L., Richter, S. S., Warnock, D. W. Manual of Clinical Microbiology. ASM Press, 2015 (11th edition).
Sousa, J.C., Cerqueira, F., Abreu, C. – Microbiologia. Protocolos laboratoriais – Edições UFP, 2012
Canas Ferreira, W., Sousa, J.C. & Lima, N. (2010). Microbiologia. Lisboa, Portugal: Lidel. Helena Barroso, António Meliço-Silvestre & Nuno Taveira (2014) Microbiologia Médica - Volume 1. Lisboa, Portugal: Lidel. Helena Barroso, António Meliço-Silvestre & Nuno Taveira (2014) Microbiologia Médica - Volume 2. Lisboa, Portugal: Lidel. Madigan, M.T., Martinko, J., Stahl & D., Clark, D. (2010). Brock Biology of Microorganisms (13th Edition). San Francisco, USA:
Benjamin Cummings. Mahon, R.C., Manuselis,G. (2010). Textbook of Diagnostic Microbiology (4th Edition). New York, USA: Elsevier Saunders.
Infection prevention and control - guidance to action tools. Copenhagen: WHO Regional Office for Europe; 2021.